BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Wilson Lima está de olho nos russos


O governador do Amazonas, Wilson Lima, pretende comprar 1 milhão de doses da vacina Sputnik V, para ampliar a imunização contra a Covid-19 no estado. O acordo para aquisição depende da liberação da Anvisa e do prazo de entrega das doses pelo fabricante do imunizante desenvolvido na Rússia.

— O Governo do Amazonas se apresentou, já fez sua solicitação para a compra de um milhão de doses, naturalmente isso tudo alinhado com o Governo Federal, alinhado com o Programa Nacional de Imunização –, faz questão de ressaltar o governador.

Grupo dos nove

O processo de aquisição da vacina Sputnik V foi discutido, nesta quarta-feira (17/03), durante reunião com outros nove governadores dos estados brasileiros que integram o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

Bye, bye Assembleia

E por falar em Wilson, o governador confirmou deputada estadual Alessandra Campelo na Secretaria Estadual de Assistência Social (Seas). La Campelo assume  a vaga de Maricília Costa.

Troca-troca

As mudanças também se estendem à Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), órgão vinculado ao Sistema Sepror. O advogado Sérgio Litaiff Filho deixa o comando da ADS, que passa a ser dirigida  por Michelle Macedo Bessa.

Amazonastur

Sérgio Litaiff Filho, por sua vez, assume a empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) no lugar de Roselene Silva de Medeiros.

Continua no governo

Mas Roselene não deixa o governo.

Ela passa a responder pela coordenadoria-geral da Unidade Integrada de Articulação às Comunidades (Uiac), vinculada à Casa Civil do Governo do Amazonas.

— São mudanças estratégicas, entendendo o momento de pós-pandemia, onde precisamos avançar,  principalmente na área do social – analisou o governador.

Robério entristeceu

O ex-secretário de Cultura do Amazonas, Robério Braga, lamentou nesta quarta-feira,17, a morte do arquiteto e ex-secretário de Cultura do Pará Paulo Chaves, em Belém.

Ele estava internado há 37 dias na Beneficente Portuguesa para tratamento de problema cardíaco.

Luto no Pará: Paulo Chaves mudou a história de Belém, como secretário de Cultura

Pobre Amazônia

O arquiteto trabalhou como secretário de cultura de Belém na gestão do prefeito Almir Gabriel (1983-1986) e secretário de Estado de Cultura nas gestões de Almir Gabriel (1995 - 2003) e de Simão Jatene (2003 - 2007 e de 2011 - 2019).

—Nossa! Que desastre para a Amazônia. Meu Deus, que perda! O Pará fica pobre e a Amazônia empobrece mais ainda! –,  disse Robério.

Trabalho gigantesco

Amigo pessoal de Paulo Chaves, Robério comentou que ele fez um trabalho fantástico na recuperação do patrimônio histórico do Pará.

— Foi o cara que fez o Mangal das Garças, o Forte do Presépio e a Casa das Onze Janelas, Estação         das Docas, além do Hangar Centro de Convenções.

Pero no mucho

Do apresentador Silvio Santos, 90, mandando indireta para o genro Alexandre Pato, casado com sua filha Rebeca Abravanel.

— O Pato ele é um bom jogador de futebol, mas só joga com uma bola, com duas ele não joga, porque até agora a minha filha não engravidou!

Lula é candidato


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse concedeu entrevista à jornalista Christiane Amanpour, da CNN Internacional, disse que é  candidatíssimo a presidente nas eleições de 2022.

— Se meu partido e os outros partidos aliados entenderem que eu poderia ser o candidato, e se estiver bem, posso garantir que não negarei esse convite –, afirmou.

Famosona

Christiane Amanpour é uma das jornalistas mais conhecidas do mundo. Ela exibiu no Twitter um trecho da fala de Lula e disse que a íntegra irá ao ar nesta quinta-feira 18).

Te cuida, Bolsonaro

Levantamento realizado pelo PoderData e divulgado nesta quarta-feira (17) confirma os resultados da Pesquisa Fórum de mais cedo: o ex-presidente Lula venceria Jair Bolsonaro se as eleições fossem hoje.

No levantamento, feito entre 15 e 17 de março, Lula aparece com 34% das intenções de voto, e Bolsonaro com 30%.

Ao invés de bola, livros

Inaugurada em março de 2014 para receber jogos Copa do Mundo no Brasil, a Arena da Amazônia, em Manaus, consome todos os meses cerca de R$ 1 milhão em serviços de manutenção.

Alto custo

Para acabar com a sangria aos cofres públicos, o   deputado estadual Fausto Jr. (MDB) sugeriu nesta quarta-feira (17) que a Arena da Amazônia seja usada como salas de aula. Isso já vem acontecendo com a Arena Pantanal, em Mato Grosso, onde o estádio virou Arena Educação.

Aulas de camarote

A proposta do deputado é transformar os camarotes e salas administrativas da Arena da Amazônia em salas de aula, que seriam incorporadas à rede pública de Educação do Amazonas.

Arena Pantanal virou Arena Educação 

Mal do século

O deputado estadual Sinésio Campos disse que “as fake news são o mal do século”  e voltou a cobrar que a Delegacia Especializada contra crimes cibernético tenha um prédio próprio, como já existe em outros Estados.

—  Que não seja em uma sala no subsolo como existe hoje na Delegacia Geral —, cutucou o petista.

Combate e às fakes news

O parlamentar lembrou a atuação que vem desempenhando para combater as fakes News. Ele é autor do Projeto de Lei (PL) que criou o Dia Estadual de Conscientização e combate à fake news, celebrado em 24 de março. Lei.

— A data visa à conscientização das pessoas sobre evitar notícias falsas, produzidas e disseminadas, de forma irresponsável que podem prejudicar ou beneficiar alguém com postagem em redes sociais – reforçou o petista.

Pandemia “é confortável”

O líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), buscou atenuar a maior tragédia humanitária da história do Brasil.

Diante do recorde de mortes diárias (2.842) estabelecido nesta terça-feira (16), Barros disse que a situação do país é "até confortável".

Só pode ser maluco

Pra abrir a boca e falar esse absurdo, Barros compara a estatística, mortes por milhão, ou seja, o cuidado do sistema de saúde com as pessoas.

— Olhe bem, o Reino Unido, 1.853 [mortes por milhão], em 4º lugar. Estados Unidos, 1.609 por milhão, em 11º. Brasil, 1.300 mortes por milhão, em 22º lugar –, afirmou Barros ao G1.

ÚLTIMA HORA

Militares não querem Eduardo Pazuello de volta ao Exército e são contra cargo no governo para o general. É o que afirmam fontes militares ouvidas pelo jornal O Globo. De acordo com a reportagem, a saída do general do Ministério da Saúde foi recebida com alívio por oficiais do Exército diante da desastrosa gestão frente ao combate à pandemia. Isso porque, para os generais da ativa e da reserva, Pazuello assumiu todo o desgaste da pandemia, principalmente após ter sido desautorizado quando negociava a compra da vacina Coronavac.

Os militares defendem ainda que o ainda ministro deve ir para a reserva. Desde que Pazuello assumiu o ministério, setores militares ligados ao governo defendiam que o general fosse para a reserva para não queimar ainda mais os militares.

ORGULHO

Mirem-se no exemplo: Carne e leite deverão ficar mais baratos em São Paulo, nesse momento de preços altos e pouco dinheiro nas mãos da população. O ICMS, Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, sobre esses produtos será reduzido a partir do mês que vem. O anúncio foi feito pelo governador João Dória nesta quarta, 17. O ICMS sobre as proteínas foi reduzido de 13,3% para 7% nos estabelecimentos inscritos no Simples Nacional e isso poderá ser repassado para pequenos açougues e mercearias de bairro, disse o governador. Se isso acontecer, a população também poderá menos por esses alimentos. Sobre o leite, a isenção tributária que tinha terminado em janeiro, foi renovada e o produto vai continuar livre do imposto.

VERGONHA

Flavio Bolsonaro agora pegou no pé da apresentadora Maju: "arrogância e salário alto"


O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) fez críticas a jornalista Maju Coutinho, após a apresentadora do Jornal Hoje, da Rede Globo, declarar ser favorável ao fechamento de atividades não essenciais para o enfrentamento a pandemia da covid-19. Em sua fala, a jornalista destacou que essa é a orientação dos especialistas da área da saúde. O deputado e filho do presidente Jair Bolsonaro rebateu a declaração e fez críticas a emissora. "Do alto de sua arrogância global e de seu alto salário, Maju Coutinho defendeu lockdown's e debochou de quem precisa trabalhar para não passar fome. Segundo Maju, se você não pode ficar em casa, 'O CHORO É LIVRE, É ISSO QUE TEM”, escreveu o deputado.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.