Calendário

dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Entenda por que a Rede Amazônica atrasa a programação na TV

Em 2008, por conta de sanções impostas pela Classificação Indicativa, a Globo criou a chamada ‘Rede Fuso’. Trata-se de uma programação especial para estados do Norte e Nordeste que não adotam o horário de verão – que começou no dia 4 de novembro.

Somente o Jornal Nacional continua ao vivo, e nestes lugares, vai ao ar às 19h30. Após, vem a novela das 19h – que vira das 20h – e a novela das 21h. Em setembro de 2016, o Supremo Tribunal Federal liberou as TVs de seguirem à risca regulamentação da Classificação Indicativa, que virou apenas uma indicação.

Antes, programas com selo “não recomendado para menores de 12 anos”, por exemplo, só podiam ser exibidos depois das 20h. Além disso, o selo devia ser cumprido pelo horário local das cidades, e não de Brasília, o que fez a Globo criar tal rede atrasada.

A tendência era que, com o fim da obrigatoriedade, a Rede Fuso fosse descontinuada, já que ela perdia a razão de existir. Mas não é isso que ocorre, pelo menos em vários estados das regiões, como no Amazonas. No domingo, por exemplo, às 9h30 ainda é transmitido o Globo Rural e o Domingão do Faustão começa à noite. O Fantástico e exibido quando a maioria do País já assistiu, irritando os amazonenses.

A crítica maior é que, em plena era de internet, a Globo ainda exiba programação gravada para esses estados, sem a menor necessidade de isto ocorrer.

Deixe uma resposta