BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Eleição no AM cai nas mãos de Celso de Mello


A ministra Cármem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), que está no plantão durante o recesso do tribunal, se declarou impedida para julgar as eleições suplementares no Amazonas.

“Por motivo de foro íntimo declaro-me suspeita para atuar no presente processo”, diz em documento a presidente do STF.

A ministra não quis julgar a questão porque o novo advogado do senador Eduardo Braga, Sepúlveda Pertence, ex-presidente do STF, é primo distante de Cármem Lúcia.

Caberia ao vice-presidente do STF, ministro Dias Toffoli, analisar a questão, mas ele não está no Brasil. Consequentemente, o processo vai para as mãos do mais velho, o ministro Celso de Mello. A decisão pode sair a qualquer momento.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.