BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - O novo comunista se aliançou


Os comunista estão vindo com mais de mil disputar a prefeitura de Manaus nas eleições municipais de 15 de novembro. Apesar do trocadilho, é isso mesmo. O PC do B lançou neste fim de semana o nome do advogado Marcelo Amil foi como o pré-candidato a prefeito de Manaus. A indicação aconteceu durante uma reunião do diretório estadual, que também definiu o nome de Dora Brasil para vice da chapa "puro sangue".

O novo comunista Amil (há apenas 3 meses no partido), substitui Francisco Balieiro, que havia sido anunciado como candidato dos vermelhos, mas teve que ser substituído por problemas de saúde.

Novo, mas que novo?

Marcelo Amil diz estar preparado e expressou otimismo na disputa pela prefeitura da capital.

—A busca por uma nova política esteve em alta desde sempre. O que acontece é que alguns candidatos que se apresentam como novo, são na verdade a materialização de sonhos antigos de grupos políticos que dominam a cidade e o Estado – alfineta o novo comunista.

Aval do Comandante

Amil chega ao partido com as bênçãos do comandante em chefe Eron Bezerra, presidente estadual do PCdoB no Amazonas.

— A escolha do Marcelo Amil revela o compromisso do PCdoB em oferecer aos manauaras a opção de escolher um prefeito com tradição política e sólida formação técnica –,  assina em baixo o camarada.

E com vocês, o vice

O pré-candidato a prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) deve anunciar ainda esta semana o nome de seu candidato a vice. Para isso, o ex-governador encomendou duas pesquisas, uma qualitativa e outra quantitativa.

— Já tenho o perfil da qualitativa. A quantitativa fica pronta na quinta-feira – garantiu David a D&F.

Superomero

Romero Reis, pré-candidato a prefeito de Manaus, deve ter a poção mágica para  “reconstruirá Manaus do sonhos, coisa que ninguém conseguiu até hoje".

Certo de que será eleito, o candidato da direitona garante que vai colocar Manaus entre as 10 melhores cidades para se viver e entre as 20 melhores para se fazer negócio.

Inimigo nº 1

Antes mesmo de sentar na cadeira de prefeito, Romero já sabe qual é o principal problema de Manaus.

— Nós precisamos nos tornar inimigos número 1 da burocracia. A burocracia alimenta a corrupção e é contra isso que nós devemos lutar.

Gothan City

Romero Reis eleito, Manaus deverá se transformar numa nova São Paulo, aquela que não pode parar.

—Nós queremos que os serviços públicos estejam 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano ao alcance do toque do seu dedo indicador, no seu smart phone.

O pré-candidato garante que, “quando isso acontecer, Manaus vai ser inserida entre as melhores para se viver e trabalhar”.

Soy contra

Depois da conversa de  pé de ouvido com integrantes do Coletivo Nacional dos Eletricitários, na sexta-feira (28), o senador Eduardo Braga (MDB/AM), reafirmou ser contrário ao modelo de privatização da Eletrobras proposto pelo Governo.

Explica melhor

Sendo assim, o senador do Amazonas tem que explicar o que ele quis dizer com o tema da privatização da Eletrobras  está mais "pacificado" no governo. A declaração foi dada ao “Valor Econômico”, na edição de terça-feira passada, 25 de agosto.

Relator, eu?

Braga também andou declarando que já pôs fim aos boatos de que assumiria a relatoria de um projeto de capitalização (aumento de capital) da estatal. Mas o Valor  garantiu que Eduardo é o mais cotado para assumir a relatoria do projeto de lei que autoriza a privatização da Eletrobras.

Nadica de nada

Eduardo Braga garantiu que até agora, “não existe nada de concreto de nada".

— Ninguém conversou comigo sobre privatização. E não existe projeto de capitalização no Senado. Logo, não tem como indicar relator.

Teretetê com Guedes

Agora veja o que o Valor diz na matéria do dia 25 de agosto.

“Ele (Eduardo)  se reuniu com os ministros da Economia, Paulo Guedes, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, com quem conversou sobre o assunto. Segundo o parlamentar, a proposta começou a ganhar uma "solução" de algumas semanas para cá.

— O Paulo [Guedes] conhece minhas ideias [para o projeto], quase todas elas. O Ministério de Minas e Energia (MME) também conhece. Acho que hoje esta é uma matéria bem mais pacificada a nível de MME e Ministério da Economia, mas isso é só uma parte. Tem outros players [na discussão] –, disse Braga ao jornal.

Meio confuso

Com toda essa confusão toda, fica difícil compreender o que o senador – que já foi ministro das Minas e Energia e sabe tudo sobre Eletrobras –, pensa sobre o tema  privatização da estatal.

Tá sobrando

A sobra do orçamento do Senado Federal em 2020 deverá ser  destinada ao Sistema Único de Saúde (SUS). É o que dispõe o projeto do  senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O parlamentar pede que a direção da Casa apure o total economizado e destine rapidamente esses recursos ao SUS.

Jair de Ogum

Morreu nesta segunda-feira, dia 31, Jair de Ogum, de insuficiência pulmonar. O pai de santo, que estava internado no Hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, ficou conhecido por atender famosos e por ter participado durante 12 anos da programação da Rádio Globo, no Rio de Janeiro. O babalorixá atuava há quase 60 anos.

Os búzios

Em 1988, Jair de Ogun  visitou Manaus a convite da então juíza classista Petit Araújo. Em um jogo de búzios a um jornalista, leu que uma mulher se tornaria a mais importante empresária de comunicação do Amazonas. Com a morte de Umberto Calderaro, em 1995, sua filha Cristina Calderaro assumiu  controle da rede Calderaro de Comunicação.

Inspirou o Candiru

Foi Jair de Ogum que inspirou o personagem Jaú de Manô, criado pelo cartunista Mário Adolfo para o semanário de humor Candiru, “o jornal de maior penetração”. Mas, diferente de Jair, não jogava búzios.

Lia o futuro nas escamas de jaraqui e só fazia previsões óbvias, tipo: “Herbet Amazonas será candidato na próxima eleição”, “Roberto Carlos deve lançar um LP em dezembro”, ou “Urna emprenhada no interior vai eleger candidato”.

Queda nos gastos

Segundo Randolfe, as suspensão das reuniões da comissões juntamente com as votações virtuais apresentaram “queda” nos gastos do Senado, como por exemplo, o de passagens aéreas.

Manda pro SUS

Randolfe está certo. Senão vejamos:

O valor destinado à aquisição de passagens aéreas no âmbito do Senado varia de R$ 6.045,20 a R$ 29.276,60 (Verba de Transporte Aéreo), com um acréscimo de R$ 15.000,00 (verba indenizatória). Estes valores compõem a chamada ‘Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar’.

— A redução no número de passagens aéreas – por conta da pandemia –, ensejará uma sobra orçamentária considerável em 2020, merecendo sua imediata aplicação no SUS –, justifica o senador em seu projeto.

Dá-lhe, Francisco!

Em vídeo publicado nas redes sócias nesta segunda-feira (31), o papa Francisco acusou as empresas multinacionais de agredirem o meio ambiente em países com pouca regulação onde mantêm operações.

— Multinacionais fazem fora de seus países o que elas não têm permissão para fazer nos seus.  É ultrajante –, detonou  o papa.

Laranja

A mensagem publicada por Francisco era uma oração para que  “todos os recursos do planeta não sejam saqueados, mas partilhados de forma justa e respeitosa”.

— Estamos espremendo os bens do planeta, espremendo-os como se fossem uma laranja –, alerta o religioso no início da oração.

Perguntar não ofende

Laranja? Será Sua Santidade estaria mandando uma “indireta santa” para o Brasil?

Lá vem o lobo

A cédula de R$ 200 começará a circular na próxima quarta-feira, quando será lançada oficialmente pelo Banco Central ( BC ) . A nota, que terá a imagem do lobo-guará , será a cédula de maior valor do Real. Serão 450 milhões de unidades da nova cédula que devem entrar aos poucos em circulação, dependendo da demanda da população.

ÚLTIMA HORA

Mais de cinco anos após o atentado que dizimou sua redação, o semanário satírico francês, Charlie Hebdo ,  continua a se apresentar como um baluarte da liberdade de expressão e mantém intacto seu tom provocativo, embora seus objetos de ironia estejam mudando. Em 7 de janeiro de 2015, os irmãos jihadistas Said e Chérif Kouachi invadiram a sede do Charlie Hebdo em Paris e mataram 12 de seus colaboradores, incluindo os renomados cartunistas Cabu, Charb, Honoré, Tignous e Wolinski. Os três autores destes ataques que marcaram profundamente os franceses estão mortos, mas a justiça francesa tenta fazer pagar as pessoas que lhes teriam prestado apoio logístico em diferentes graus. Por causa do coronavírus, o julgamento foi adiado para  10 de novembro e pela primeira vez um julgamento por terrorismo terá as audiências filmadas, em vista do interesse público.

Quanto às vendas, o ataque reverteu um período financeiramente difícil. Dos cerca de 20 mil exemplares semanais vendidos nas bancas e 10 mil assinantes, o Charlie Hebdo, que vive sem publicidade ou subsídios, se beneficiou de uma onda de solidariedade que o levou a adicionar 240 mil assinantes em fevereiro de 2015. Posteriormente, os números se estabilizaram e atualmente cerca de 25 mil cópias são vendidas a cada semana, além de cerca de 30 mil assinaturas.

ORGULHO

A Nasa designou, na última terça-feira, 25, a astronauta Jeanette Epps para a Boeing Starliner-1, missão de seis meses prevista para 2021. Jeanette Epps será a primeira astronauta preta a participar de uma das mais longas missões na Estação Espacial Internacional, ISS. Antes dela, seis astronautas afro-americanos chegaram a visitar a estação – inclusive Stephanie Wilson, a primeira mulher preta a ir ao local –, mas não a longo prazo. A astronauta é formada em física pela Faculdade LeMoyne da Universidade de Syracuse, no estado de Nova York. Ela tem mestrado em ciências e doutorado em engenharia aeroespacial, ambos pela Universidade de Maryland..

VERGONHA

Em meio a discussões sobre a desejada vacina contra a covid-19, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, nomeou o veterinário Lauricio Monteiro Cruz para exercer o cargo de diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis (DEIDT) da Secretaria de Vigilância em Saúde. O ato foi publicado nesta segunda feira (31/8) no Diário Oficial da União (DOU). O departamento, que Laurício comandará, é responsável pelo Programa Nacional de Imunização e terá papel fundamental na distribuição da vacina contra o novo coronavírus.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.