BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Eneva arremata Campo do Azulão e projeta R$ 1,4 bi em investimentos



A empresa Eneva adquiriu a Usina Termelétrica (UTE) de Azulão, no leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), realizado nesta terça-feira (21). O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima (PSC) durante a cerimônia de posse do novo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), Érico desterro. Segundo ele o investimento da empresa deve estar na ordem de R$ 1,4 bilhão. A matéria é da repórter Giovanna Marinho do jornal A Crítica.

“Acabei ainda à pouco de receber uma noticia muito importante. A diretoria da Eneva que é a empresa que tem uma exploração de gás natural no campo de Azulão, no município de Silves, e que abastece a térmica de Jaguatirica, em Roraima, eles acabaram de ganhar um leilão para implantação de uma térmica no estado do Amazonas”, revelou o governador.

“A partir do ano de 2022 já começa mais investimento na empresa. O investimento na ordem de R$ 1,4 bilhão. Isso significa oportunidade para o povo que mora no Amazonas”, completou.

Para abastecer a UTE de Azulão a Eneva deve utilizar o Gás Natural produzido em Silves. O leilão da Aneel realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica(CCEE) resultou na contratação de 4,6 GW de potência para o SIN (Sistema Interligado Nacional), ao custo total de R$ 57,3 bilhões.

A Eneva possui em seu portfólio os campos de Azulão, em Itapiranga, e do Juruá, na bacia do Solimões entre Tefé e Carauari. É detentora de todos os blocos exploratórios da bacia do Rio Amazonas e em entrevista ao A CRÍTICA no mês de agosto já havia revelado a intenção de arrematar a Termelétrica e investir R$ 110 milhões até 2030.

Eneva possui em seu portfólio os campos de Azulão, em Itapiranga, e do Juruá, na bacia do Solimões entre Tefé e Carauari

Silves

A UTE Azulão I é um empreendimento novo de geração termelétrica a gás natural, com capacidade instalada de 295 MW e será implementado em Silves (AM). A UTE Azulão I firmou compromisso de venda de potência de 295 MW pelo prazo de 15 anos, para entrega a partir de 1º de julho de 2026.O prazo de construção previsto da UTE Azulão I é de até 36 (trinta e seis) meses e o investimento total estimado para o projeto é de mais de R$ 1 bilhão.

Neste leilão, a Eneva recontratou também Parnaíba IV, que está em operação desde dezembro de 2013. A UTE Parnaíba IV firmou compromisso de venda de potência de 56 MW, pelo prazo de 15 anos, para entrega a partir de 1º de julho de 2026.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.