BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Novo pré sal da Amazônia - Petrobras estima que exploração


Os avanços da Petrobras estão cada vez maiores, e nos próximos anos a companhia nacional poderá contar com a exploração em bacias do estado do Pará, segundo pesquisadores.

Eles estimam que 8 bacias sedimentares no Estado possam trazer uma produção de mais de 20 bilhões de barris de petróleo. A costa do estado do Pará está inserida na área conhecida como Margem Equatorial, que compreende 5 bacias sedimentares principais: Pará-Maranhão, Amapá Águas Profundas, na Foz do Rio Amazonas, Ceará, Barreirinhas e Potiguar, todas com potencial para exploração até 3 mil metros de profundidade. Os professores e  pesquisadores Allan Kardec Dualibe Barros Filho, Ronaldo Gomes Carmona e o consultor de exploração em petróleo Pedro Victor Zálan apontam para um cenário muito otimista. Eles afirmam que a bacia do Pará-Maranhão é a mais promissora da região, recebendo o nome de “novo pré-sal” por ter uma vasta reserva de petróleo, com alto potencial para exploração e recuperação.

Norte vai bombar

Ainda segundo esses pesquisadores, é estimada uma produção entre 20 a 30 bilhões de barris, metade do que já foi explorado no Pré-Sal até os dias de hoje. Essa grande descoberta vai contribuir para o maior desenvolvimento econômico da região. Isso vai  beneficiar, principalmente,  estados como Amapá, Pará e Maranhão, colocando o norte como uma região de destaque no Brasil.

Xenofobia

No desespero por continua em segunda posição nas pesquisas de intenção de votos, o presidente Jair Bolsonaro vem agredindo Lula de todas as formas, usando para isso até expressões xenófobas, uma de suas especialidades. Dessa vez, o  ex-capitão apelidou o ex-presidente Lula de “nine”, o imitou com as mãos, baixando um dedo mindinho e disse que, caso o PT volte ao poder, o país levará 50 anos para se recuperar.

Uma granada resolve

Jair Bolsonaro

Também não falta ameaças de violência com armas e de goles para interromper o processo democrático. Jair  disse que agora tá todo mundo reunido ao lado do 'nine' [referência a Lula] para organizar a campanha do petista.

Segundo ele, a vantagem nisso tudo é  que, “tudo que não presta tá se juntando", afirmou.

— Igual Paulo Guedes, em 2018, quando juntou aquele montão de candidatos, e eu falei: 'É bom que um tiro só mata todo mundo ou uma granadinha só mata todo mundo –", disse.

Respeito às prévias

Arthur Virgílio  é um dos poucos políticos do  PSDB que defende o respeito ao resultado das prévias que elegeram João Doria como pré-candidato do partido à Presidência.

Judicialização, não!

No entanto, na terça-feira (17), em entrevista à CNN,  ele disse contrário ao ingresso, na Justiça, para resolver a questão interna do PSDB.

— Tenho esperanças de que as pessoas percebam que o pior que pode acontecer para o PSDB é o aprofundamento da crise.

O nó é político

A hipótese de “judicializar” o tema, recorrendo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi levantada por aliados de Doria caso o partido desista do nome do ex-governador de São Paulo

—  Eu sou contra a judicialização, seja de que lado for, de quem for. Ela não vai resolver um problema que é político –, disse o candidato ao senado.

Lugar de lixo

Projeto de Lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cidade (UB), torna obrigatória a coleta seletiva de lixo em empresas de grande porte, condomínios residenciais e industriais, além de repartições públicas. O descumprimento da Lei ocasionará ao infrator multa no valor de 300 Unidades Fiscais de Referência (UFIR).

Nada se perde

Cidade explica que a intenção é, além de criar oportunidade de parcerias com cooperativas de catadores de lixo, abrindo novas oportunidades de emprego.

Além de combater a poluição do meio ambiente e enviar os resíduos para empresas especializadas em reciclagem.

Gasolina adulterada

A quantidade máxima de etanol permitida na gasolina é de 27%, mas tem muito posto em Manaus que não obedece à regra.

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) suspeita que alguns    posto de combustíveis – não se pode generalizar –, no pais inteiro,  estejam adulterando o dispositivo para cometer a fraude.

Procon neles!

Para resolver isso e saber quem são os tubarões que comprometem o motores dos veículos e prejudicam os donos de postos que trabalham de forma correta, só uma rígida fiscalização do Procon estadual em conjunto com representante regional da ANP.

ÚLTIMA HORA

Professora recebe “ordem” em Hospital do Exército para tirar adesivo de apoio a Lula de seu carro

A professora da Universidade Estadual do Ceará (UECE) Daniele Bezerra recebeu uma "ordem" do comando do Hospital Geral do Exército de Fortaleza (CE) para, da próxima vez que for à unidade de saúde, ir sem o adesivo em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) colocado no vidro traseiro de seu carro. A professora afirmou ter respondido ao militar, afirmando que não tiraria o adesivo. Também pediu que ele pedisse ao seu comando para tomar "conta do que verdadeiramente tem que tomar em vez de ficar atrás de adesivo do carro dos outros".

ORGULHO

A nova cirurgia de catarata

Um novo tratamento pode abrir caminho para que a catarata seja tratada com medicamentos em vez da cirurgia atualmente necessária, de acordo com um novo experimento. Uma equipe de cientistas internacionais, liderada pela professora Barbara Pierscionek da Universidade Anglia Ruskin (ARU), vem realizando testes avançados em um composto usado como medicamento anti-catarata. O medicamento – conhecido pela comunidade científica como composto de oxisterol VP1-001 – restaurou o foco de praticamente metade dos ratos de laboratório em que foi testado. Os resultados foram publicados na revista Investigative Ophthalmology and Visual Science.

VERGONHA

Damares Alves

A ex-ministra Damares Alves (Republicanos) minimizou, nesta quinta-feira (5/5), a morte e estupro da menina yanomami. O caso está sendo investigado em Roraima. Para a ex-ministra da Mulher e Direitos Humanos, “infelizmente, esse não é um caso isolado”.

—  Esse caso traz a questão do garimpo, mas quero lembrar que os garimpos estão em terras indígenas há mais de 70 anos, de forma irregular, e são muitas as violências. Esse caso dessa menina causou essa repercussão toda, e isso é muito bom porque a gente ainda vai conversar muito sobre violência sexual contra crianças indígenas. A ministra tenta livrar os garimpeiros, porque sabe que eles têm o apoio do presidente Jair Bolsonaro para  invadir terras indígenas.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.