BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Filiação de Dermílson dá pistas sobre rumo de Rebecca


O líder do governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Dermilson Chagas, assinou a sua ficha de filiação no Partido Progressista (PP). A filiação de Dermilson, que era do PEN, foi  confirmada pelo sistema de filiação partidária no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Pelo andar da carruagem, a mudança pode muito bem ser um indício de que Rebecca Garcia vai marchar mesmo na coligação de Amazonino na eleição de 2018. Fontes próximas dizem que ela pode ser a vice do atual governador ou encabeçar uma chapa apoiada por ele, caso a popularidade esteja ruim.

Bom de votos

Candidato à reeleição, Dermilson Chagas foi o quarto deputado estadual, mais votado na eleição de 2014, com 29.324 votos, e o único parlamentar a ter votos em todos os 62 municípios do Amazonas.

‘Se hay gobierno…’

Aliás, não é só ela. O deputado federal Átila Lins e seu mano, Belarnino Lins, já se transferiram de malas e cuias para o partido de Becca e de seu pai, Chiquinho Garcia.

Guerra fiscal

O que impede a reforma Tributária é a uma guerra fiscal de ISS entre os beneficiados e os 5.565 municípios brasileiros. O alerta foi feito pelo deputado Serafim Corrêa (PDSB), durante palestra na Aleam.

Para poucos

De acordo com Sarafa, sem a lei, o tributo era repassado apenas às cidades de Osasco e Barueri, em São Paulo,  onde estão localizadas as empresas de cartões –, disse o deputado.

Pesquisa para o Senado

Para o senador Eduardo Braga, a pesquisa da empresa 365 é um apenas um retrato do momento. Na avaliação do parlamentar, esse quadro não é definitivo, ou seja, pode sofrer mudanças até o dia da eleição, ainda mais quando iniciar o processo político propriamente dito com a propaganda partidária nos meios de comunicação.

“Fico feliz em ter o nome lembrado pela população e acredito que isso é fruto do nosso trabalho no Senado, sempre lutando pelos interesses do nosso povo, pela manutenção dos empregos no nosso Estado e pela melhoria de vida da população amazonense”, disse Eduardo.

O boneco “Peteleco” silenciou

Oscarino Farias Varjão, que no domingo à noite, 15, deixou o mundo dos espetáculos populares mais triste, era uma lenda ventiloquismo. Quem conhece essa arte sabe que o amazonense do Pará do Xiborena, era o mais perfeito desses artistas. A ventriloquia é arte de projetar a voz, sem que se abra a boca ou mova-se os lábios, de maneira que o som pareça vir doutra fonte diferente do falante. Pois é, o caso é que Oscarino não  mexia a boca e sequer movimentava os lábios. Isso foi reconhecido pelo apresentador Jô Soares, quando Oscarino e Petreleco foram entrevistado no Programa do Jô. Sem Oscarino, ficou um grande vazio nos palcos dos teatros, nas praças públicas e até nos palanques improvisados, onde ele e sua criação sobreviveram “petelecando” por quase 60 anos.

Criador & criatura

Uma legião de fãs se fez presente ao salão nobre do Centro Cultural palácio Rio Negro, onde Oscarino foi velado. Ao lado do caixão, foi colocado o boneco Peteleco, que talvez tenha sido um pedido do próprio ventríloquo.

Sexo forte

Tem mulher no comando da polícia. A  Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP) tem como titular, desde março deste ano, a delegada de Polícia Civil Fernanda Antonucci, primeira mulher a ocupar o cargo na unidade policial.

Sexo forte 2

Fernanda Antonucci ressaltou que foi com grande satisfação que recebeu o convite para assumir a DECP.

—Estou realizada e muito feliz. É a primeira vez que trabalho como titular em uma especializada. Será uma grande experiência.

Marcada para morrer

Mais uma vereadora  do Rio de Janeiro está na mira dos racistas. Amiga, companheira de partido e de militância de Marielle Franco, morta com quatro tiros na cabeça em 14 de março junto com o motorista Anderson Gomes Talíria Petrone (PSOL), vereadora de Niterói, é alvo desde que assumiu uma vaga na Câmara dos Vereadores da cidade da Grande Rio de Janeiro.

Ataque racistas

“Negra nojenta”, “volta para a senzala”, “para mim, tem que ser exterminada”, “essa merece uma 9 milímetros na nuca”. Esses são alguns exemplos de ataques racistas e ameaças nas redes sociais.

Violência F. C.

O crime organizado chegou ao futebol. O árbitro João Paulo Romano Queiroz relatou um caso curioso e assustador na súmula da partida entre São Joseense e Paranavaí, ocorrida neste último domingo (15), pela segunda divisão do Campeonato Paranaense.

Vai encarar?

De acordo com o juiz, o bandeirinha Alessandro Michel de Oliveira Domiciano foi ameaçado de morte pelo lateral Maurim Vieira de Souza, do Paranavaí. Após a marcação de um pênalti a favor do Independente, o atleta disse que era membro do PCC e prometeu “colocar o revólver na boca” do auxiliar.

 

EM ALTA

O exemplo de vida,   talento, profissionalismo e humanismo de Oscarino Varjão, o ventríloquo criador do boneco “Peteleco”, que morreu na noite de domingo, deixando um imenso vazio nos palcos e nas praças públicas da cidade de Manaus.

EM BAIXA

O  projeto de lei que tramita na Câmara Municipal de São Paulo que quer  proibir caixas eletrônicos em lugares públicos, como lojas de conveniências, supermercados e terminais de ônibus para garantir a segurança, além de restringir horário de saques. Se a moda pega, essa Lei vai deixar, em todo o Brasil, as pessoas sem opções para fazer  pagamentos e saques fora do horário de expediente. A preocupação com  segurança é compreensível, mas a solução não é por aí.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.