Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Em recente Congresso, o ex-prefeito de Nova York,  Rudolph Giuliani revelou a fórmula mágica ara acabar com a criminalidade e conter a onda de violência que tomou conta dos grandes centros urbanos.

Segundo ele, todo mundo enfatiza muito o policiamento, mas isso só não basta. “O policiamento deve ser acompanhado por condenações judiciais, muito frequentemente por encarceramento e também tem que envolver uma melhoria na comunidade. Assim diminuímos em 60% os crimes em Nova”.

Manaus não é New York

Em NYC foi assim. Agora só resta saber se essa fórmula vai ser aplicada no Amazonas, que contratou o xerife americano, a peso de ouro, para devolver a paz a um povo que, antes, dormia de janelas abertas.

No Tio Sam é diferente

Na estratégia do xerife Giuliani para Nova York, ele integrou três departamentos diferentes. Um para a cidade, um para os metrôs e outro para a área residencial. Também teve que aumentar o número de policiais, implantar um programa para retirar os traficantes das ruas e tinha um programa específico para violência doméstica, que acontece principalmente com as mulheres.

Perguntar não ofende

É possível fazer tudo que xerife mandar? É, sim. Mas, o  Amazonas está preparado ou tem estrutura para adotar essas práticas?

Metrô aqui é ônibus

No caso do metrô, que não temos, o programa teria que ser adaptados aos ônibus. É neles onde ocorrem um grande de assaltos.

Aumenta o batalhão

Vamos ter como aumentar o número de policiais, já que não equipamos nem pagamos dignamente os que já temos?

X

E o policiamento nos condomínios residenciais, por exemplo, temos policiais suficiente para manter essa estratégia?

Polícia na fronteira

E como vamos tirar os traficantes das ruas se eles atuam principalmente nas quilométricas fronteiras com os países vizinhos?

O buraco é mais embaixo

Tentar resolver a questão da criminalidade com o auxílio técnico de um especialista comoRudolph Giuliani é muito bonito. Mas ele deu certo nos Estados Unidos, um país rico. No Amazonas, um estado para o qual o governo federal dá as costas, o buraco é mais embaixo.

Em nome de Deus

Parece que  agora, o pré-requisito para uma candidafura a cargo legislativo é o batismo obrigatório em uma igreja evangélica. Omar Aziz e Alfredo Nascimento já foram batizados na Assembleia de Deus.

Até ela

E até Vanessa Grazziotin, que em princípio, por ser comunista seria materialista, já recebeu sua benção na mesma Assembleia de Deus quando foi candidata a prefeitura.

Prato cheio

Os servidores da Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF) e da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) a partir de agora receberão R$ 500 reais mensais de auxílio-alimentação. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira (21).

Prato cheio 2

Já os funcionários da Secretaria de Administração Sead), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e Fundação Televisão e Rádio Cultura do Amazonas (Funtec) receberão R$ 300.

Modelito canarinho

No dia em que o Brasil venceu a Sérvia, nesta quarta-feira (27), a deputada estadual Alessandra Campêlo (MDM) foi à Aleam vestida a caráter.

X

A parlamentar, além de vestir a camisa da seleção brasileira usava um tailleur verde.

Façam o que eu digo…

Sabá Reis afirmou que o governador Amazonino Mendes (PDT) utiliza-se da máxima do “faça o que eu digo não faça o que eu faço” para se dar bem.

X

Tanto que vetou o Projeto de Lei que declara o concurso de Miss Amazonas em patrimônio cultural de natureza imaterial do Estado.

… Não façam o que eu faço

No entanto, à época em que a amazonense Mayra Dias venceu o concurso de Miss Brasil, recebeu a moça no aeroporto e “surfou” em sua popularidade.

Prometer e não cumprir…

O presidente da Aleam foi mais incisivo ao falar do governador, e chamou o chefe do Executivo de “homem sem palavra”, por não cumprir com a execução das emendas impositivas ao Orçamento do Estado.

… É pior do que mentir!

David bateu pesado. Disse que a  palavra do governador não vale nada.

“Ele fez um juramento aqui na Aleam de que cumpriria e defenderia a Constituição do Estado, mas não faz o que prometeu”, afirmou.

Se ele faz com Minas…

Se Michel Temer, o terrível, está tirando verba até das estradas de Minas Gerais, que tem grande peso político, imagine o que ele pensa da BR-319?

Imagina com o Amazonas?

A coisa é preocupante. O governo federal enviou nesta terça-feira (26) um pedido para retirar R$ 51.591.952 reais da verba destinada para a duplicação da BR-381, a chamada Rodovia da Morte, entre Belo Horizonte e Governador Valadares.

Tá nem aí!

Caso o cancelamento da verba seja confirmado no Congresso Federal, a obra, que já anda em ritmo lento, pode ser completamente paralisada, sem nenhum quilômetro duplicado entregue. Coisas do governo Temer.

EM ALTA

O Brasil está jogando na Copa da Rússia com uniforme ecologicamente correto e com alta performance esportiva. O traje usado pela seleção foi feito com garrafas PET recicladas. As camisas têm tecnologia desenvolvida pela Nike. A multinacional apostou na sustentabilidade como um dos diferenciais para confeccionar os uniformes de diversas seleções que competem na Copa do Mundo da Rússia.

EM BAIXA

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) que estava bancando uma academia de ginástica para os juízes e parentes, que iria custar aos cofres públicos mais de R$ 5 milhões. A dinheirama seria gasta em cinco anos. Por unanimidade, esse convênio foi considerado ilegal na sessão do CNJ de terça-feira.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.