Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Fabrício abre o jogo sobre show de Paul em Manaus


O sonho de milhares de beatlemaníacos da Amazônia está bem próximo de se realizar. O show de Paul MacCartney,  compositor, vocalista e baixista da banda mais famosa do mundo foi confirmado ao Blog pelo secretário estadual de Juventude, Esporte e Lazer, Fabrício Lima.

Publicado em primeira mão pelo Blog do Mário Adolfo, o megaevento acontecerá em outubro – a data ainda a ser definida -, na Arena da Amazônia. Os detalhes de produção foram acertados em duas reuniões entre Fabrício e os executivos da empresa que administra os negócios do ex-beatle, realizadas no início de abril.

Fabrício Lima acredita que o show de McCartney apontará a fórmula para que a Arena da Amazônia consiga se manter sozinha, sem sangrar os cofres públicos, como vinha acontecendo.

— Aliás  já apontamos esse caminho, como foi o caso do  Vila Mix que bateu recorde de público, em março. Agora estamos negociando a possibilidade da gravação do DVD de Wesley Safadão na Arena. E agora, com o show do Paul, essa opção será concretizada – disse Lima, adiantando que vem conversando com as empresas que realizam turnês de show pelo país, para incluir Manaus no roteiro.

Sem citar a agenda de Manaus, o jornal Destak confirmou que Paul McCartney volta ao Brasil em outubro para shows “em locais ainda a serem definidos”. Esta será a oitava vez que o ex-Beatle visita o país, onde esteve durante cinco anos seguidos, de 2010 a 2014.

O secretário de Esportes acredita que seu objetivo e ocupar os espaço públicos de forma diversificada, para megashows como forma de arrecadar dinheiro. Ele citou que, além da Arena da Amazônia, tem sido assim com a Arena Amadeu Texeira, o Cartódromo e a Vila Olímpica.

— A gente tem tentado fazer com eu esse esses espaços sejam multi-uso. Acredito que estamos cumprindo nossa meta e  não tenho dúvidas de que vamos  conseguir muito mais – garantiu  o secretário de Esportes.

Em relação ao show de Paul McCartney, ele revelou que já vem sofrendo críticas e, mas disse que, como homem público, sabe conviver com essas diferenças.

— É uma quebra de paradigma, por isso chama  a atenção das pessoas. Surgem críticas positivas, mas outras pessoas não conseguem entender ou alcançar isso, até que seja realizado. E eu consigo conviver com tudo, absorvendo as críticas positivas e tentando melhorar a cada dia. Não tenho dúvida que meu grande legado, como gestor, será deixar uma opção ara que esses espaços possam ter oportunidade de se manter, movimentar a economia e arrecadar dinheiro para o Fundo do Esporte.

Produtores de Paul vieram a Manaus duas vezes

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.