Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Eleições: Prefeitura explica funcionamento dos ônibus


A prefeitura de Manaus emitiu nota explicando que, como o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) fez o reordenamento de zonas eleitorais com o cadastramento biométrico, o transporte coletivo não se faz mais necessário.

Confira a nota

A Prefeitura de Manaus, seguindo entendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que concluiu não ser necessário o benefício da gratuidade do transporte coletivo no dia da Eleição, manterá, neste domingo 6/8, a circulação normal dos ônibus em Manaus.

De acordo com o diretor-geral do TRE, Messias Andrade, e amplamente divulgado na imprensa, o recadastramento biométrico proporcionou o rezoneamento dos eleitores para votarem em seções próximas de suas residências, não justificando mais a gratuidade no sistema de transporte público da capital para o pleito.

A Prefeitura de Manaus reitera o posicionamento duro e incisivo do prefeito Arthur Virgílio Neto em apoiar e garantir eleições diretas no Amazonas. Arthur levantou-se pública e firmemente contra os que conspiravam pela supressão do voto direto pelo indireto, desrespeitando o direito dos amazonenses em escolherem seu governador. O prefeito, inclusive, dirigiu-se ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, para denunciar conluios envolvendo irresponsavelmente seu nome com objetivo de cancelar o pleito em andamento.

Ademais, qualquer tentativa de imputar à prefeitura a intenção de prejudicar a votação popular nas Eleições suplementares do próximo domingo é descabida e infundada. É fruto das manifestações mais evidentes de uma política baixa e equivocada, que defende interesses particulares em detrimento dos anseios coletivos. E que tenta, sem o devido aprofundamento e conhecimento dos fatos, instaurar dúvidas e incertezas na população, mas sem o sucesso que almeja.

 

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.