BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

‘É um estúpido que merece nosso repúdio’, diz Serafim após ameaça de Bolsonaro à ZFM


O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) classificou como ameaça e desespero a fala do presidente Jair Bolsonaro sobre a ZFM (Zona Franca de Manaus) dirigida aos dois senadores do Amazonas que integram a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pandemia.

Na noite desta quinta-feira, 20, Bolsonaro, em sua live semanal, incitou Omar Aziz (PSD), que preside a CPI no Senado, e Eduardo Braga (MDB), provocando eles a imaginarem o que seria do Amazonas se a Zona Franca de Manaus “não existisse”. Na transmissão, Bolsonaro disse ainda que Omar “fala tanto aí na CPI”.

“A verdade é que o presidente Bolsonaro tem consciência de que ele caiu na rede da CPI da Covid, não só ele, mas o governo dele como um todo. Seus ministros e secretários que foram lá depor mentiram e foram pegos na mentira. Tudo isso remete para cima dele, que é o responsável por mais de 440 mil mortes no Brasil. Isso vai fazer com que ele seja julgado no Tribunal Internacional de Haia, no tribunal da história. Ele pode até não ser julgado nos nossos tribunais de hoje, mas da história ele não vai escapar. E aí ele partiu para o desespero, para a ameaça”, avaliou o líder do PSB na ALE-AM.

A ZFM, lembra Serafim, é o único modelo econômico viável do Amazonas, gerando empregos e somente em impostos, arrecada e envia para os cofres do Governo Federal R$ 10 bilhões ao ano.

“É muito ruim ele fazer uma ameaça a dois senadores do Amazonas que não representam eles próprios, eles representam o estado do Amazonas. Quando Bolsonaro agride, ameaça os dois, ameaçando a Zona Franca, ele está ameaçando todos nós. E aí independentemente de cores partidárias, de laços de amizade ou de laivos de qualquer diferença, teremos que estar unidos, porque é um absurdo que um presidente da República, presidente de uma federação que é formada pela união de estados e municípios, tenha uma ação como essa”, disse o parlamentar.

Único voto contrário à concessão de título do Cidadão do Amazonas ao presidente Jair Bolsonaro, Serafim voltou a afirmar que o presidente, por episódios como este, não merece o carinho e respeito da população do Amazonas, mas o repúdio.

“Ele é um irracional, uma estupidez em pessoa. E eu quero repudiar, quero dizer que estou do outro lado do rio, o Bolsonaro está de um lado do rio e eu do outro lado, porque ele é contra os interesses da Amazônia. Aí está o presidente do Ibama sendo afastado, o ministro do Meio Ambiente sendo investigado, inclusive pela Interpol, e eu quero deixar bem claro que Bolsonaro merece o nosso repúdio”, concluiu Serafim.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.