Calendário

março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Dito & Feito – O celular a serviço do crime

Desde o início de 2019, o Ceará sofre ataques de facções criminosas.E o comando para esses ataques têm saído de dentro dos presídios, via celular. Todo mundo sabe disso, mas até hoje os aparelhos continuam entrando livremente nos presídios, seja no Ceará, Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo e outras capitais do país.

No entanto, existem políticas destinadas a combater a atuação desses grupos. Só que continuam no discurso. Exemplo disso são os projetos votados pelo Senado em 2018 eu tem como foco combater o crime organizado dentro dos presídios. Espera-se que em 2019 eles consiga tramitar.

Bloqueador de celular

Entre esses projetos está o que destina recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para a instalação de bloqueadores de celulares em penitenciárias (PLS 285/2017), de autoria do senador Lasier Martins (PSD-RS).

Todos os presídios

Outra proposta, do senador Eunício Oliveira (MDB-CE), estabelece um prazo de seis meses para a instalação dos equipamentos em presídios de todo o país (PLS 32/2018).

Passou no senado

As duas propostas já foram aprovadas no Senado e seguiram para análise da Câmara dos Deputados.

Jogo pesado

A eleição para a presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) está fervendo os bastidores da política local. De um lado, a velha raposa Belarmino Lins (PP) e do outro Josué Neto (PSD).

X

Ambos já foram presidente do poder legislativo e estão com saudade da cadeira de comandante.Belão presidiu a Aleam três vezes e Neto, quatro.

Cobra criada

Calado até o início da semana, Belão respondeu a Josué – que afirma contar com 17 votos para se eleger – com uma cutucada nível “hard”.“Não gosto de exagerados espetáculos midiáticos. Trabalho, converso, dialogo, proponho e convenço com argumentações lógicas”, afirmou.

Cavalo paraguaio? Jamais!

Belão afirma que enquanto o adversário fala, ele trabalha e chamou, nas entrelinhas, Josué de cavalo paraguaio.“Nunca fui Cavalo Paraguaio na vida”, disse.

Fake News

Correligionário de Belão, o também deputado estadual Dermilson Chagas (PP) insinuou, por meio de nota enviada à imprensa, que Josué Neto propaga Fake News nas redes sociais sobre o pleito.

Dedo na ferida

Chagas afirma, inclusive, que conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) estão pressionando os parlamentares a votarem em Josué Neto.

X

Vale lembrar que o pai de Neto, Josué Filho, é conselheiro do TCE-AM.

Base americana  

O anúncio que o governo Bolsonaro estava disposto a autorizar a instalação de uma base militar norte-americana em território brasileiro disparou como um rastilho.

Presidente confirmou

Bolsonaro sinalizou na semana passada, em entrevista ao SBT, a possibilidade de instalação de uma base dos EUA no Brasil.

Generais reagiram

Uma alta fonte militar disse à “Reuters” que as Forças Armadas são contra essa ideia.De pronto, generais da cúpula das Forças Armadas se posicionaram contra.

Mudou de ideia

A pressão foi tão grande que fez o presidente Jair Bolsonaro recuar. O recado foi passado pelo ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva.

X

Bolsonaro teria desistido da ideia, depois da repercussão negativa entre a cúpula militar da ideia levantada pelo presidente.

Petróleo no Amazonas

O  Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) negou  sexta-feira (7) à francesa Total a licença ambiental para explorar petróleo na foz do rio Amazonas, alegando “problemas técnicos” no plano apresentado pela companhia.

Total vetada

“A licença ambiental para a Atividade de Perfuração Marítima nos Blocos FZA-M-57, 86, 88, 125 e 127 da Foz do Amazonas foi indeferida nesta sexta-feira (07/12), em razão de um conjunto de problemas técnicos identificados ao longo do processo de licenciamento”, anunciou o Ibama. 

Pagamento garantido

Já está disponível para consulta o calendário de pagamento dos servidores da Prefeitura de Manaus para o exercício de 2019.Para conferir, basta acessar a edição desta segunda-feira, 7/1, do Diário Oficial do Município (DOM).

X

A informação é da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), gestora de recursos humanos do município.

Austeridade fiscal

De acordo com o secretário municipal de Administração, Planejamento e Gestão, Lucas Bandiera, a divulgação parte do princípio da transparência característico da gestão Arthur Virgílio Neto.

X

“A austeridade da gestão fiscal do município tem permitido manter o pagamento em dia, sem atrasos, e às vezes até antecipado”, disse Bandiera.

Juros para pobre

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, causou o maior rebuliço. Ele afirmou na segunda-feira (7) que os juros do crédito habitacional para classe média serão de mercado.

X

E que as taxas não subirão no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) para “quem é pobre”. 

Aí depende

Questionado se os custos do financiamento à casa própria serão elevados, ele respondeu que “depende”.“Juro não vai subir para Minha Casa Minha Vida…Juro de MCMC é para quem é pobre”, afirmou Guimarães.

Vai no Santander

Pedro Guimarães disse ainda que, quem é classe média tem que pagar mais.“Ou vai buscar no Santander, no Bradesco, no Itaú. Na Caixa, vai pagar juros maior que MCMV, certamente, e vai ser juros de mercado”, disse.

Morre Vídeo Show

No ar há 35 anos, o programa ‘Video Show’, vespertino da TV Globo, chegará ao fim na próxima sexta-feira, 11. A novidade na programação foi anunciada pela emissora nesta terça-feira, 8.

Audiência desabou

Por conta da queda histórica na audiência, o sinal vermelho para o fim da atração já estava ligado. Ainda havia uma esperança de sobrevida, quando a direção convocou vária reuniões tentando salvar o programa. Mas não deu.

EM ALTA

São Paulo ganhou uma loja “lixo zero”, ou seja, sem plásticos, nem nas embalagens, nem nos produtos. A Mapeei – Uma Vida sem Plástico – é a primeira do gênero no Brasil e promete ajudar pessoas a terem um estilo de vida mais sustentável, sem desperdício e sem descartar plástico em aterros sanitários, ou nos oceanos.

EM BAIXA

As filhas e a mulher do ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e policial militar Fabrício Queiroz, comunicaram que não compareceriam ao depoimento previsto para ocorrer no Ministério Público do Rio Janeiro. E isso está virando piada. De acordo com o relatório do Coaf, revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo, o então assessor movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e o mesmo mês de 2017.

Deixe uma resposta