BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - O “Minha Casa Minha Vida” de Flávio Bolsonaro


Enquanto o Brasil amarga a marca de 250 mil mortos em plena pandemia,  o desemprego, a fome, a miséria e a quebradeira de empresas  um novo escândalo do clã Bolsonaro estarrece o país. Denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e sua mulher, a dentista Fernanda Antunes Bolsonaro, compraram por cerca de R$ 6 milhões uma mansão em Brasília. Flávio Bolsonaro adquiriu a mansão por meio de um financiamento no Banco de Brasília. O senador conseguiu uma taxa de juros de 4,85% ao ano, por 30 anos. O jornal Estado de S. Paulo calcula que o valor mensal das parcelas será de R$ 16.162,50 – sem contar os seguros e as taxas.

Isto é um escândalo porque o salário bruto de um senador é de R$ 33.763, que, após descontos, cai para R$ 24,9 mil. E loja de chocolate não vende tanto assim.

Lar doce lar

Flávio e a mulher vivem sob o regime da comunhão parcial de bens. Conforme registrado no 1.º Ofício de Registro de Imóveis do Distrito Federal, em 2 de fevereiro, o imóvel foi comprado por R$ 5,97 milhões.

Enriqueceu rapidinho

O valor do novo imóvel é mais que o triplo do total de bens declarados por Flávio à Justiça Eleitoral em 2018, quando disputou uma vaga no Senado. Naquela ocasião, Flávio declarou um total de bens de R$ 1,74 milhão.

E tome chocolate

Isso incluindo um apartamento residencial na Barra da Tijuca, no Rio (R$ 917  mil); uma sala comercial no mesmo bairro (R$ 150 mil); 50% de participação da empresa Bolsotini Chocolates (uma franquia da Kopenhagen, de R$ 50 mil); um veículo Volvo XC (R$ 66,5 mil) e aplicações e investimentos que somavam R$ 558,2 mil.

A nova mansão do filho do presidente custou R$ 6 milhões e tem tem 1,1 mil m², com quatro suítes, academia, piscina e spa com aquecimento solar.

Tem até spa

A nova casa do filho do presidente Jair Bolsonaro fica localizada no setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul, bairro nobre da capital federal, e foi vendida em anúncio como “a melhor vista de Brasília da suíte master”. A casa tem 1,1 mil m², com quatro suítes, academia, piscina e spa com aquecimento solar.

Coisas do  Brasil

A pensar que o ex-presidente Lula ficou 580  dias preso por causa de um apartamento que valia três vezes menos e nem dele era.

Não vai dar praia

A praia da Ponta Negra permanecerá interditada até o dia  15 de março. A determinação é do prefeito David Almeida (Avante) através do Decreto nº 5.209, publicado nesta segunda-feira, 1º/3, no Diário Oficial do Município (DOM).

Praia segue interditada até o dia 15

Não é hora

David avalia que  não é momento de abrir a praia e  lembrou que todos os dias famílias têm vidas ceifadas por esse “vírus tão perigoso”.

— Temos tomado todas as medidas restritivas que nos cabem para conter o avanço da pandemia em Manaus, enquanto avançamos na vacinação dos grupos prioritários –, comentou o prefeito.

Nem revèillon

A Ponta Negra está fechada desde o dia 18 de setembro de 2020, quando o número de casos da doença voltou a aumentar na capital. E assim  permaneceu tanto no aniversário de Manaus, 24 de outubro, quanto nas festividades de final de ano, Natal e Ano Novo.

Gasolina e gás nas alturas

O quarto reajuste no preço dos combustíveis, apenas em 2021, levou o deputado Wilker Barreto (Podemos) a criar um indicativo para o Governo do Amazonas pedindo que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) seja desonerado por dois meses.

Faça o mesmo

Na visão de Barreto, isso teria que ser feito  no mesmo molde que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desonerou o PIS/Cofins (tributos federais) dos combustíveis. A medida visa frear o aumento da gasolina, óleo diesel, etanol, bem como gás de cozinha.

Mata pobre

De acordo com o parlamentar, a  população agora paga uma faixa de R$ 5,25 (capital) e, em alguns municípios do interior o valor do litro gira em torno de R$ 7,25.

— Os aumentos beneficiam o Estado e prejudicam a classe mais

humilde. Combustível e energia matam mais o pobre, não é o rico não. A classe média para baixo é que sente no bolso – vutucou Wilker,

Fronteira do medo

O presidente da Assembleia Legislativa (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), solicitou ao Governo do Estado, por meio do Ofício n° 137/2021, o aumento de efetivo das polícias Civil e Militar para Tabatinga, município situado na tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru.

Faixa de Gaza

Cidade avalia que, por ser uma área de fronteira, o número reduzido de agentes de segurança tem refletido negativamente no combate à criminalidade.

Ele também chama a atenção para  a instabilidade e a insegurança frente ao aumento da violência na cidade.

— O local não tem efetivo suficiente para combater a criminalidade. Os criminosos estão entrando nas casas das pessoas, torturando e assassinando na frente da família, como aconteceu com um ex-vereador do município, que teve sua vida ceifada na frente da esposa –, argumentou Cidade.

Repúdio a Bolsonaro

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) repudiou, na manhã desta terça-feira (2), a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em divulgar repasses distorcidos da pandemia e jogar a responsabilidade no colo dos  governadores dos Estados.

— O presidente da República, ao invés de coordenar e facilitar as ações, tem comprado briga com os 27 governadores e disparado notícias que são inverídicas”, disse.

Mintchura

Jair afirmou que transferiu R$ 18,5 bilhões ao Amazonas e que parte desses recursos foi para o combate à pandemia no Estado, quando, na verdade, as transferências obrigatórias para Educação, auxílio emergencial e outros, por exemplo, não ultrapassaram R$ 9 bilhões.

—  O que foi transferido para o Amazonas, todas as transferências, não chegam a R$ 9 bilhões. Aqui, o governo arrecadou R$ 21 bilhões. Ele levou R$ 12 bilhões –, explicou Sarafa.

ORGULHO

Deu no SóNoticiasBoas: A professora aposentada Marisa Cavanna, surpreendeu vizinhos e toda a cidade de Gênova, na Itália. Ela deixou 25 milhões de euros (cerca de R$ 165 milhões) de herança a várias organizações e instituições de caridade, incluindo dois dos principais hospitais de sua cidade. Marisa era considerada uma pessoa muito reservada. Ela faleceu no final do ano passado, aos 96 anos e, segundo vizinhos, “ela era de fazer e não falar”. A idosa tinha planejado que 16 organizações receberiam a soma de 25 milhões de euros diretamente de seu espólio, cuja origem é desconhecida, embora se acredite que venha de sua família. O patrimônio total da aposentada era de 40 milhões de euros.

VERGONHA

Mulher do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), a advogada Paola Daniel publicou um vídeo nesta terça-feira justificando o recebimento de auxílio emergencial mesmo ocupando cargo comissionado no Jardim Botânico, órgão federal. Paola alega que cancelar o benefício era "muito burocrático" e " bem complicadinho" e afirma que só soube da existência de dois depósitos de R$ 300 em sua conta após ser procurada pela reportagem do GLOBO.

— Descobriram que recebi o auxílio emergencial. Então veio aquele alvoroço. Realmente solicitei o auxilio emergencial, mas isso foi assim que saiu. Àquela época eu não morava com o Daniel. Não sou dependente dele. Eu tenho a minha dependência financeira, mas assim como muitos enfrentei dificuldades na minha área. Preenchi todos os requisitos para solicitar o benefício. Um tempo depois de solicitar o beneficio, soube que seria nomeada. Comecei a pesquisas sobre cancelamento do auxílio. Pesquisei e vi que o cancelamento era muito burocrático e, isso, se possível. Era bem complicadinho –, justificou.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.