BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Pazuello diz que fez “tudo por Manaus”. Então tá!


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, voltou a tentar afastar do governo federal de qualquer responsabilidades pelo colapso de saúde em Manaus (AM). Desde a semana passada, a cidade não tem oxigênio para todos os pacientes da covid-19 e até para bebês prematuros.

— Fizemos tudo o que tinha de fazer. Estamos fazendo e vamos continuar fazendo –, disse Pazuello nesta segunda-feira, 18, no Palácio do Planalto, em entrevista à imprensa.

Não é verdade. O ministro passou três dias em Manaus foi comunicado por médicos,  infectologistas e pelo próprio governador Wilson Lima  (PSC) que não havia mais estoque de oxigênio devido à explosão da demandas nas UTIs.  No entanto, o   general negou a lentidão do governo federal para oferecer ajuda na entrega de insumos como o oxigênio e, repetindo o chefe, Bolsonaro,  culpou a imprensa:

— Tudo é noticiado e apresentado diariamente. Nada disso chega desta forma a nossa população.  Essa é a nossa guerra. A guerra contra as pessoas que estão manipulando nosso país há muitos anos – completou.

Apoiou nos protestos

O general Pazuello esqueceu que o próprio presidente Jair Bolsonaro apoiou protestos feitos no Amazonas, em dezembro, que levaram o governador Wilson Lima (PSC) a desistir do fechamento do comércio.

— Sei que a vida não tem preço. Mas não precisa ficar com esse pavor todo –, disse Bolsonaro em 28 de dezembro.

E completou:

—  Vi que o povo em Manaus ignorou o decreto do governador do Amazonas!

O troco do revèillon

Menos de um mês mais tarde, as aglomerações de fim de ano são apontadas pelo próprio governo local como determinantes para a explosão de internações e mortes.

Variante amazônica

O ministro ainda afirmou que o governo estuda o impacto da variante da covid-19 que foi identificada em Manaus.

— Para descobrir o grau de contaminação, se é alto ou normal. Se causa gravidade maior. Se há impacto nas vacinas que estamos projetando ao país –, disse.

Redoma em Manaus

O ministro Pazuello também ironizou a situação dizendo que  não adianta "colocar uma redoma em Manaus", pois a variante já circula no resto do País.

Cheirinho de impeachment

O assunto "Impeachment de Bolsonaro" se tornou o mais comentado do Brasil nesta sexta-feira, 15 de janeiro, após colapso do Sistema de Saúde de Manaus, que enfrenta falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e falta de estoque de cilindros de oxigênio.

Manaus no topo

O assunto chegou ao topo dos trending topics no começo da tarde após pressão da oposição e declarações de opositores. Infelizmente, repete-se a mantra de que Manaus só é manchete quando os fatos são negativos.

Panelaço

Aliás, A crise sem precedentes no Amazonas reacendeu uma prática que se popularizou no começo da pandemia, os panelaços contra o Governo Bolsonaro.

Ultimato da juíza Jaiza

A juíza Jaiza Maria de Pinto Fraixe, da 1ª Vara Federal Cível do Amazonas, determinou na manhã desta segunda-feira, 18, que a União apresente imediatamente um plano para abastecimento da rede de saúde do Amazonas com oxigênio.

Inclusive com o transporte de cilindros de outros Estados e reativação de usinas localizadas no Estado para produção do insumo.

Chamou na responsa

Além disso, a magistrada ordenou que o governo Jair Bolsonaro “imediatamente, reconheça a relevância das medidas de isolamento social e restrição de atividades determinadas pelos governos locais no Amazonas”.

E que também forneça o suporte necessário às autoridades locais para implementação de suas decisões, inclusive mediante o envio da força nacional”.

Súplica por socorro

Em seu despacho, a Dra. Fraixe alerta que a atual situação de calamidade pública gravíssima pela qual passa o Amazonas é circunstância mais que especial para que a União passe a atuar em cooperação com o Estado do Amazonas.

— O estado suplica socorro, de modo a cumprir sua responsabilidade, sabida solidária, e proporcionar o auxílio necessário às inúmeras vidas que persistem nessa luta”, registrou a juíza no despacho.

Manaus preparada

O prefeito David Almeida (Avante) garantiu que Manaus está preparada para iniciar a imunização de sua população contra Covid-19. O prefeito afirmou que as equipes da estão prontas para entrar em ação assim que o lote enviado pelo governo federal desembarque na cidade.

Prefeito quer vacinar 48 mil profissionais da Saúde em uma semana 

50 equipes na largada

De acordo com David, a meta da Prefeitura de Manaus é vacinar os 48 mil profissionais da saúde em uma semana. Para que isso aconteça, serão distribuídas mais de 50 equipes da Semsa pela cidade para que a imunização aconteça nos locais de enfrentamento à Covid-19.

No olho do furacão

Boato ou não, circulou nesta segunda-feira, 17/10, em Manaus a notícia de boca em boca que o repórter Roberto Cabrini  ( no traço de Moidés) estaria percorrendo as UTIs dos hospitais de Manaus fazendo a captação de  dados para uma matéria “estarrecedora”.

O foto da grande reportagem de Cabrini  seria revelar os bastidores da agonia sofrida nos hospitais de Manaus,  no último fim de semana, por médicos, enfermeiros,  pacientes e familiares.

Bye, bye Manaus

Diante dos hospitais lotados e da escassez de oxigênio hospitalar por conta do aumento de casos e mortes por Covid-19, os mais ricos de Manaus estão pagando até R$ 170 mil em UTIs aéreas privadas para se tratarem em cidades como Brasília, São Paulo, Goiânia e Cuiabá.

Bala na agulha

Entre os que procuram o serviço estão aquele que têm “bala na agulha”. Isto é, funcionários públicos de alto escalão do Amazonas, profissionais liberais, empresários e até políticos. Uma das principais empresas do ramo está com todos os seus voos lotados até terça-feira.

Apertem os cintos

O empresário Marcos Pacheco é dono de uma das duas empresas locais que atuam no serviço de UTI aérea. Ele tem cinco aviões aptos a transportar pacientes para outros estados.

Ele diz que a procura nas últimas semanas tem sido muito superior à registrada no primeiro pico da doença, entre abril e maio do ano passado.

Overbookìng

Pacheco avisa aos interessados que a procura aumentou exponencialmente e não há mais vagas no voos.

— Não tem nem como comparar. A gente não está parando um minuto. Estou com fila de espera de dois dias –, afirmou.

Carteirada “real”

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) recebeu denúncias após uma influenciadora tentar invadir o Hospital 28 de Agosto, em Manaus, e agora a Polícia Civil do estado irá investigar o caso. Sanddy Brasil, a Rainha do Peladão, viralizou no fim de semana ao publicar um vídeo onde tenta entrar na unidade de saúde.

Segundo a polícia, a modelo será investigada por descumprimento do decreto que restringe a circulação de pessoas em todo o estado. A restrição é de 19h às 6h.

Sandy será investigada pela Polícia Civil 

Sua majestade barrada

A rainha do reality show Peladão a Bordo armou o maior barraco na portaria do hospital. Tentou entrar na marra e foi barrada pelo segurança, que a impediu de entrar, explicando a situação de risco da unidade de saúde.

— Eu gostaria só de mostrar a situação do hospital!

Sabe com quem tá falando?

É claro que Sanddy forçou a barra e o funcionário que exigiu a autorização do hospital.

A “peladona” não gostou:

—  Eu, como criadora de conteúdo, não posso entrar? Como “rainha” também não? E como paciente? –, ironizou.

Vivinho da silva

O deputado Serafim Corrêa (PSB) que está em fase de recuperação da Covid-19, decidiu grava uma live ontem pela manhã porque não aguenta mais “ser dado co o morto”.

— Meus amigos, circula nas redes uma FAKE NEWS informando, pasmem, do meu falecimento. Não é verdade. Fiz esse vídeo para desmentir e lamentar a quem tenha interesse em espalhar mentiras –, disse .

Deputado desmentiu os boatos sobre a morte dele 

Morto duas vezes

Na live, Sarafa registra a data da e a hora da gravação,  garantindo que está bem, na fase  final da Covid e com tudo  superado.

— Não é verdade que eu tenha falecido.  Já é a segunda vez que espalham algo sobre essa natureza. Vamos em frente! Temos muitas batalhas a serem vencidas pelo bem do meu Amazonas! – disse

A turma da Mônica

Depois que Mônica Calazans, enfermeira no Hospital Emílio Ribas em São Paulo, recebeu a primeira dose de uma vacina autorizada no Brasil irritou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e, com certeza, o presidente Jair Bolsonaro,  que, desta vez não se pronunciou no puxadinho do Alvorada.

Pernada

A  rapidez na aplicação – ocorrida minutos após a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foi considerada um “passou a perna”, na intenção do ministro  de posar de herói e  virar o pai da criança.

Quem politizou?

Pouco depois, Pazuello foi ao ar, e fez um pronunciamento duro, onde acusou o estado de São Paulo de estar buscando vantagens políticas na vacinação mais rápida.

— Senhores governadores, não permitam objetivos político-eleitoreiros se aproveitando da vacinação em seu estado. Nosso único objetivo neste momento tem de ser o de salvar mais vidas, e não de fazer propaganda própria.

Discurso demagógico

O discurso de Pazuello soou meio demagógico, afinal, quem foi que politizou a questão da vacinação, boicotou, o tempo todo a compra da vacina chinesa e desaconselhou as pessoas a não se vacinarem? O chefe dele, lato. Ninguém tem o nariz furado ao contrário, senhor ministro!

Vacinas para  AM

Conheça a distribuição de lotes da CoronaVac para cada estado da região Norte:

·         Rondônia - 33.040

·         Acre - 13.840

·         Amazonas - 69.880

·         Roraima - 10.360

·         Pará - 124.560

·         Amapá - 15.000

·         Tocantins - 29.840

Total de doses - 296.520

Ah, que inveja!

A economia da China ganhou velocidade no quarto trimestre, com o crescimento superando as expectativas ao encerrar um ano de 2020 marcado pelo coronavírus em boa forma e pronta para expandir ainda mais este ano.

Ah, que inveja 2

O Produto Interno Bruto cresceu 2,3% em 2020, mostraram dados oficiais nesta segunda-feira, tornando a China a única grande economia do mundo a evitar contração no ano passado uma vez que muitos países tiveram dificuldades para conter a pandemia de Covid-19.

Ah, que inveja 3

E a expectativa é de que a China avance à frente de seus pares este ano, com o PIB expandindo no ritmo mais forte em uma década a 8,4%, de acordo com pesquisa da Reuters.

ÚLTIMA HORA

Silencia o humor de Epaminondas

O juiz paraense Cláudio Rendeiro, que interpretava o personagem humorístico Epaminondas Gustavo, faleceu aos 55 anos nesta segunda-feira, 18, devido a complicações da covid-19. Ele estava internado desde o último dia 09. Durante o período de internação, no Hospital Geral da Unimed (HGU), o juiz foi alvo de várias especulações sobre seu quadro de saúde. Ele chegou a pedir para O Liberal.com tranquilizar os fãs, dizendo que estava bem e que, em breve, receberia alta.

Juiz da 4ª Vara do Tribunal do Juri, Cláudio Rendeir

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.