BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - REBECCA QUEBRA O SILÊNCIO – Ex-deputada diz que está fora das eleições de 2022 e revela motivo


Durante entrevista no programa Meio-Dia, do jornalista Jefferson Coronel, a ex-deputada Rebecca Garcia adiantou que está fora das eleições de 2022.

E explicou o vácuo deixado na carreira que a levou à Câmara dos Deputados, depois que perdeu a eleição para o governo do Estado, em 2018, como vice de Amazonino Mendes. O principal motivo que tirou Becca da política  foi uma grave trombose, o que tornaria quase impossível a locomoção em uma campanha política em um estado continental como o Amazonas.

— E naquele momento o mais importante era a minha saúde – disse ela.

Curada, Rebecca resolveu assumir as empresas da família, onde hoje desenvolve projetos na área de Bioeconomia.  Apesar do afastamento, a ex-deputada confessa que é apaixonada por política. Por isso não descarta retornar à arena eleitoral em 2024.

Saudades da política

Perguntada se sente saudades da política, Rebecca disse que sim, mas se sente mais confortável como empresária.

— É lógico que sinto saudades da política. Se perguntasse há dez anos se eu deixaria a política, eu responderia que não. Mas, se me perguntarem isso hoje, eu diria que me sinto melhor trabalhando nas empresas da família. E hoje, posso, garantir, eu tenho paz de espírito! –,  disse a moça.

Livre pra falar

Demonstrando maturidade e liberdade para dizer o que pensa – afinal não é mais candidata a nada –, Rebecca teceu críticas ao governo federal, se posicionou contra militares administrarem a Suframa, já que “não foram preparados para isso”, a empresária criticou a postura do presidente Jair Bolsonaro.

— Ele não fez nada pelo Amazonas e a Assembleia Legislativa deveria rever o título de Cidadão do Amazonas que deram a ele. Assim, acabam vulgarizando a comenda –, cutucou.

Na equipe de Guedes

Formada em economia na Universidade de Boston (EUA), Rebecca trabalhou na corretora financeira Merrill Lynch (Boston), fez parte dos quadros do Banco Pactual (Rio de Janeiro), na equipe do hoje ministro Paulo Guedes.

Não enganou ninguém

Sobre a atuação de Guedes para o Amazonas, Rebecca afirma que ele merece mais vaias que aplausos.

— Mas não esqueçamos que ele é ministro do Brasil e não do Amazonas. E mais: ele não enganou ninguém, quando votaram neste governo (Bolsonaro) todos sabiam o que ele representava.

Combate ao racismo

A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade,  nesta quarta-feira (1º), projeto de combate ao racismo.

De autoria do presidente da Casa, Roberto Cidade (PV), a nova lei, quando sancionada,  tem por objetivo lançar campanhas educativas de enfrentamento ao racismo, por meio de programas culturais e de valorização da igualdade no âmbito das escolas, eventos esportivos e culturais no amazonas.

Selo Amazonas pela Igualdade é aprovado na Aleam

Tem até selo

Cidade informou ainda que o PL também prevê a criação do selo “Amazonas pela Promoção da Igualdade Racial”.

— Pretendemos construir uma marca para combater o preconceito e estimular a todos em seus estabelecimentos, sejam públicos ou privados, especialmente nas escolas, pois é ali que nasce a formação do cidadão – explicou o presidente do Poder Legislativo.

Braga inocentado

Por maioria de votos, a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal, decidiu rejeitar a denúncia contra o senador Eduardo Braga (MDB-AM), acusado no Inquérito 4418, do crime de caixa 2 nas eleições de 2012.

Rejeitada denúncia

A maioria do colegiado aceitou contrarrazões da Procuradoria-Geral da República, que reconheceu erro na denúncia, ao imputar a Braga a condição de presidente do Diretório Municipal do MDB em Manaus, sendo que, na época dos fatos, ele era presidente do diretório estadual.

Em relação aos demais denunciados, permanece decisão anterior que determinou a remessa dos autos à primeira instância da Justiça Eleitoral do Amazonas.

Arranca rabo na CPI

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM) cansou de ouvir ataques diários do colega Marcos Rogério (DEM-RO), cão de guarda do presidente Jair Bolsonaro.

Aziz criticava senadores da base do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), presidente da República, que defenderam Roberto Dias, ex-diretor do Ministério da Saúde.

Omar Aziz encara Marcos Rogério: "covarde é você!"

—  Esse cidadão que teve apoio da base do governo aqui, que teve solidariedade de senadores, esse cidadão era o grande operador dentro do Ministério da Saúde –, dizia Omar, quando foi interrompido por Rogério.

— Vossa excelência não seja covarde! –, atacou Rogério.

— Covarde é você. Você é covarde! –, retrucou Aziz.

Antes do sossega mariquinha, Marcos Rogério ainda cutucou:

—  Larga de ser covarde, não faça isso!

Vem pra Caixa!

A Caixa Econômica Federal libera nesta quinta-feira (2) o saque nas agências bancárias da 5ª parcela do auxílio emergencial.

Terão direito de sacar os valores os beneficiários nascidos em fevereiro. Na sexta-feira, serão liberados os valores para quem nasceu em março.

Tá ruim pra Bolsonaro

Pesquisa Quaest Consultoria: Bolsonaro desaba e Lula venceria no 1º turno

Uma pesquisa das eleições presidenciais de 2022 , realizada pela Quaest Consultoria - e encomendada pela Genial Investimentos  –apontou um complicadíssimo cenário eleitoral para o presidente Jair Bolsonaro.

Um crescimento na sua avaliação negativa, uma diminuição na procura por nomes de 'terceira via' e a possibilidade do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) vencer o pleito ainda no primeiro turno.

Em queda livre

A condução do Brasil é reprovada por 48% dos entrevistados - número que cresceu 4 pontos percentuais em apenas um mês. Sua avaliação positiva, porém, encolheu nos últimos trinta dias e passou de 26% para 24%.

As regiões Nordeste, Sudeste e Sul foram as que apresentaram maior crescimento na rejeição ao mandatário.

Lula venceria no 1º turno

Em relação ao ex-presidente Lula, o petista lidera as pesquisas no voto espontâneo - quando não se apresenta os nomes dos candidatos - com 23% das intenções de voto. Bolsonaro aparece com 15% e Ciro Gomes (PDT) registraria 1% dos votos. O número de indecisos chegou a notáveis 58%.

Golpista em cana

A Polícia Federal prendeu  prefeito de Cerro Brande do  Sul, Gilmar João Alba, o ‘Gringo’, no aeroporto, com R$ 505 mil para financiar atos de 7 de setembro, convocado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Com a mão na botija

Gringo foi pego na última quinta-feira, 26, levando a babita em dinheiro vivo em caixas de papelão na bagagem de mão. O dinheiro foi encontrado armazenado em caixas de papelão durante a inspeção por Raio-x.

Cana nele!

De acordo com a PF, ao ser abordado, Gringo disse, inicialmente, que não sabia o valor total transportado.

Na sequência, teria dito que carregava R$ 1,4 milhão. Como ele não explicou a origem do numerário, a Polícia Federal reteve tudo.

E agora, valentão?

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP) condenou o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, a indenizar em R$ 50 mil o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Dupla paulada!

A decisão, proferida na terça-feira, ocorreu no mesmo dia em que Moraes manteve a prisão preventiva do ex-deputado, detido em 13 de agosto no âmbito do inquérito que apura a atuação de uma milícia digital contra a democracia.

Quaquaraquaquá!

O outdoor espalhado por Manaus seria cômico, se não fosse trágico.

Com uma foto de Jair Bolsonaro, facção que se intitula  “amigos do WhatsApp – que se arvoram a falar em nome de Manaus –, estamparam em letras garrafais: “Eu apoio político honesto. E  Você?”.

Só esqueceram de colocar a foto do político honesto!

Esta é a diferença

Enquanto os bolsominions vão às ruas no 7 de setembro para atacar o STF, o Congresso Nacional e fomentar o “golpe”, entidades, movimentos sociais e sindicais da campanha #ForaBolsonaro e do Grito dos Excluídos mobilizam os brasileiros para o retorno às ruas no dia 7, mas  contra o desemprego, contra a fome, pelo direito à moradia, à vacina e pelo impeachment de Bolsonaro.

Bandeiras diferentes

O  grande ato vai ocupar todas as regiões do Brasil e no exterior.

As manifestações, que iniciaram em 29 de maio, também são contra os cortes na educação, contra a reforma administrativa e as privatizações, e em defesa das lutas do povo negro contra a violência e o racismo, dos serviços públicos e da soberania..

ÚLTIMA HORA

STM transforma Pazuello e Salles de investigados a “heróis” com direito a medalhas

O STM (Superior Tribunal Militar) homenageou nesta quarta-feira (1) os ex-ministros da Saúde e do Meio Ambiente, general Eduardo Pazuello e Ricardo Salles , com medalhas da Ordem do Mérito Judiciário Militar (OMJM). A honraria é dada a autoridades e civis que prestam "apoio relevante aos trabalhos da Justiça Militar da União". Tanto Pazuello quanto Salles são investigados pela Polícia Federal. O primeiro por suspeita de omissão no colapso de oxigênio no Amazonas e pela má condução das políticas públicas de combate à Covid-19.

O segundo, por suspeita de obstruir investigações sobre suposto favorecimento de madeireiros na Amazônia.

Pazuello ainda é da ativa e, durante toda a gestão na Saúde, foi pressionado nos bastidores para deixar o Exército. Apesar do desgaste para a imagem da instituição, o general não foi punido por participar de um ato político com o presidente Bolsonaro e, nesta quarta-feira, foi pessoalmente receber a homenagem.

ORGULHO

Chefs cearenses: comida para quem tem fome através do Macarrão Amigo

Eu belo exemplo dos chefs do Ceará. Eles estão preparando as delícias que sabem fazer e distribuindo em marmitas para quem tem fome em Fortaleza, no Ceará.  As informações foram publicadas pelo site SoNotíciaBoa.  A vontade de ajudar pessoas em situação de rua, uniu três chefs no projeto Macarrão Amigo. A ideia partiu do advogado José de Freitas Júnior, que convidou os chefs de cozinha Izabela Fiúza, Wladmir Ponte e Fabio Felle, além dos amigos Willfridy Mendonça, Lídia Oliveira e Letícia Studart. O Macarrão Amigo já distribuiu mais de 300 mil itens, contando com as refeições e os acompanhamentos (sobremesa e água).

VERGONHA

Jair Renan: relações perigosas como lobista Marconny Albernaz

A empresa Bolsonaro Jr. Eventos e Mídia, de propriedade de Jair Renan Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, foi aberta com o auxílio do lobista Marconny Albernaz de Faria. A informação é do jornal Folha de S. Paulo .

Marconny é apontado pela CPI da Covid como um dos intermediários da Precisa Medicamentos, empresa investigada pela Comissão Parlamentar de Inquérito por suspeita de irregularidades no contrato de aquisição da vacina indiana Covaxin. O acordo entre o governo federal e o laboratório responsável pela produção do imunizante, inclusive, já foi suspenso.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.