BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Onyx fala "como um miliciano ameaçando as pessoas”


Quem conhece sabe. Omar Aziz (PSD-AM) não tem papas na língua. No fia de são João, 24, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, soltou uma frase bomba:

— As declarações de  Onyx Lorenzoni soam como um miliciano ameaçando as pessoas.

O senador se referia às ameaças que o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República fez ao deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). Aliado do governo, Miranda afirmou ter levado ao presidente Jair Bolsonaro, em 20 de março, denúncia sobre suposto esquema de corrupção na compra da vacina indiana Covaxin. Em entrevista coletiva na quarta-feira, Onyx informou que Bolsonaro mandou a Polícia Federal investigar o deputado e o irmão do parlamentar, Luís Ricardo, que também participou da reunião na ocasião. O governo nega irregularidades na negociação.

Deus tá vendo

Durante uma coletiva, Onyx se dirigiu ao colega de partido afirmando que Deus estava vendo ele "mentir deslavadamente". — Vai ter que pagar, vai ter que se ver conosco –, afirmou Lorenzoni.

Cana para Onix

A CPI da Covid acusa Onyx Lorenzoni de coação e obstrução da investigação após denúncias feitas pelo deputado Luís Miranda. O relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), citou a possibilidade de pedir a prisão do ministro.

Isto é obstrução

Renan advertiu que nenhuma Comissão Parlamentar de Inquérito, em nenhum Parlamento pode ficar exposta à coação à testemunha.

—  É obstrução ao nosso dever de investigar –, disse Renan Calheiros antes do início da sessão da CPI, nesta quinta-feira (24).

“Abominável”

Calheiros  classificou a atuação de Onyx como "abominável".

— Nós vamos convocá-lo imediatamente e se ele reincidir nós vamos requisitar a prisão dele –, avisou.

Respondam depressa

Senadores bolsonaristas na CPI da Covid insistem em dizer que não existe comprovação de corrupção no contrato com a empresa indiana Bharat Biotech, da vacina Covaxin.

Então expliquem, porque o preço fechado para a compra do imunizante, de US$ 15 por dose, foi 1.000% mais alto do que o estimado pela própria fabricante, seis meses antes?.

O preço unitário da dose foi fechado em US$ 15, quando, seis meses antes, havia sido estimado em US$ 1,34.

Corte ilegal de luz

O deputado estadual Dermilson Chagas (Podemos) advertiu na Assembleia que apesar de haver uma lei aprovada pela Casa que proíbe o corte de energia dos consumidores durante a pandemia, isso não vem sendo cumprido.

— Verificamos a existência de muitas denúncias de casos em que a legislação não foi respeitada –, atacou Dermilson.

Sentir no bolso

De acordo com o deputado, o  que falta é inserir a punibilidade para que as empresas sintam no bolso o que o que consumidor sente quando elas trocam os medidores sem informar previamente o Consumidor.

— Eles quebram o piso e parede, e, no final, é o consumidor que ficam com os prejuízos –, afirmou  Chagas.

Lula recebe certidão

A defesa do ex-presidente Lula (PT) entregou, nesta quinta-feira, 24, a certidão do julgamento que confirmou a parcialidade do ex-juiz da Lava Jato de Curitiba, Sergio Moro, nos processos contra o ex-presidente petista.

Advogados entregam a Lula certidão do julgamento que confirmou a parcialidade de Moro

Passaporte pra liberdade

“Com essa extensão, que atende ao pedido que formulamos, todos os processos em que o ex-juiz Sergio Moro atuou envolvendo o ex-presidente Lula estão maculados pela nulidade irremediável – de forma que nenhum ato poderá ser reaproveitado em qualquer instância", disseram em nota os advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins.

190 urgente!

É inacreditável, mas os  servidores públicos da Secretaria de Segurança que atuam na central de emergência policial (190), ganham menos que um salário mínimo. R$ 771,54 para ser mais exato.

Salário é desumano

Em Sessão da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) expôs a reivindicação da categoria clama por reajuste no salário-base.

— Eles exercem uma das atividades mais importantes para a sociedade, enfrentam uma sobrecarga emocional, mas recebem menos de um salário-mínimo .  Isso é desumano –, ponderou Barreto.

Babita em espécie

O pessoal do 190 também reivindica a volta do pagamento em espécie do Vale Alimentação, que vem sendo feito através de cartão.

—  O pagamento do benefício em espécie foi uma conquista da categoria em 2018 –, observou Barreto.

Pra Sempre Boi Bumbá

O programa “Pra sempre boi-bumbá” estreia sábado, 26, às 15h, na TV Aleam – Leia-se Assembleia Legislativa do Amazonas. A ideia é trazer o clima do boi bumbá de Parintins para a mesma data em que a festa estaria acontecendo, não fosse a pandemia.

O “Pra sempre boi-bumbá”, que tem os jornalistas Adriano Castro e Mariana Braga na apresentação (foto).

Saudades de Parintins

Com o programa, a TV Aleam estará abrindo uma ótima oportunidade para os fãs de garantido e Caprichoso matarem um pouco de da saudade do Festival,  suspenso desde 2020.

“Lula lá” ao lado

Uma imagem divulgada no Instagram do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) viralizou.

Nela, um grupo de operários que posaram para uma foto com o presidente Jair Bolsonaro fazem um L com a mão.

A foto com os operários fazendo o L, de Lula, foi postada no Instagram do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR)

O gesto costuma ser usado por apoiadores do ex-presidente Lula e logo foi compartilhado nas redes sociais por internautas que, ironicamente, interpretaram o gesto como uma pegadinha para o presidente.

Jucurutu é Lula

A foto foi tirada durante visita de Bolsonaro ao estado do Rio Grande do Norte, nesta quinta (24), durante uma parada que ele fez na cidade de Jucurutu.

Pega a grana e vota 13

De acordo com a postagem, a agenda foi para liberação de R$ 38,2 milhões para obras da barragem de Oiticica que deve ser concluído até dezembro deste ano.

50% rejeitam Bolsonaro

Pesquisa Ipec divulgada nesta quinta-feira (24) indica que 50% dos entrevistados avaliam o governo do presidente Jair  Bolsonaro sendo ruim/péssimo. Confira os resultados completos:

Ótimo/bom — 23%

Regular — 26%

Ruim/péssimo — 50%

Não sabe/não respondeu — 1%

Ladeira abaixo

Em relação ao último levantamento feito pela Ipec em fevereiro, a rejeição a Bolsonaro (no traço de Duke)  cresceu 11 pontos percentuais, já a aprovação, caiu 5%, indo de 28% para 23%.

68% não confiam

Entre os outros questionamentos feitos no levantamento, também foi questionado aos eleitores se confiam ou não no presidente Jair Bolsonaro?”:

Confia — 30%

Não confia — 68%

Não sabe/não respondeu — 2%

A pesquisa foi feita ente os dias 17 e 21 de junho e ouviu 2002 pessoas de 141 municípios do Brasil. A margem de erro dos resultados é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos.

ÚLTIMA HORA

Bolsonaro arranca máscara de criança e equipe de segurança arranca as faixas de protesto contra o presidente

No Rio Grande do Norte, Bolsonaro arranca a máscara de um menino que carregava no colo

Em passagem pelo Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro voltou a cometer infrações sanitárias ao não respeitar o uso obrigatório de máscara e promover aglomerações. Em dado momento de seu passeio entre apoiadores, o titular do Palácio do Planalto chegou a arrancar a máscara de um menino pequeno que carregava no colo, reforçando sua obsessão em usar crianças para atos políticos e em pregar desrespeito aos protocolos contra o contágio do coronavírus. O  jornalista Lino Bocchini  conta que a população dos lugares do estado onde Bolsonaro está passeando nessa quinta protestou contra a presença do presidente com faixas e cartazes.

— As faixas que o pessoal do RN está colocando às dezenas, agora inclusive, e que a equipe de Bolsonaro vai atrás arrancando – escreveu o jornalista no Twitter.

De acordo com Bocchini, o bolsonarismo tem o RN como uma questão de honra. O estado tem a única governadora mulher do Brasil (Fátima Bezerra, do PT) e é a terra dos ministro Fabio Faria e Rogério Marinho, que disputam quem terá o apoio de Bolsonaro para se candidatar ao senado ano que vem.

ORGULHO

Humanismo na medicina: Existem poucos Dr. Eduardo por aí

O Dr. Eduardo Mattos, de Ponta Grossa, no Paraná, entrou no centro cirúrgico no último sábado (19), como sempre faz, mas, desta vez, movido pela solidariedade. O médico dispensou o pagamento da cirurgia de um bebê que nasceu com um dedo a mais no pé. A família, que fazia uma rifa para custear o procedimento, comemorou emocionada. O bebê nasceu com Polidactilia e o Dr. Eduardo ficou sabendo do caso após um amigo mostrar uma reportagem sobre a rifa. “Como eu sou especialista deste tipo de cirurgia, este colega comentou comigo”, relembra o médico.

VERGONHA

Vida de cachorro: Homem que abandonou cachorrinho da namorada na estrada, pagou na mesma moeda

Um homem foi deixado na estrada pela noiva após ter abandonado Navy, a cachorrinha de estimação da sua companheira, por ela não ser um animal de raça pura.

O então companheiro da dona de Navy foi ajudado por um amigo a levar a vira-lata até um terreno baldio e abandoná-la por lá. Contudo, a consciência do colega falou mais alto e ele revelou o acontecido para a tutora da cachorrinha. Para se vingar do companheiro, a dona de Navy o levou até uma estrada, dizendo que tinha uma surpresa para ele. O homem foi vendado, para que não percebesse que estava no mesmo local onde ele havia abandonado a cadela. A tutora da cachorrinha fez o suspeito mostrar alguns papéis para a câmera, onde ele, sem saber, confessa tudo o que fez com o animal.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.