BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito: NIKE ENTRA DE SOLA NA PRESERVAÇÃO – Vai plantar 400 mil árvores na Amazônia


A parceria que a Nike firmou com a SOS Amazônia, Onçafari e Instituto Esporte e Educação (IEE) prevê que, até 2025, seja restaurada uma área de 200 hectares no Acre por meio do plantio de 400 mil árvores nativas. Isso equivale a 200 campos de futebol. A ideia da empresa é a preservação ambiental por meio do cuidado com as onças, o incentivo ao esporte e o plantio de árvores em áreas degradas. Tudo com foco na Amazônia.

A escolha do local não foi acaso. O maior bioma brasileiro que concentra a maior floresta tropical do mundo tem sofrido diversos impactos negativos. Em junho deste ano, a floresta perdeu uma área do tamanho da cidade do Rio de Janeiro de mata por desmatamento, 1.120 km² segundo o programa de monitoramento do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Onça em pé

Da mesma forma que uma árvore em pé vale mais que uma árvore derrubada, uma onça viva gera mais recurso para a comunidade local do que uma onça morta.

Nicolau tem a força

Solidariedade: Ricardo Nicolau com o apoio de Paulinho da Força e Bosco Saraiva

Candidato ao governo do Estado, o deputado Ricardo Nicolau se prepara para dar a largada.

O partido Solidariedade confirmou para o dia 30 de julho a convenção que vai oficializar sua candidatura.

Sem conchavos

Com mais de 30 anos de experiência na iniciativa privada, Nicolau disse a sua pré-candidatura será independente e representa uma mudança segura para o Amazonas, com propostas viáveis para transformar a vida dos amazonenses.

— Não vamos fazer conchavos políticos e nem abrir mão das nossas convicções de mudança, renovação e de novas formas de governar”, declara.

Mesmice

Ricardo Nicolau afirmou, ainda, que os demais pré-candidatos ao governo não representam o sentimento de mudança que a população anseia.

— Eu não vejo nas outras pré-candidaturas e no atual governo a vontade de atender às demandas da população que tragam benefícios reais para quem mais precisa. Vou defender um projeto econômico sustentável e fazer com que o Amazonas dê a volta por cima.

Carro de 1,3 milhão

Esqueça tudo que você considerava luxo: o Mercedes-Benz EQS é a nova referência dos alemães.

Está explicado  porque o tradicional Classe S saiu de linha por aqui. Feito sob medida para o mundo que fala de metaverso, games, e IoT (sigla em inglês para “internet das coisas”), o sedã com desenho de carro conceito é o elétrico mais avançado da marca e, por aqui, custará 1.350.900 reais.

Mercedes-Benz EQS: É de fazer cair o queixo. tanto pela beleza quanto pelo preço

Bom, bonito e correto

Em tempos conscientes dos efeitos de poluição, trânsito e uso de combustíveis fósseis, o novato tem justificativa e propósito para todos os detalhes.

É o caso da carroceira focada na eficiência e pensada para evitar problemas com aerodinâmica.

Para limpar a consciência dos donos, quase 80% das peças de aço foram recicladas e existem 287 componentes feitos de materiais renováveis.

Ciro vira telhado

O presidente interino do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes , determinou a exclusão de um vídeo com conteúdo falso publicado em um canal bolsonarista do Telegram a respeito do pré-candidato às eleições Ciro Gomes (PDT).

Segundo o partido, autor da ação, o material foi "construído com montagens grotescas e falsas", que constroem narrativas sobre um suposto envolvimento de Ciro com líderes de facções criminosas.

Provando do veneno

Pode ser que assim Ciro aprenda que é fácil divulgar mentiras e acusações falsas contra qualquer um.

Como ele mesmo, bCiro,  faz com Lula, não é mesmo?

Golpistas assanhados

O jornalista Reinaldo Azevedo criticou, em seu Twitter, a proposta do ministro da Defesa Paulo Sérgio Nogueira de haver uma 'votação paralela' em cédulas de papel nas eleições deste ano.

“Cousa de gênio: o Ministro da Defesa sugeriu votação paralela em urna de papel para ver se não há fraude na eletrônica. Bastaria ao espírito de porco dar votos distintos em cada uma. É piada. Golpistas estão assanhados”  –, escreveu Reinaldo, em tom irônico.

Sol com a peneira

Paulo Guedes continua vendo coisas que só ele vê.

O ministro da Economia afirmou nesta quinta-feira (14) que

a primeira versão da chamada Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Kamikaze tinha um custo inicial até quatro vezes maior do que a aprovada pelo Congresso Nacional.

Então, tá!

Guedes ainda rebateu as críticas da oposição, que vem chamando o texto de "eleitoreiro".

— Continuam falando em desequilíbrio fiscal, quando garantimos que PEC não terá impacto fiscal líquido", prometeu. Se há fome no Brasil, se as pessoas estão cozinhando a lenha, se tudo isso é verdade, esse programa não é eleitoreiro. Ou esse programa é eleitoreiro e não tinha ninguém passando fome.

ÚLTIMA HORA

“R$ 1000 de Bolsonaro não resolve e não vai comprar caminhoneiros”

Na tentativa de tapar o sol com a peneira e recuperar a confiança dos caminhoneiros, Bolsonaro sugeriu ao governo um auxílio de R$ 1.000 para ajudar a reduzir a cascata de prejuízos provocada por seu desgoverno diante da alta no preço dos combustíveis. Afetada pelo aumento no valor do diesel, que hoje custa R$ 7,20 o litro, a categoria vê como esmola o voucher de Bolsonaro.

O presidente da presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim (Chorão), critica a medida, que em sua visão, eleva o dólar e contribui para novos aumentos.

— Caminhoneiro não é burro, não fizeram nada em três anos e meio de governo e agora vem com uma esmola que não resolve o problema – cutucou Chorão

Chorão denuncia que Brasil tem estoque de diesel para apenas 40 dias, e que com a redução da alíquota de ICMS nos Estados baixou o preço da gasolina, mas não do diesel não. “A gasolina está baixando porque não está vendendo, a classe média não tem dinheiro para encher o tanque. Com o Diesel não tem jeito se não abastecer, pois o produto não chega nas casas das pessoas”.

Orgulho

Vai longe o tempo em que as meias furadas e velhas eram jogadas fora. Agora podem ser transformadas em cobertores para pessoas que vivem nas ruas no inverno das regiões mais frias do Brasil. As meias doadas podem ser de qualquer tipo e marca. As pessoas podem doar “meias velhas, furadas e sem par”.  O projeto “Meias do Bem” foi criado  em 2013 por iniciativa da marca Puket e há 9 anos ajuda gente que precisa de calor humano. Segundo a empresa, mais de 180 mil pessoas em situação de rua já foram ajudadas. A campanha se baseia em três pilares: social, sustentabilidade e responsabilidade. A cada 40 peças de meia, um cobertor é fabricado. As produções são entregues em instituições que atuam com pessoas em situação de vulnerabilidade, que direcionam da melhor forma possível.

Vergonha

As estimativas do número total de pessoas em situação de rua no Brasil é de aproximadamente 221.869 pessoas de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), em pesquisa publicada em Março de 2020. Os dados mostram uma realidade nada animadora em relação ao progresso das políticas públicas destinadas a população em situação de rua no Brasil. e levarmos em conta que os dados são de Março de 2020, momento em que pandemia no Brasil começava a se expandir, provavelmente os números de pessoas em situação de rua em 2021 aumentaram de forma significativa.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.