BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Senadores fazem paredão para salvar mandato do colega da “Lava Toba”


Para ser posto em prática, o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), determinado pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, deve ser referendado pelo plenário do Senado. Os parlamentares, entretanto, resistem à aprovação da suspensão do mandato do colega. O próprio presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), tem agido para evitar a punição ao senador.

Chico Rodrigues foi alvo de uma operação da Polícia Federal na quarta-feira (14). Na ocasião, ele tentou esconder R$ 33 mil dentro de sua cueca. Uma fonte ligada a Davi Alcolumbre, disse que, se depender da vontade do presidente, Chico Rodrigues não será afastado nem terá seu mandato cassado. O principal argumento para manter o senador em seu cargo seria evitar interferências do STF no Senado.

Os caras de pau

A mesma fonte estima que dos 81 senadores, ao menos 50 são favoráveis à manutenção do mandato do parlamentar de Roraima, o que o deixa em situação confortável para a análise da decisão de Barroso no plenário do Senado.

Entre esses senadores que querem blindar “Chicão da Lava Toba” figura  um do Amazonas – o senador Plínio Valério do PSDB.

E o Alcolumbre, hein?

Outro possível problema para Chico Rodrigues que pode ser evitado pelo presidente Davi Alcolumbre é a análise do caso no Conselho de Ética. Entretanto, por causa da pandemia, o conselho não foi instalado em 2020. E Davi Alcolumbre não está disposto a colocá-lo em funcionamento para a análise do caso do senador de Roraima.

Eduardo internado

Diagnosticado com a Covid-19, o  senador Eduardo Braga (MDB-AM) teve o quadro de saúde agravado e teve quer ser internado às pressas no  hospital Sírio-Libanês, de são Paulo. O estado de Eduardo inspira cuidado, por ele ter  59 anos e ser diabético.

No entanto, fontes ligadas ao senador garantiram no final da tarde de sexta-feira,16/10,  que a situação está sob controle e, agora, o quadro é estável.

Arthur na IstoÉ

As ações adotadas pelo prefeito Arthur Virgílio (PSDB) durante o período tenebroso da pandemia foi parar nas páginas da IstoÉ, na edição desta sexta-feira, 16/10. A revista reconhece a estratégia adotada pelo prefeito  para atingir o equilíbrio fiscal.

Superávit histórico

Apesar do ano difícil,  a gestão de Virgílio garantiu maior poder de investimento em obras públicas, além de um superávit histórico e o resgate da Previdência que a colocou em primeiro lugar no país em gestão e com um patrimônio em investimentos saudáveis da ordem de R$ 1,03 bilhão .

Manaus vira o jogo

Com o título “Manaus vira o jogo”, IstoÉ destaca, especialmente, as medidas do prefeito no período da pandemia do novo coronavírus, que no aspecto financeiro cortou gastos, enviou a maior parte dos servidores para o trabalho em home office e repactuou todos os contratos com corte de 25% na dívida.

Manaus foi destaque na revista IstoÉ 

— Isso muito me honra. Não deixa de ser um legado que serve de exemplo para gestores de todo o Brasil, mostrando que é possível governar com zelo, com apego às boas práticas –, comentou Arthur.

Simplifique...

O deputado Serafim Corrêa (PSB) cobrou que o governo do Estado facilite aos a alimentação do Sisreg – sistema de gerenciamento que permite inclusão de consultas e cirurgias pelo SUS – aos municípios.

— Quando isso não é feito, significa colocar vidas em risco e criar despesa em dobro aos cofres públicos – alertou o parlamentar..

... Não complique

Sarafa lembrou que o Sistema é Único de Saúde, pois não existe sistema municipal, estadual ou federal.

Ao procurar uma UBS municipal, exemplifica o  deputado, o paciente, quando necessita de procedimento cirúrgico, é encaminhado  para um hospital estadual, habilitado para a realização da cirurgia.

—  O problema é que chegando lá, o paciente é orientado a fazer a consulta inicial novamente, desta vez em uma UBS estadual, para poder ser inserido no sistema. Quantas pessoas perderam suas vidas? Esse é um problema que tem que ser resolvido, independentemente do governador ou do prefeito -, advertiu Serafim.

Guarda armada

O candidato a prefeito de Manaus Ricardo Nicolau promete investir pesado na  segurança pública.

Em seu programa, o candidato apresentou ações como a criação da Secretaria Municipal de Segurança, o concurso público para a Guarda Municipal – que será treinada e armada –, além de um sistema de tecnologia para monitorar os ônibus na cidade, onde diariamente acontecem dezenas de assaltos.

Nicolau quer armar a guarda municipal 

Isto é omissão

Nicolau acusou que,  durante todos esses anos, a prefeitura se escondeu atrás do discurso de que segurança é só responsabilidade do Estado.

—  O nome disso é omissão. Enfrentar a criminalidade é cuidar das pessoas e também dever do município –,  disparou.

Guerra na Amazônia

O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Enio Verri (PR), em requerimento ao Ministério da Defesa, solicita informação sobre uma operação realizada pelo Exército Brasileiro que simulou um cenário de guerra na Amazônia.

A ação ocorrida em setembro é inédita na região, e segundo foi divulgado pelo jornal O Globo, a simulação custou aos cofres públicos R$ 6 milhões somente de combustível, horas de voo e transporte.

Exército brasileiro gastou R$6 milhões com simulação de guerra 

Teve até mísseis

Considerada por especialistas como um recado bélico ao ditador Maduro, da Venezuela, a “guerra de faz de conta” teve até lançamento de mísseis com alcance de 80 km, disparo de foguetes (sistema Astros), emprego de viaturas, aeronaves (aviões e helicópteros), embarcações regionais e peças de artilharia, canhões, metralhadoras, entre outros.

Vai ter computador

Alunos da rede pública estadual que se encontrem em situação de vulnerabilidade social e econômica podem receber equipamentos de informática, apreendidos pelas Polícia Civil e Militar, para o ensino à distância.

É o que defende o  Projeto de Lei (PL) nº 436/2020, de autoria da deputada Mayara Pinheiro (Progressistas).

Ensino agradece

Devido a pandemia da Covid-19, os estudantes permanecem o ano letivo de forma híbrida, com aulas virtuais e presenciais.

— A medida pretende assegurar aos alunos da rede pública de ensino, a disponibilização de equipamentos de informática.

Suástica na piscina

O candidato a vereador da cidade catarinense Pomerode,   Professor Wander, terá que explicar aos eleitores e à sociedade de  por que continua mantendo uma suástica na piscina de casa, como revelou a Polícia Civil em 2014.

O PL de Santa Catarina expulsou o maluco por “não compactuar com qualquer ideologia racista”.

Mas os meus cabelos...

Marco Aurélio Mello, que vem trocando farpas com o presidente da Corte, Luiz Fux, alfinetou o colega ao falar sobre sua "mudança de penteado":

— Tenho umas fotografias com ele em congressos de 30 anos atrás e houve uma mudança radical. Eu gostaria de saber o remédio que ele toma para tomar também. Vamos patenteá-lo e ganhar dinheiro –, cutucou.

Liberou geral

O traficante de drogas André Oliveira Macedo, o André do Rap, não é o único criminoso beneficiado por decisões tomadas pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

As polícias Federal e dos Estados procuram ao menos outras 20 pessoas que conseguiram liminares com base no recente critério que torna ilegais prisões preventivas não reavaliadas a cada 90 dias.

A lista de Marco Aurélio

O  jornal Estadão analisou cada uma das 225 decisões liminares (provisórias) concedidas em habeas corpus distribuídos para o ministro em 2020, disponíveis no portal do STF.

Em seguida, cruzou o nome dos réus com o Banco Nacional de Mandados de Prisão, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Ao menos 92 pessoas conseguiram liminares de Marco Aurélio. Desses 92 casos, porém, 21 aparecem também na base do CNJ com mandados de prisão em aberto, incluindo o líder da facção criminosa PCC André do Rap.

Só “gente boa”

Na lista de procurados, há criminosos de envergaduras variadas.

Há bandidos condenados já em segundo grau e aqueles que ainda são investigados, mas tinham ordens para permanecerem presos de maneira preventiva.

Eles são suspeitos ou condenados por crimes como tráfico internacional de drogas, estelionato, homicídio qualificado, extorsão e até formação de milícia.

ÚLTIMA HORA

A professora Susan Ackerman, que era uma espécie de guru da própria turma da Lava Jato, reafirma que a condenação do ex-presidente Lula não tem legitimidade. "Assinamos aquela carta porque era importante que esclarecêssemos nossa posição", afirmou a docente ao lembrar de sua assinatura num manifesto junto com 16 juristas contra a sentença do triplex em Guarujá (SP)

De acordo com o manifesto assinado pela jurista, "Moro não só conduziu o processo de forma parcial, como comandou a acusação desde o início". "Manipulou os mecanismos da delação premiada, orientou o trabalho do Ministério Público, exigiu a substituição de uma procuradora com a qual não estava satisfeito e dirigiu a estratégia de comunicação da acusação".

ORGULHO

Alunas brasileiras de 14, 15 e 16 anos desenvolveram um minifoguetes para reflorestar áreas devastadas. Eles são capazes de transportar sementes até áreas de difícil acesso.O projeto delas, na escola agrícola do Paraná, foi criado para estimular participação de meninas na ciência e agora é finalista em premiação nacional. A ideia é das estudantes do 1º ano do Ensino Médio Estephany da Silva Alves, 15 anos, Kawany Duarte da Rocha, de 14 anos e Marina Grokorrisky, de 16 anos. Elas desenvolveram os minifoguetes após incêndio que arrasou parque nacional na região. Feitos com tubo de PVC e movidos à base de um combustível natural, uma pilha e um fio para dar ignição, os minifoguetes foram desenvolvidos a um custo unitário de R$ 50.  O protótipo chega a subir até 300 metros.

VERGONHA

A insensibilidade do presidente da Assembleia de Deus em Indaiatuba, no interior de São Paulo, chocou a família de um pastor que foi diagnosticado com esquizofrenia e se suicidou na semana passada. Após a morte do pastor, identificado como Antônio Silva, fiéis receberam um áudio atribuído ao líder regional da igreja, em que ele orienta os fiéis e obreiros (como são chamados os fiéis que prestam serviço voluntário) a não prestarem condolências à família do religioso.

Raimundo Soares de Lima, o presidente da Assembleia de Deus em Indaiatuba, orienta os fieis:

— São assuntos que não levam absolutamente à edificação de ninguém, então o caso do incidente do ex-obreiro do campo, só prejudica a imagem da igreja. – disse ele.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.