BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Ex-governadores são presos por obra em estádio


A Polícia Federal predeu, na manhã desta terça-feira, 23/05, os ex-governadores José Roberto Arruda (PR) e Agnelo Queiroz (PT) e o ex-vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB), assessor especial do presidente Michel Temer.

As prisões fazem parte da Operação Panatenaico, da Polícia Federal, que apura a suspeita de desvios de R$ 900 milhões das obras do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, que custou R$ 1,57 bilhão aos cofres públicos, o mais caro da Copa do Mundo de 2014.

A ação é baseada no aprofundamento da delação premiada da Andrade Gutierrez que admitiu a existência de um esquema de corrupção nas obras de reconstrução do Estádio Mané Garrincha para a Copa. Com um custo inicial previsto de R$ 600 milhões, o estádio consumiu R$ 1,57 bilhão em dinheiro público.

José Roberto Arruda (PR) e Agnelo Queiroz (PT)

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.