BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Eneva vence leilão de reserva da Aneel para implantação de usina termelétrica no Amazonas



A Eneva, maior operadora privada de gás natural do Brasil e empresa integrada de energia, venceu o leilão para a comercialização de reserva de capacidade realizado nesta terça-feira (21.12) pela Agência Nacional de Energia Elétrica, com os empreendimentos UTE Azulão, no Amazonas, e UTE Parnaíba IV (Maranhão). No Amazonas, o investimento previsto é de R$ 1,3 bilhão para a construção da nova usina termelétrica, com prazo previsto de implementação em 36 meses. A estimativa é iniciar a implantação do projeto no segundo semestre de 2022.  O empreendimento terá capacidade instalada de 295 MW e vai gerar empregos e desenvolvimento regional, por meio do aproveitamento econômico do gás do campo de Azulão, na bacia do Amazonas.

“Os projetos são mais um passo em nossa estratégia de criação de valor e estão em linha com o nosso modelo pioneiro de utilizar o gás natural para geração de energia em locais próximos às áreas produtoras – no caso o campo de Azulão (Amazonas) e nos campos da bacia do Parnaíba (Maranhão), onde a companhia já opera um dos maiores complexos termelétricos do país. Esse nosso modelo diferenciado permite custos mais competitivos de produção de energia térmica, o que se mostrou indispensável neste ano de restrição hídrica em que foi necessária maior disponibilidade de energia termelétrica”, declarou Pedro Zinner, CEO da Eneva.

No leilão, a UTE Azulão firmou compromisso de venda de potência pelo prazo de 15 anos, para entrega a partir de 1º de julho de 2026, assegurando receita fixa anual durante o período de suprimento de R$ 216.869.653,48. O valor será reajustado anualmente pelo IPCA.

Zinner ressaltou ainda que o projeto abre novas perspectivas para o uso do gás na Bacia do Amazonas (que teve sua certificação de reservas recentemente ampliada), promovendo desenvolvimento regional e substituindo fontes mais poluentes de geração de energia. A Eneva é a responsável pelo projeto integrado Azulão-Jaguatirica, um empreendimento inovador e de eficiência energética que utiliza o gás extraído no campo de Azulão, no Amazonas, para a geração de energia elétrica na UTE Jaguatirica II, em Roraima. A UTE está em fase final de comissionamento. “Acreditamos no gás natural como um importante vetor na transição energética do país, pois possibilita estabilizar outras fontes intermitentes, como solar e eólica, que ganham espaço na nossa matriz energética.”

Sobre a Eneva

A Eneva é maior operadora privada de gás natural do Brasil e uma empresa integrada de energia, que atua da exploração e produção (E&P) do gás natural até o fornecimento de soluções de energia. A companhia possui ativos de E&P nos estados do Amazonas e Maranhão. Atualmente, opera 11 campos de gás natural nas Bacias do Parnaíba (MA) e Amazonas (AM). Adicionalmente, possui nestas regiões uma área total sob concessão superior a 60 mil km². Com um parque de geração termelétrica com 2,8 GW de capacidade instalada, a Eneva produz energia segura e competitiva para o sistema elétrico brasileiro. Seus ativos de geração estão localizados nos estados do Maranhão (Complexo Parnaíba e Itaqui), Ceará (Pecém II) e Roraima (Jaguatirica II). Pioneira por natureza, a Eneva desenvolveu um modelo de negócio inédito no Brasil: o Reservoir-to-Wire (R2W), que consiste na geração térmica integrada aos campos produtores de gás natural. Com isso, a companhia desempenha um papel importante na transição da matriz energética brasileira, oferecendo energia a partir de um combustível flexível, econômico e eficiente. Listada no Novo Mercado da B3 (Bolsa de Valores brasileira) desde 2007, a empresa integra o Ibovespa, entre outros índices da Bolsa. A Eneva visa continuar crescendo de forma responsável, oferecendo soluções de energia confiáveis e acessíveis para a sociedade.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.