BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Proposta do governo Bolsonaro vai onerar ainda setores da Zona Franca de Manaus


Os empresário do Polo Industrial de Manaus não vão gostar “nadica de nada”, da proposta que vem sendo costurada a toque de caixa  pelo vice-presidente, general  Hamilton Mourão.

O governo Jair Bolsonaro estuda ampliar a cobrança de taxa paga por empresas de informática na Zona Franca de Manaus para financiar um fundo de desenvolvimento sustentável. A ideia discutida é estender o pagamento do percentual para outros setores que atuam no parque industrial, como, por exemplo, de motocicletas e eletroeletrônicos.  A gritaria já começou. Saleh Hamdeh, relações institucionais e governamentais da Federação das Indústria e Centro da Indústria do Amazonas ( FIEAM/CIEAM) saiu na na frente e  discorda sobre estender a taxa a outros segmentos.

— Não faria nenhum sentido ampliar isso para eletroeletrônicos e duas rodas sem que houvesse uma mudança na governança. Aumentar essa contribuição para outros setores significa onerar setores que já estão fortemente onerados hoje —, cutucou  Hamdeh.

Fatiar os 5%

Hoje, é cobrada uma taxa de 5% das empresas de informática. A proposta estudada é destinar o correspondente a um ponto percentual para o fundo de sustentabilidade e, posteriormente, incluir outros setores que se beneficiam da política de incentivo fiscal.

O que pensa Mourão

A destinação de recursos a um fundo de sustentabilidade foi tratada recentemente pelo vice-presidente Hamilton Mourão, presidente do Conselho da Amazônia, com representantes da FAS (Fundação Amazonas Sustentável).

—  Já existe uma taxa que é cobrada das indústrias de informática de 5%, que é para aplicação em pesquisa e desenvolvimento.  A ideia é  criar um fundo de sustentabilidade, baixando essa taxa para 4% – propõe, Mourão.

Pitaco do Viana

A proposta é semelhante à apresentada por Virgílio Viana, – superintendente-geral da FAS, ao vice-presidente em reunião realizada em julho. Viana defende que dois pontos percentuais da taxa de 5% sejam destinados à agenda sustentável.

—  O dinheiro seria alocado em um fundo de gestão privada –, afirma.

É uma questão de Estado...

O  superintendente da FAZ avalia que, com isso, poderíamos ter um mecanismo ágil e eficiente que independa dos “humores dos governos” e das relações internacionais.

... E não de governo!

— É importante blindar um tema tão importante quanto à Amazônia dos humores de governos que variam. Isso é uma questão de Estado, não deve ser uma questão de governo.

Amor I Love You

O vice-presidente Hamilton Mourão saiu em defesa da visita do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, à instalação da Operação Acolhida, em Roraima, junto à fronteira com a Venezuela. O general disse que não viu “nada de mais” na visita do secretário

— Eu respeito as críticas das pessoas que fizeram: chanceleres, presidente da Câmara também, mas eu não vi nada de mais nisso aí. Temos 1 alinhamento com os Estados Unidos desde a época da nossa independência. (…)

Amor I Love You 2

O presidente da Assembleia Legislativa, Josué Neto, carregou ainda mais na sessão  “amor I love you”, e rasgou elogios também a Jair  Bolsonaro.

— A visita do secretário dos EUA demonstra a importância e prestígio da ação do Governo do presidente da República, Jair Bolsonaro e Exército Brasileiro (EB) com os refugiados venezuelanos.

Nada consta

O tetra-Governador e tri-prefeito Amazonino Mendes, candidato mais uma vez a prefeito de Manaus, é citado de tudo que é jeito em ações da justiça do Amazonas. Mas bate no peito pelo fato de não ter sido condenado em nenhuma.

Mazoca tá limpo

Em mais de 40 anos de vida pública muita gente entrou com ação para pegar o Negão. Mas ele escapou de todas. E se tem certidão negativas em todas as instância o pré-candidato do Podemos está mais limpo do que fralda de bebê.

Veículo Destruidor

Mais uma vez a Prefeitura é obrigada a interditar o trecho da rua Arthur Bernardes, no bairro São Jorge, no acesso para o complexo viário Roberto Campos, na avenida Constantino Nery.

A ação é necessária, para a implantação do pórtico limitador de altura, danificado na última sexta-feira, após um caminhão, não identificado, ao tentar acessar o local de forma irregular.

Outra vez

Nem bem foi inaugurado e já é a segunda vez que o viaduto é danificado por um veículo  de carga que não obedece as sinalização, alertando para o limite da altura de veículos.

Como acabar o abuso

A estrutura que limita a passagem de veículos na alça inferior em quatro metros será reconstruída. O abuso e irresponsabilidade só vão acabar quando a multa para os infratores for pesada e começar a doer no bolso das empresas responsáveis pela carga.

Trecho do viaduto foi interditado para reparo 

É meu ovo!

O vereador Carlos Bolsonaro atacou a divulgação do seu depoimento à PF no âmbito do inquérito sobre os atos antidemocráticos.

Veja o que ele escreveu no Twitter:

— Atos antidemocráticos são meus ovos na goela de quem inventou isso!

Então, tá!

De acordo com o número dois, milhares vão às ruas espontaneamente e devido à meia dúzia esculhambam toda a democracia.

— Tentam qualificar a vontade popular como algo temerário –, disse.

Eu robô

No depoimento prestado na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Carluxo negou que tenha participado da produção de conteúdos que atacassem o STF.

Afirmou ainda que nunca usou dinheiro público para manter perfis em redes sociais e que não é “covarde a ponto de usar robôs”.

Dia da Árvore

O programa Arboriza Manaus, da Prefeitura de Manaus, realizou o plantio simbólico de três mudas de sumaúma na para marcar a passagem do Dia Nacional da Árvore, na cidade, comemorado nesta segunda-feira, 21/9.

Te quero verde

As árvores foram plantadas na rotatória das Letras, avenida Jacira Reis, zona Centro-Sul. A espécie, considerada símbolo da floresta amazônica, foi escolhida por sua representatividade para ocupar o espaço público.

ÚLTIMA HORA

A jogadora de vôlei de praia Carol Solberg, 33, teve uma manhã de segunda-feira, 21, agitada, atropelada pelos cuidados com os dois filhos e a repercussão do seu protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no domingo, 20. Em entrevista ao SporTV após a etapa da modalidade em Saquarema (RJ), ela disse: “só para não esquecer: fora, Bolsonaro!”. O ato gerou uma nota de repúdio da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). A entidade afirmou que tomará todas as medidas cabíveis para que fatos como esses, que denigrem a imagem do esporte, não voltem mais a ser praticados”.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, Carol diz que é lamentável sofrer com qualquer ameaça de punição em consequência da sua liberdade de expressão.

Jogadora foi atacada nas redes sociais 

— Não sou ativista, mas me sinto na obrigação de me posicionar e é lamentável e curioso que eu possa ser punida por exercer a minha liberdade de expressão contra este desgoverno –, afirmou Carol.

ORGULHO

A Empresária Luiza Trajano é a única mulher no top 10 anual da revista Forbes, que lista os mais ricos do Brasil. Dona da rede varejista Magazine Luiza, ela aparece na 8ª posição na lista, divulgada nesta sexta-feira, 18. Engajada e ousada, principalmente durante a pandemia, ela virou sucesso no e-commerce e o patrimônio da empresária cresceu 181% em um ano: estimado em R$ 24 bilhões. Essa alta fez Luiza subir 16 posições no ranking, desbancando Miriam Voigt, da multinacional Weg, que era até então a mulher mais rica do Brasil. Em 2019, Trajano ocupava a 24ª colocação na lista. Em março, enquanto alguns empresários falavam em demitir por causa da pandemia, Luiza doou R$ 10 milhões e pediu “não demitam”.

VERGONHA

Candidato a prefeito de João Pessoa pelo Patriota, Wallber Virgolino cometeu uma gafe durante um debate eleitoral realizado pela TV Arapuan, afiliada da RedeTV! na Paraíba. Ao defender a transparência na gestão pública, Virgolino, que se apresenta como representante do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na disputa municipal e já foi delegado da Polícia Civil, afirmou que é preciso “praticar a corrupção”.

— Se chegarmos à prefeitura, a gente pretende fazer uma operação pente-fino em todas as secretarias. Corrupção tem que ser praticada, não apenas falada –, afirmou o candidato.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.