BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Plínio aparece na contramão da história, cobra países ricos, mas isenta Bolsonaro



O senador Plínio Valério (PSDB-AM) continua indo na contramão da história. Enquanto mundo inteiro sabe que o Brasil ficou isolado na   Conferência do Clima (COP26), da Organização das Nações Unidas (ONU), em Glascow, Plínio caiu de pau nos países ricos que “não querem ajudar a Amazonia”.

Em pronunciamento nesta quarta-feira (10), o senador Plínio Valério (PSDB-AM) disse terem sido realizados 26 encontros sobre a, mas que, até o momento, nenhuma efetiva medida foi tomada que de fato “auxiliasse os brasileiros” na preservação das florestas.

O tucano de Eirunepé esquece que em agosto de 2019, o presidente que ele defende com unhas e dentes, Jair Bolsonaro, disse que o Brasil não precisa do dinheiro da Alemanha para preservar a Amazônia.

— A Alemanha está tentando "comprar" a Amazônia. Investir? Ela não vai comprar a Amazônia. Vai deixar de comprar a prestação a Amazônia. Pode fazer bom uso dessa grana. O Brasil não precisa disso –, esnobou Jair.

A reação do governo brasileiro veio depois que Noruega e Alemanha anunciaram que iam  suspender o Fundo Amazônia para a proteção da floresta.

Alemanha pulou fora

A Alemanha foi a primeira a suspender as contribuições ao Fundo Amazônia. Em 10 de agosto, os alemães anunciaram o congelamento de 155 milhões de reais para proteção ambiental no Brasil.

Noruega fecha torneira

Logo em seguida a Noruega anunciou que também estava suspendendo o repasse de 300 milhões de coroas norueguesas (133 milhões de reais) que seriam destinados ao Fundo Amazônia, o programa de financiamento à proteção da maior floresta tropical do mundo. A Noruega era a maior doadora do fundo, tendo repassado 3,1 bilhões de reais para a iniciativa nos últimos dez anos.

Discurso incoerente

Agora veja o discurso do senador do Amazonas como é incoerente. Em pronunciamento nesta quarta-feira (10), Plínio Valério  disse o que se viu na COP-26, “são atitudes pouco significativas por parte das nações mais ricas”.

Exibicionistas e hipócritas

Na opinião do tucano de Eirunepé (AM), tudo não passa de discursos “exibicionistas e hipócritas”, que, durante as conferências, servem para “iniciativas improdutivas” que pouco contribuíram para o enfrentamento dos problemas ambientais.

— É o que venho mostrando nesta tribuna no que se refere à nossa Amazônia. Tenho exposto a hipocrisia que marca a grande maioria das iniciativas nacionais e, principalmente, internacionais, voltadas para a nossa Amazônia.

Façam o que digo...

Valério disse ainda que todas eles, particularmente às ligadas a nações de primeiro mundo, se poderia aplicar com toda propriedade o ditado: ‘façam o que digo, mas não façam o que eu faço – declarou.

Perguntar não ofende

Ué, senador, mas não  o foi o governo brasileiro que abriu mão do dinheiro? Na época, Bolsonaro chegou a mandar um recado abusado  para a chanceler alemã, Angela Merkel, usar o dinheiro no reflorestamento daquele país.

— Eu queria até mandar recado para a senhora querida Angela Merkel, que suspendeu 80 milhões de dólares pra Amazônia. Pega essa grana e refloreste a Alemanha, tá ok? Lá está precisando muito mais do que aqui — disse o presidente.

Omar vai de senado

Mesmo para o Senado Federal Omar Aziz não terá ida fácil em 2022

Mesmo para o Senado Federal Omar Aziz  não terá ida fácil em 2022 . O senador Omar Aziz já decidiu. Sabe que o barulho será alto na eleição para o governo do Amazonas, por isso vai mesmo concorrer4 à reeleição ao Senado Federal.

Saudades de 2014

O presidente da CPI da Covid disputará um novo mandato no Senado em situação adversa, cenário oposto ao de 2014, quando foi eleito com forte respaldo popular após cinco anos como governador do Amazonas.

Vai ser pauleira

Mesmo para o Senado Aziz não terá ida fácil.

O cenário não é simples porque ele enfrentará  dois concorrentes de peso: o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB) e o Coronel Menezes (Patriota), amigo próximo de Bolsonaro.

Tirando a máscara

David Almeida e a vacinação


O prefeito David Almeida está decidido a liberar o uso das máscaras em lugar aberto. Mas isso só quando a vacinação  atingir de 75% a 80% da população com o ciclo vacinal completo.

Ainda é cedo

No entanto, médicos aconselham  cautela e criticam a liberação das máscaras antes dos indicadores de vacinação chegarem a níveis seguros e o número de mortes ficar mais baixo do que os atuais.

Farra do Cotão

Formada por oito deputados, a bancada no Amazonas na Câmara dos Deputados R$ 120.336,51 referente à Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap). Isso apenas o mês de outubro.

Pé na jaca

Os  deputados eu mais enfiaram o pé na jaca foram Silas Câmara (Republicanos) e Sidney Leite (PSD). No ítem locação de aeronaves, Silas Câmara e Sidney Leite (PSD) gastaram R$ 39.500,00 e R$ 16.500,00 respectivamente. As viagens realizadas no mês de outubro tiveram como destino municípios do interior do Amazonas.

Apertem o cinto

Mas em que foi detonada a babita do erário? Em aluguel de aeronaves, que  representa 46,54% dos gastos, totalizando o valor de R$ 56.000,00 gastos do ‘Cotão’.

Cotão e a mamata

Até petista e evangélico

Já no item gastos totais com o ‘Cotão’, os nosso deputados que mais gastaram em outubro foram Silas Câmara (Republicanos), José Ricardo (PT) e Bosco Saraiva (Solidariedade).

Pibão

Quem garante a boa nova é a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti). O Produto Interno Bruto (PIB) do Amazonas apresentou crescimento de 2,3% e valor nominal de R$ 108,18 bilhões em 2019. Isso  contribuiu para o aumento na participação na economia nacional, saindo de 1,4% para 1,5%, na comparação com o ano anterior.

Pibão 2

Em termos de valor do PIB, o Amazonas também subiu uma posição e voltou a ocupar a 15ª colocação no ranking das 27 Unidades da Federação (UF), depois de ficar na 16ª por três anos seguidos.

ÚLTIMA HORA

Lula tem encontro com o sucessor de Ângela Merkel

O encontro de Lula com o líder alemão, Olaf Scholz, durou aproximadamente 1 hora

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta sexta-feira (12) com Olaf Scholz, líder do Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) que deve suceder Angela Merkel como chanceler da Alemanha após a legenda sair vitoriosa nas últimas eleições.   "Encerrando a passagem por Berlim com uma agradável conversa com @OlafScholz, vencedor da eleição alemã em setembro. Falamos sobre o processo que está em curso para a formação de um novo governo e sobre a importância de fortalecer a cooperação Brasil Alemanha" –, escreveu Lula.

Scholz atualmente negocia com o Partido Verde e o Partido Liberal alemão a formação do seu governo como primeiro-ministro. O encontro durou cerca de 1 hora.

ORGULHO

Lauren Ridloff deu vida à heroina Makkari

A primeira heroína surda da Marvel está fazendo tanto sucesso que alavancou a procura de pessoas para aprenderem a língua de sinais. O crescimento foi de 250% em relação ao ano passado, depois que Lauren Ridloff deu vida à heroina Makkari, que tem deficiência auditiva. Os dados são de um estudo conduzido pela Preply. Lauren Ridloff nasceu surda e vem chamando atenção para que grandes estúdios incluam representatividade de pessoas com deficiências auditivas em suas produções. Espero que isso tenha o mesmo impacto em diferentes comunidades, pessoas marginalizadas ou sub-representadas nesta indústria,” disse a atriz, em linguagem de sinais, à Variety.

VERGONHA

A justiça de Minas Gerais  condenou a 87 anos e 5 meses e 20 dias de prisão Dinamá Pereira de Resende, de 54 anos, acusado de estupro contra dezenas de crianças em Várzea da Palma, no Norte de Minas Gerais. O homem usava a fé e a religiosidade para cometer uma série de estupros de meninas por décadas na cidade. Havia três inquéritos contra o réu conhecido como "Dinamá das crianças", por causa da série de eventos infantis que ele fazia na cidade, a maioria deles religiosos. Dois inquéritos eram da Polícia Civil e um do Ministério Público de Minas Gerais. O réu era funcionário da prefeitura de Várzea da Palma, onde trabalhava como pedreiro. Durante 30 anos ele promoveu festas religiosas e atividades culturais gratuitas envolvendo crianças, tendo contato com mais de 5.000 menores.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus