BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Se arrependimento matasse eleitores do Bolsonaro...



A maioria dos eleitores que votaram no presidente Jair Bolsonaro em 2018 e se arrependeram deve optar pelo ex-presidente Lula no pleito de 2022.

É o que revela a pesquisa inédita “Bolsonarismo no Brasil”. De acordo com o levantamento, os arrependidos manifestam altíssima rejeição a Bolsonaro, expressa pelos sentimentos de traição e de decepção.

Veja o que diz um dos trechos do relatório da pesquisa: “Diversos entrevistados afirmam que se trata do “maior arrependimento da vida”. Uma parcela desses eleitores gostaria de uma terceira via, pois também não desejam votar em Lula (ou no PT). Contudo, uma expressiva maioria defende de modo convicto o voto em Lula (especialmente no 2ºturno)”, diz o documento. Diz ainda o documento que chama atenção que tais eleitores narram as conquistas do governo Lula de modo nostálgico.

Apesar de você

Já os apoiadores moderados afirmam que apesar de tudo,  seguem votando em Bolsonaro se a situação continuar como está.

Fé cega

Enquanto isso os mais fiéis – geralmente evangélicos – não mudariam o voto em nenhuma circunstância.

Sei lá quem era

A pesquisa aponta ainda que maioria dos participantes — em todas as cidades — não conhecia Bolsonaro antes da campanha de 2018.

Usados e descartados

Entre os bolsonaristas arrependidos estão alguns famosos, que um dia já foram cão de guarda, dedicaram fé cega no chefe e logo foram chutados para escanteio quando rezaram fora da cartilha do ex-capitão.

X

Veja a lista: Sérgio Moro, Alexandre Frota, Danilo Gentili,  Lobão, Joice Hasselmann, Datena, Janaína Pachoal e outros.

Ironizando Omar

Bolsonaro cutuca Omar: "marca o dia (da audiência) que eu marco o ano

E por falar em Jair, o presidente afirmou nesta sexta-feira que não irá receber o senador e ex-presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM).

— Ele [Aziz] pode divulgar o dia [da audiência], que eu divulgo o ano –, ironizou Bolsonaro, coisa que ele sabe fazer muito bem.

Se rebaixou e levou

Se Aziz conhecesse tanto o presidente que temos, não teria se “rebaixado” tanto. No dia 2 de março, ele havia encaminhado uma solicitação de audiência em nome da bancada parlamentar do Amazonas, do governador do Estado e do prefeito de Manaus. Omar solicitou reunião para dialogar a respeito da redução da alíquota de IPI promovida pelo decreto n° 10.979 de 25 de fevereiro de 2022.

Ternurinha

Com um certo tom de “apaziguamento”, Aziz disse que era fundamental  encontrar, em “diálogo harmonioso e polido”, uma solução tempestiva que não afete, sobretudo, os empregos da Zona Franca de Manaus.

— Aproveito o ensejo para estender os votos de estima e elevada consideração –, finalizou o pedido.

Deitou e rolou

Era só o que Jair queria pra deitar e rolar.

— Há um ano Aziz estava batendo no governo e agora fala em ‘diálogo harmonioso’? Se ele estivesse preocupado com o estado dele, ele poderia ter se antecipado de outra forma. O povo já paga muito imposto. Ele deveria ser a favor da redução de imposto .

Racha no ninho tucano?

O presidente do PSDB no Amazonas, Arthur Virgílio, avisou que  aqueles que estão se arvorando a sair cândida ao governo pelo partido é bom “ir tirando o cavalinho da chuva”, porque o candidato que terá o apoio tucano será Amazonino Mendes (sem partido)  ou Eduardo Braga (MDB).

Mazoca tucanou

Virgílio  até garantiu que, para acabar com qualquer especulação sobre a candidatura majoritária ao governo do Amazonas, Amazonino assinará a ficha de filiação do PSDB. Como se sabe, Mazoca lidera todas as pesquisas de intenção de votos ao governo do Amazonas.

E, mais uma vez, Arthur parece estar mexendo a peça de xadrez correta.

Euzinho para governador

Plínio e Arthur Neto

Só que, nem tudo é harmonia no ninho tucano. O dissidente Plínio Valério, que pegou carona na popularidade de Artur Virgílio (então prefeito)  e Omar Aziz  para se eleger senador, bateu o pé disse que o candidato ao governo do PSDB é ele.

Boa notícia

Nem tudo está perdido.

Apesar do arrocho no preço dos combustíveis, ao menos a Cigás garante que  manterá inalterado o preço do gás natural, isto é,  sem reajustes.

Por enquanto

Mas sabe por que a Cigás não vai mexer no seu bolso, agora?

Porque  o preço do gás natural é reajustado uma vez por ano, de acordo com índices inflacionários, sendo que os repasses geralmente acontecem entre os meses de novembro e dezembro.

Pela hora da morte

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) postou em suas redes sociais que o que ninguém aguenta mais os aumentos absurdos  no preço da gasolina.

— O  mototaxista, o taxista, o motorista de aplicativo, nossos irmãos do interior do Amazonas, que conduzem seu barco com motor rabeta, não têm mais condições de pagar esse preço absurdo pela gasolina.

Perguntar não ofende

Solidariedade é legal, senador Braga. Mas nem só de discursos vive o homem. Cadê a solução para o aumenyo abusivo da gasolina?

Musa vulnerável

Durante muito tempo o Museu da Amazônia (Musa) ficou à mercê de criminosos, que invadiam o espaço, assaltavam, vandalisavam, agrediam o meio ambiente e fazia gato e sapato da instituição.

Acabou a bandidagem

Mas agora parece que isso vai acabar.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) se reuniu com o diretor do museu  para conhecer as demandas da instituição relacionadas à segurança.

PM presente

De  imediato, a decretaria determinou que a Polícia Militar realizasse patrulhamento ostensivo e preventivo, diariamente, na região externa do museu, dando suporte para segurança privada do local, o que já está sendo feito.

Além disso, a SSP-AM estuda a possibilidade de instalar mais duas câmeras do Cerco Inteligente no perímetro da área.

ÚLTIMA HORA

Jornalista russa interrompe noticiário de TV: “Parem a guerra. Não acreditem na propaganda. Eles estão mentindo!”

Protesto na Rússia

"Parem a guerra. Não acreditem na propaganda. Eles estão mentindo aqui!",  –, diz o cartaz mostrado ao vivbo por Marina Ovsyannikova,

Uma editora no Piervy Kanal, o canal um russo, interrompeu esta segunda-feira o noticiário para mostrar um cartaz apelando ao fim da guerra na Ucrânia e acusando o canal estatal da Rússia de "mentir", pedindo aos telespectadores que "não acreditem na propaganda" russa. “Parem a guerra. Não acreditem na propaganda. Eles estão mentindo aqui! –, diz o cartaz mostrado às 21h35, horário de Moscou, por Marina Ovsyannikova, enquanto aparecia atrás da apresentadora do noticiário, Ekaterina Andreeva, a gritar "Não à guerra!". A transmissão do estúdio foi abruptamente mudada para a de uma peça com um hospital.  Poucos minutos depois, a agência de notícias TASS anunciou que Marina havia sido detida e que se encontra agora na esquadra da polícia no distrito de Ostankino, em Moscovo.

Antes de surgir no noticiário russo, Marina Ovsyannikova deixou um vídeo nas redes sociais em que disse estar "envergonhada" por ser funcionária do Piervy Kanal. "O que está a acontecer na Ucrânia é um crime e a Rússia é o agressor", disse, explicando que o seu pai é ucraniano.

ORGULHO

Versão elétrica da Kombi

A Volkswagen apresentou oficialmente  ‘a nova kombi‘ elétrica – a ID. Buzz – moderno e reestilizado da primeira kombi criada nos anos 40.

A versão definitiva da Kombi elétrica faz sua estreia global 50 anos após a marca alemã ter apresentado a primeira versão elétrica da van, um VW T2 com tração traseira e 85 km de alcance que fez sua estreia na Feira de Hannover, na Alemanha. Ela será lançada no mercado europeu em meados do ano, mais precisamente em julho, quando todos os dados sobre versões, preços e opcionais serão revelados. Em 2023, o ID. Buzz chegará aos Estados Unidos e posteriormente ao Brasil, tanto na versão de passageiros como de carga. As informações são do portal Só Notícia Boa.

VERGONHA

Mesmo fora do cargo, o ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles continua sendo grosseiro e mal educado. Dessa vez ele perdeu a linha contra a jornalista Amanda Klein, da Jovem Pan, ao dizer que ela faz parte da "esquerda caviar" e acusá-la de distorcer informações sobre o desmatamento no Brasil. Essas besteiras que a esquerda caviar fala são repetidas na Europa. Vocês causam danos à imagem do Brasil no exterior", vociferou ele. "Você repete besteira, você não estuda e depois repete besteira. Por que você faz o corte em dez anos? É só para encher o saco de Bolsonaro. Fala a verdade e seja honesta intelectualmente".

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.