Calendário

junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Dito & Feito – O fim melancólico do Tropical Hotel

Manaus viveu uma das páginas mais triste de sua história, ao presenciar o encerramento das atividades do Tropical Hotel, que chegou a ostentar o sofisticado título de  o maior complexo turístico-hoteleiro da América do Sul e um dos maiores do mundo”. O Tropical foi inaugurado pela Varigno dia 25 de março de 1976,com a presença do presidente d República, general Ernesto Geisel.  Foram 43 anos de história e glamour, hospedando presidentes, reis, rainhas, príncipes, primeiros-ministros, empresários musicalmente famosos e estrela de cinema e da música.  Mergulhado num mar de dívidas – só a de fornecimento energia elétrica chega a R$ 20 milhões –, o jeito foi cerrar a portas de forma melancólica.

Último a sair

A crise é tamanha que não deu nem para repetir a histórica frase: “ o último a sair apague a luz”, porque a luz já estava cortada.   

Sombras e silêncio

Ontem, somente as sombras e o silêncio cobriam os corredores do Hotel. Boa parte dos funcionários foi demitida. Apenas um número reduzido de colaboradores estão trabalhando assim em regime de plantão.

Hotel fantasma

O repórter Charles Fernandes, que esteve lá, narrou o quadro desolador que encontrou no Tropical. “Não tem hóspede nenhum. Está sem nenhum hóspede. Os 611 apartamentos, nenhum está ocupado. Tropical a partir de agora só para visitação, até segunda ordem.”

10 anos devendo

Numa tentativa para salvar o bom e velho Tropical, seus diretores tentaram negociar a dívida com a Amazonas Energia. Mas não deu. Há 10 a companhia vinha dando prazo para o hotel quitar o rombo. Mas perdeu a paciência e está irredutível.

Brincadeira racista

A caminho de Dallas, no Texas (Estados Unidos), para receber homenagem da Câmara de Comércio Brasil-EUA, o presidente Jair Bolsonaro fez uma brincadeira racista com 1 admirador de feições orientais que pediu uma foto no Aeroporto de Manaus, no Amazonas.

 “Tudo pequenino!”

Ao se aproximar do presidente, o estrangeiro brincou e disse:

— Brasil, gostoso!

 Como resposta, Bolsonaro fala:

— Opa, opa! –, se afasta e, em seguida, faz 1 gesto alusivo com as mãos e diz:

— Tudo pequenininho aí ?.

E tome Twitter

O vídeo da passagem no aeroporto de Manaus foi divulgado pelo filho do presidente e deputado federal Eduardo Bolsonaro via Twitter. Mas a parte em que a brincadeira é feita com o asiático não aparece.

Entre o céu…

A popularização repentina do deputado federal Marcelo Ramos (PR-AM), que é o presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, tem seus ônus e bônus.

… e o inferno!

Se por um lado ele tem aparecido de forma espontânea e constante na mídia, a fiscalização em torno de sua atuação aumenta.

Rejeição

Isso pode ser medido pela última pesquisa de intenções de voto para prefeitura de Manaus, da iMarketing Pesquisa.Entre os políticos com maior visibilidade na atualidade, Ramos aparece com a maior rejeição: 14,5%.

É com esse que eu vou!

A mesma pesquisa diz que se ele for candidato ao Executivo Municipal, tem a preferência de 8,8% dos eleitores. Isso daria  algo em torno de 106 mil votos.

David na pole

Se na última pesquisa, do Instituto Projeta, David Almeida (PSB) e José Ricardo (PT) apareciam empatados tecnicamente, desta vez, o socialista voltou à dianteira. No melhor cenário apurado, Almeida aparece com 28,7% das intenções de votos contra 18,7% do petista.

Ele não

Num outro cenário, com nomes de políticos com menos chances de se candidatarem, o campeão de rejeição é o ex-prefeito Alfredo Nascimento, do mesmo PR de Marcelo Ramos. Dos 1,5 mil entrevistados, 21,7% responderam que não votariam no “homem das Palmeiras”.

Era só uma “ola”

Pelo que mostra a pesquisa iMarketing, parece que o eleitor se desencantou com a onda do “novo” e andam ressabiados com políticos iniciantes na carreira pública. Dos entrevistados, 48,6% disseram preferir “candidatos com experiência” e 40,55 desejam um “candidato novo”.

Fala povo

A pesquisa da iMarketing entrevistou, de segunda a quarta-feira desta semana, 1,5 mil eleitores das seis zonas geográficas de Manaus. A margem de erro é de 2,5%, para mais ou para menos, com um grau de confiabilidade de 95%.

Weintraub falou…

O deputado federal Sidney Leite (PSD-AM) chamou de discurso ideológico as explicações dadas pelo ministro da educação, Abraham Weintraub, na útlima quarta-feira (15) na Câmara dos Deputados.

… mas não disse!

Ele foi convocado pelo parlamento para explicar os cortes do governo federal na educação básica, superior e técnico. Mas nada explicou.

Tese mentirosa

Leite disse que a retórica apreendida de que não existe corte, e sim contingenciamento, é mentirosa. “Essa é uma tese mentirosa, seu discurso é cheio de contradição.”

Deixe de  trololó!

 Leite aponta que o trololó de Abraham Weintraub não convence. “Não é contingenciamento, mas, sim, bloqueio do orçamento, que é diferente de contingenciar. Ou seja, as instituições de ensino não podem contar com esses recursos para nada porque foram bloqueados”, criticou.

Podres poderes

O escritor Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, registrou uma queixa-crime contra Caetano Veloso após um artigo publicado pelo músico na Folha de S.Paulo. O documento pede que Caetano responda pelos crimes de calúnia, difamação e injúria.

Boca suja

O advogado de Olavo, Francisco Carlos Cabrera, que assina a petição, refere-se ao músico como “canalha”, “delinquente travestido de colunista”. E diz que Caetano alega ter sido exilado (durante a ditadura), “mas nunca mostrou um documento”.

EM ALTA

Depois de perceber a contaminação de resíduos plásticos no Rio da Prata, na Argentina, Malcolm Rendle criou a Bond Eyewear, uma marca de óculos feitos inteiramente de plástico reciclado.Eles são produzidos com o lixo recolhido durante a maré baixa, onde o o plástico pode ser visto na beira da praia.

EM BAIXA

O Brasil continua regredindo no setor de Saúde.  Não bastasse o número de doenças que tinham sido dadas como superadas e  estão retornando –, acaba de ser descoberto um novo vírus: O Mayaro,  uma espécie de ‘primo’ da chikungunya, que  e provoca as mesmas reações nos pacientes: febres e intensas dores musculares e articulares que podem se se prolongar por muitos meses. 

Deixe uma resposta