BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Festival Amazonas de Ópera estreia nesta sexta-feira



O 24º Festival Amazonas de Ópera (FAO) estreia nesta sexta-feira (29/04), às 20h, no Teatro Amazonas, com transmissão de “Il Tabarro”, obra de Giacomo Puccini, pela TV Encontro das Águas, no canal 2.1, da TV aberta, e pelas redes sociais da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (@culturadoam). As óperas serão transmitidas, também, pela TV aberta Rede Brasil.

O maestro Luiz Fernando Malheiro, que assina a direção artística do festival, explica que "Il Tabarro” significa “O Capote”, uma espécie de capa usada por Michele, personagem principal da ópera, dono da embarcação, que é cenário da obra. Este acaba sendo o clímax da ópera, porque algo surpreendente acontece dentro do capote.

“‘Il Tabarro’ é uma ópera muito interessante, muito bonita. É uma ópera bastante difícil. Ao mesmo tempo, a música de Puccini é tão envolvente que a orquestra, os cantores se envolvem tanto que acaba ficando fácil, embora não seja”, detalha o maestro.

A ópera - Michele, interpretado pelo barítono Rodolfo Giugliani, é casado com Giorgetta, vivida pela soprano Eliane Coelho. O casal enfrenta uma paixão adúltera de Giorgetta, que se apaixona pelo estivador Luigi, vivido pelo tenor Hélenes Lopes.

“Os três papéis principais do Tabarro, principalmente a Giorgetta, a soprano, e o Michele, o barítono, são muito difíceis, são papéis que necessitam bastante empenho, que exigem cantores do mais alto nível”, explica Malheiro.

A história se passa às margens do rio Sena, em Paris, e surpreende pelas alterações rítmicas, com harmonias diferentes e politonalidade.

Para Marcelo de Jesus, que assume a direção musical e a regência de Il Tabarro, a obra de Puccini utiliza os instrumentos como pincéis. “As vozes se mesclam neste quadro ora com frases curtas, quase recitativas, ora com melodias expressivas, tão características do compositor”, detalha o maestro.

Os cenários e figurinos de “Il Tabarro” chegam a Manaus nesta terça-feira (19/4), vindos de Belém (PA). A produção é fruto do acordo de cooperação técnica entre o Teatro Amazonas e o Theatro da Paz, na capital paraense. A parceria implementa o corredor lírico da cultura e do turismo dos dois estados.

O cenário recebe a assinatura de Carlos Dalarmelino Jr e será montado pela cenógrafa do FAO, Giorgia Massetani, junto aos cenotécnicos e diretores de palco. A cenógrafa explica que o barco é o ponto central da obra.

“Estamos muito contentes de poder ver esse cenário aqui e ter essa troca com Belém, esperamos que os nossos cenários também possam ir para Belém, seria um reforço dessa irmandade desse corredor do Norte que está se montando”, declara Giorgia.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.