Calendário

maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Dito & Feito – Minha casa, minha vida

Pegou mal para o atual presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), o amazonense José Roberto Tadros, depois da nota publicada pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo.

De acordo com o jornalista, Tadros, como presidente da confederação, terá à sua disposição  um apartamento de R$ 14 milhões, que fica em Ipanema, no Rio de Janeiro. Empresário tradicional de Manaus,  Roberto Tadros é ex-dirigente da Federação do Comércio do Estado do Amazonas (Fecomércio). 

 A nota de O Globo:

“Mesmo com a ameaça de uma facada sobre os seus recursos pairando no ar, o Sistema S continua gastando. A Confederação Nacional do Comércio (CNC), cuja sede é dividida entre Rio de Janeiro e Brasília, acaba de comprar dois apartamentos na orla carioca.

Para quê? Para abrigar o seu presidente, José Roberto Tadros, e o seu diretor financeiro, Leandro Pinto, quando estiverem na cidade.

Sistema S na mira

Lauro Jardim assinala em sua coluna que o negócio só foi feito depois que Tadros se tornou presidente da CNC. Isso no momento em o governo Bolsonaro a ameaça cortar a verba pública do Sistema S. O colunista alerta que não são imóveis quaisquer. Mas dois apartamentos situados diante do mar azul de Ipanema, no metro quadrado residencial mais caro do Brasil, a Avenida Vieira Souto.

Um de 270 m², foi comprado por R$ 14 milhões. O outro, com área de 350 m², saiu por R$ 10,5 milhões.

E aí, convenceu?

A CNI enviou nota para tentar explicar o absurdo. “Os dois imóveis localizam-se em área de grande liquidez e potencial de valorização dado ao atual cenário do mercado imobiliário do Rio de Janeiro, e serão incorporados ao patrimônio da confederação como mais um reforço e garantia de sua sustentabilidade financeira”.

Falou e disse. Mas e aí, convenceu?

O general vem aí

No dia 29, às 10h, a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM)  vai receber o vice presidente Hamilton Mourão.

Com certeza

Mesmo sem conhecer o objetivo da visita. A coluna antecipa, ao menos, dois pontos da pauta:  novela da  BR-319 e o Sistema S, da qual o SESI e SENAI (administrado no Amazonas  pela Fieam), eu está ameaçado de cortes nas verbas.

Dia do Zumba

A Câmara Municipal de Manaus resolveu criar o “Dia do Professor de Zumba”, mesmo com veto do prefeito Arthur Neto (PSDB). Por meio de parecer da Procuradoria Geral do Município (PGM), o prefeito  havia dito que não tinha necessidade de criar tal dia.

O autor

O projeto é de autoria do vereador Cláudio Proença (PR), que faltou à sessão desta segunda-feira, 11, e não viu sua matéria se tornar Lei.

Pegou mal

O vereador Coronel Gilvandro (PTC) votou pela manutenção do veto da prefeitura e disse que aprovar a Lei  passaria o recado para a população de que a CMM não tem o que fazer. Nisso ele tem razão.

Vai procurar…

Para o coronel e doublê de vereador, a população vai achar que os vereadores não têm o que fazer. 

… O que fazer!

“A matéria abre precedente para criar dia do professor para todas as disciplinas: Dia do professor de geografia, de História, Capoeira, etc”, alfinetou o Gilvandro.

Linhão de Tucuruí

Uma comitiva formada por 11 deputados estaduais participou, nesta terça-feira, 11/03, de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Na pauta, a linha de transmissão de energia entre Roraima e Amazonas, o chamado Linhão de Tucuruí.

Interesse nacional

O Linhão de Tucuruí foi  reconhecido como de interesse da Política de Defesa Nacional.

Obras aceleradas

 A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União no dia 28 de fevereiro 2019 e visa ao aceleramento das obras.

Apagão no interior

A audiência da Aleam foi proposta pelo deputado Sinésio Campos (PT-AM).
Parte do Amazonas está conectado ao Sistema Interligado Nacional (SIN). No entanto, alguns municípios ainda dependem de termoelétricas.

Amazônia no Vaticano

Foi aberto no fim de semana  o seminário “Sínodo da Amazônia: contribuições a partir do desenvolvimento sustentável”. O evento, considerado preparação para um encontro maior no Vaticano em outubro, encontra resistência por parte do governo Jair Bolsonaro.

Em defesa dos excluídos

O objetivo do encontro é iniciar um debate intra-religioso sobre os principais temas relativos à Amazônia. A proteção de populações socialmente excluída — sobretudo os índios — e a preservação da floresta devem estar em pauta.

EM ALTA

O Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (COSEMS-AM) está fazendo um trabalho pioneiro no município de Novo Airão, a 195 quilômetros de Manaus. A nutricionista Estér Mourão iniciou um trabalho para avaliar a situação nutricional das crianças até 5 anos na cidade e conseguiu reunir UEA, Inpa e Semsa em torno da ação. A intenção é elaborar um relatório para mostrar o que pode mudar na alimentação das crianças de Novo Airão e, com isso, desenvolver um projeto nutricional nas escolas da cidade. “O impacto nutricional na atenção primária é para a vida inteira”, avalia Mourão.  Mais de 500 crianças já foram avaliadas.

EM BAIXA

A Agência de Fronteiras da União Europeia (Frontex) mostra que o número de brasileiros impedidos de entrar em países europeus aumentou em 62% em relação ao ano anterior. Os dados fazem parte de um relatório de riscos divulgado pela agência.

Deixe uma resposta