BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Drive-in retorna a Manaus com sessão em restaurante argentino


Do Cine Set

Com as salas de cinema fechadas desde março pela pandemia da COVID-19, a opção para cinéfilos mundo afora acabou sendo um velho conhecido: os drives-in. Esta nostalgia chegou a Manaus na noite do último domingo (21) com uma sessão promovida no estacionamento do restaurante argentino ‘La Vaca Negra’, localizado na Rua Belo Horizonte, zona centro-sul da capital. O filme escolhido foi o premiado “Relatos Selvagens”, dirigido por Damián Szifron e protagonizado por Ricardo Darín.

Intitulada ‘La Vaca Sessions’, a sessão contou com 20 carros. Os convidados da sessão especial foram familiares e amigos do proprietário do espaço, o empresário Robin Daniel Rodriguez, além de clientes mais assíduos do restaurante.

“O retorno foi muito legal! Todo mundo se surpreendeu no formato, gostaram, acharam super diferente”, disse Rodriguez. A sessão contou com público estimado de 60 pessoas, somando quem ficou nos carros e também na parte externa do restaurante.

COMO FUNCIONA

A ideia para o drive-in surgiu logo no começo da quarentena, mas, o temor das pessoas saírem de casa aliado à disparada dos casos de COVID-19 em Manaus adiaram a proposta. Com a redução do número de óbitos e hospitalizações, a proposta voltou a ganhar força e os primeiros testes começaram há pouco mais de 40 dias, segundo Rodríguez.

Para a primeira sessão, a saída para respeitar as normas sanitárias foi apostar na tecnologia. “Os pedidos de bebidas e comidas foram todos feitos por Whatsapp: quando a pessoa chegava, ela já ganhava um número referente ao carro. Enviamos também o cardápio, orientações sobre como fazer o pedido e informações sobre a sessão. Os nossos funcionários entregavam tudo no carro do cliente, incluindo uma porção de Las Pelotitas de Papa para substituir a pipoca. Quem chegou mais cedo, por volta das 18h, podia ficar na área externa comendo e bebendo. Na hora marcada da sessão, às 19h30, desliguei as luzes e começou o show”, afirmou o empresário.

O sistema de áudio funcionava através de caixas externas e frequências de rádio. “Tínhamos uma mensagem na tela para a pessoa sintonizar na frequência. Quanto às legendas, adaptei para a letra amarela e aumentei para ficar bem visível”.

NOVAS SESSÕES?

Dois dias antes da sessão no La Vaca Negra, na sexta-feira (20), o governo do Amazonas autorizou a realização de eventos no modelo drive-in em todo o Estado. A medida exige que os organizadores adotem medidas sanitárias para saúde e segurança dos espectadores, os quais somente poderão acessar aos locais em carros de passeio e permanecer no interior dos veículos durante todo o evento. Caberá à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa autorizar a realização da atividade.

A continuidade do ‘La Vaca Sessions’, segundo Rodriguez, deve ser mantida com sessões previstas para acontecerem duas vezes por mês, sempre aos domingos. Pela proposta, a ideia é manter o foco em filmes argentinos ou expandir para produções faladas em espanhol. “Estamos vendo a parte legal caso eu queira transformar em negócio – se poderei cobrar, se será apenas para convidados ou se amplia – mas, não é o nosso principal foco. É mais uma brincadeira de bom gosto”, afirmou o empresário, acrescentando que a expectativa é que, a próxima sessão, possa receber 30 carros. A divulgação será feita na página do restaurante no Instagram.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.