BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Valor do auxílio emergencial é menos que dois botijões de gás


Um dia após o país registrar novo recorde de mortes pela covid-19, o Senado aprovou nesta quinta-feira (04/03) a PEC Emergencial, proposta de alteração da Constituição que cria mecanismos para conter gastos públicos e é um primeiro passo para a volta do auxílio emergencial — benefício para proteger os mais vulneráveis durante a pandemia.

Com o voto a favor dos três senadores do Amazonas – Eduardo Braga (MDB), Omar Aziz (PSD) e Plínio Valério (PSDB), o   auxílio emergencial deve beneficiar 45 milhões de brasileiros, com quatro parcelas mensais, em valores que vão de R$ 150 a R$ 375, que não paga nem uma cesta básica.  O valor foi criticado por senadores de oposição, que ressaltaram sua insuficiência para que volte a ser pago um benefício de R$ 600, como ocorreu no início da pandemia

—  O valor médio é menos do que um terço de uma cesta básica, é menos do que dois botijões de gás, um vale-gás - afirmou o líder da minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT-RN), antes da votação.

. Ao criticar a redução do benefício, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) lembrou que o preço do gás de cozinha hoje chega a R$ 100.

—  R$ 200 é insuficiente para a pandemia paralela da fome que estão vivendo os brasileiros –, disse, ao discursar da tribuna.

Limite é de R$ 44 bi

Apesar da aprovação, os senadores ainda precisam analisar um destaque sensível de autoria do PT. A bancada do partido apresentou uma emenda para retirar do texto o limite de R$ 44 bilhões que será gasto com o novo benefício.

Cheque em branco

O limite foi colocado após um acordo de líderes partidários para evitar "abrir a porteira" para o governo aumentar gastos neste ano por interesse eleitoral.

—  A supressão dos R$ 44 bilhões é dar um cheque em branco para o extra teto – disse o líder do MDB na Casa, Eduardo Braga (MDB-AM).

Dane-se Bolsonaro!

Ao ouvir a cutucada de Eduardo, o líder do PT, Paulo Rocha (PA) não conseguiu ficar calafo.

— Dane-se que é um cheque em branco! Nós estamos preocupados é com o povo brasileiro, não é com o Bolsonaro –, respondeu.

Projeto de lei das sacolas

Adeus às sacolas

O plenário da Câmara Municipal aprovou  Projeto de Lei  que proíbe a distribuição gratuita de sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais de Manaus. A ideia é estimular o uso de sacolas reutilizáveis que não prejudiquem o meio ambiente.

Chega de poluição

De acordo com a autora, vereadora Glória Carrate, o PL tem o objetivo de tentar minimizar a poluição e a preservação do meio ambiente e da Amazônia, bem como diminuir a proliferação do novo Coronavírus (Covid-19).

O PL é de autoria da vereador Gloria Carrate (PL)

Emissão de carbono

Das dez cidades brasileiras que mais emitiram dióxido de carbono , gás que causa o efeito estufa, sete delas se encontram na Amazônia Legal.

Toneladas de poluentes

No total, 172 milhões de toneladas brutas do poluente foram emitidos na atmosfera. Os dados foram divulgados pelo Observatório do Clima.

O vilão

De acordo com o estudo , o maior responsável pela poluição é o setor da agropecuária com 3.666 cidades que realizam as atividades de campo e poluem o meio ambiente.

São Félix é campeão

O campeão da emissão de dióxido de carbono é São Félix do Xingu , no Pará. Altamira , também no estado paraense, aparece na segunda colocação. Completa o pódio da poluição a cidade de Porto Velho , em Rondônia.

Viva Thiago!

A Exposição Virtual Vida e Cultura – Thiago de Mello, que festeja os 95 anos do poeta, foi lançada nesta quinta-feira, 04, pela Prefeitura de Manaus. Durante todo o ano de 2021, serão lançados vários eventos para festejar  o poeta e sua obra.

Poeta ganhou exposição virtual 

Viva Thiago 2

O conteúdo da exposição Thiago de Mello está disponível no portal Vida e Cultura, pelo link vidaecultura.manaus.am.gov.br. A exposição marca o início das atividades promovidas pela Manauscult pelo Conselho Municipal de Cultura em comemoração aos 95 anos do poeta, celebrados no dia 30 de março.

Brumadinho baré

Antes que o igarapé do Mindu vire um “Brumadinho”, os moradores da rua Jutaí – no Vieiralves -, onde existem vários prédios de apartamentos, estão tentando se organizar para construir um muro de arrimo que evite o transbordamento das aguas que, com certeza, alagaria os condomínios.

Caçadores de licenciamento

O problema é que os condôminos estão encontrando dificuldades para conseguir ao licenciamento, a fim de erguer a muralha obedecendo aos trâmites legais.

Primeiro foram empurrados para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMAS) e agora foram informado que o licenciamento é feito pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (PAAM).

Depois não digam...

O que está em jogo é a segurança dos condomínios Cap Ferrat, St Patrick e Van Gogh, que  ficam na Rio Jutai bairro Nossa Senhora das Graças, fundos com os Shoppings Amazonas e Plaza. São prédios com 10 andares, cada andar com 4 apartamentos, num total de 120 famílias.

... que não avisamos!

—  O igarapé que faz parte do corredor do Mindu está muito cheio e com forte correnteza ameaçando romper o muro e invadir a área desse condomínios danificando os carros na suas garagens – disse uma das líderes do movimento que prefere não se identificar.

Igarapé do Mindu: transbordamento das águas pode inundar áreas de condomínios

Te cuida, Folha!

O deputado estadual Fausto Jr. (MDB) decidiu brigar com o jornal Folha de S. Paulo. Mas a Folha ainda não sabe que  o deputado do Amazonas está brigando com ela. De acordo com Fausto, reportagem do jornal paulista  classifica a rodovia BR-319 como “uma das principais ameaças à Floresta Amazônica”.

—  Ao tratar a BR-319 como ameaça, só mostra o nível de desconhecimento que alguns jornalistas têm pela nossa região –, embarcando no discurso bolsonarista de que todas as mazelas de deu governo  são “culpa da imprensa”.

Mostre os argumentos

Ao invés de debater com argumentos, mostrando as vantagens que a estrada trará para o Amazonas e, ao mesmo tempo, apontar soluções para os impactos ambientais que a BR deverá provocar em determinados trechos, Fausto prefere resumir que  a “culpa é de “jornalistas desinformados”.

Estrada salvadora

Fausto também embarca no discurso de que o  problema da falta de oxigênio nos hospitais seria rapidamente resolvido caso a BR-319 estivesse recuperada.

Ora, deputado, o problema seria “rapidamente resolvido” se o ministro Eduardo Pazuello , avisado com antecedência, tivesse entupido um avião da FAB de oxigênio e enviado a Manaus, uma semana antes do colapso.

Picaretagem no banco

O Itaú Unibanco demitiu 50 funcionários no Brasil todo,  após averiguar que eles haviam pedido, de forma indevida, o auxílio emergencial do governo para aliviar os efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Código de ética

Nesta quarta-feira (3), o banco emitiu um comunicado interno afirmando que as demissões aconteceram por "desvio de conduta" e que "satisfazer interesses particulares em detrimento do bem comum é inaceitável".

Aliás, esta  é a política publicada no código de ética da empresa.

ÚLTIMA HORA

Bolsonaro tem 62,3 pontos no ranking. Lula apresentou crescimento nos últimos meses, chegando a 55,9 pontos

Consultoria Quaest aponta: Bolsonaro estagnado e Lula aos poucos vem crescendo

Para além dos altíssimos preços dos combustíveis e do desastre na condução da pandemia e da vacinação contra Covid-19, Jair Bolsonaro tem agora uma nova derrota: enquanto se mantém estagnado no ranking de popularidade digital medido pela consultoria Quaest, o chefe do governo federal vê o ex-presidente Lula se aproximar de sua posição. A Quaest avalia o desempenho de personalidades políticas brasileiras nas plataformas Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, Wikipedia e Google.

Em uma escala de 0 a 100, sendo que 100 representa o máximo de popularidade, Bolsonaro tem 62,3 pontos no ranking, na liderança da lista. Lula, por sua vez, apresentou crescimento nos últimos meses e, agora, tem 55,9 pontos. Com uma diferença de 6,4 pontos, Lula é o principal antagonista de Bolsonaro também no campo digital.

ORGULHO

Apaixonado por ciclismo, o professor de Educação Física, Fábio Gianolla, de 48 anos, viu nas bicicletas quebradas e abandonadas, uma forma de ajudar o próximo nesta pandemia.

Ele criou o projeto BikeAção Social, que tem dado um ótimo suporte para estudantes que ficaram desempregados e trabalhadores com dificuldades financeiras. Fábio recebe bicicletas quebradas, ou em desuso e depois restaura. Ele troca as peças necessárias e aí entrega as bikes prontas para uso a pessoas que precisam delas para se locomover, ou como fonte de renda em Sorocaba, no interior de SP. Geralmente, quem recebe as bicicletas restauradas são alunos bolsistas, ou que têm dificuldades financeiras. Alguns trabalhadores, identificados através do projeto de assistência social Espaço Potencial Itinerante, também estão sendo beneficiados.

VERGONHA

Quatro militares do Exército Brasileiro foram flagrados desviando alimentos que seriam destinados a um batalhão localizado em Santarém, no Pará. De acordo do  Correio Braziliense, cabos do 8ª Grupamento de Engenharia de Construção (8º BEC) foram instruídos a buscar uma carga de alimentos com uso de uma balsa. No entanto, no meio do caminho pararam em uma residência e descarregaram parte do carregamento. A quantidade descarregada chegou a duas toneladas. O alimento desviado era composto principalmente por carnes que serviriam para alimentar os demais militares. Moradores estranharam a movimentação e fizeram vídeos do ato. O material chegou até os responsáveis pelo quartel, e os quatro receberam voz de prisão. O caso ocorreu no começo da semana. O Exército atua no combate a pandemia de covid-19 na região, que é uma das mais atingidas no país pela doença.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.