BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - “Meu sonho de disputar eleição majoritária não acabou, apenas foi adiado”, diz Carol Braz


Uma semana depois de jogar a toalha e desistir da pré-candidatura à prefeita de Manaus, Caroline Braz disse à D&F que lamentou muito a decisão do PSC de não lançar candidato majoritário.

— Não estarei na disputa eleitoral deste ano. Também não esperem que eu venha a disputar uma vaga de vereadora na eleição para a Câmara Municipal. Não, eu não sou candidata. Vou trabalhar pelos candidatos do partido – disse Carol, que já pensa em retornar à Defensoria Pública, onde, segundo ela, terá maiores oportunidades para ajudar as pessoas que já vinha ajudando como secretária de Justiça.

— Em minhas orações nunca pedi a vitória, mas sim que fosse feita a vontade de Deus. Creio em Deus e na vontade dEle. Ele tem planos e ainda não é o fim de um sonho e sim de preparo para uma luta ainda maior. Tenho imensa gratidão por todos que abraçaram esse projeto. Nos tornamos uma família. Tenham certeza de que estaremos juntos nesta luta no momento certo. – disse a ex-candidata.

Pé na estrada

Primeira mulher a assumir a presidência do PSC em Manaus, Carol pediu sua exoneração da secretaria de Justiça para colocar o pé na estrada e largar na frente na corrida à Prefeitura de Manaus.

— Agradeço a todos que estiveram comigo e declararam apoio em minha pré-candidatura para a Prefeitura de Manaus.

Charge Carol Braz
Carol Braz diz que voltará à disputa em breve

PSC vai de Nicolau

Mas nem tudo saiu como ela planejara. Sem uma resposta mais robusta nas pesquisas de intenção de votos, o PSC decidiu não lançar mais a ex-secretária e nenhum outro candidato.

— Meu sonho de disputar uma eleição majoritária não acabou, apenas foi adiando – comentou Carol.

PSC vai de Nicolau

De acordo  com informações extraoficiais levantadas pelo Blog do Mário Adolfo, o PSC deverá  apoiar a candidatura do deputado Ricardo Nicolau (PSD), uma costura de bastidores feita pelo senador Omar Aziz (PSD).

Figura de mãe

Caroline disse que nesse indício de caminhada conheceu “pessoas incríveis” e pode descobrir quem são os “amigos de verdade”.

— Foram inúmeras reuniões que trouxeram fortalecimento e esperança para o coração das pessoas, onde a população teve vez e voz pra falar onde realmente dói. Muitos viram em mim a figura de uma mãe para cuidar da nossa cidade –, relatou.

Olhos nos olhos

Carol prometeu cumprir a palavra que deu ao anunciar que se retrava da disputa.

— A de voltar a cada bairro onde fizemos nossas reuniões, para olhar nos olhos e agradecer o apoio  que recebi em cada lugar por onde passamos.

Freio nos cartórios

Com a redução em  30% das taxas cartorárias no Estado, haverá aumento de registros e escrituras. Foi o que disse o  deputado Serafim Corrêa (PSB), logo depois que a Assembleia Legislativa do Amazonas  aprovou o Projeto de Lei (PL) 338/2020 do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), que reduz as taxas.

Serafim alertou sobre aumento de registros 

Anseio da população

O líder do PSB disse que  há um anseio da população, tanto que os deputados, queriam que a redução fosse menor. O deputado citou que há  milhares de pessoas que querem regularizar suas heranças e não conseguem, porque as taxas são muito elevadas.

— Por exemplo, para regularizar um imóvel de R$ 100 mil, ele vai ter que pagar, hoje, R$ 1 mil para o notário e R$ 1 mil para o registro de imóveis, ou seja R$ 2 mil. Com a lei, vai pagar R$ 1,4 mil –, explicou Sarafa.

Polícia em 2 rodas

O programa “Rocam Motos”, lançado pelo governador Wilson Lima no último dia 11 de agosto, vem caindo nas graças do povo. Aproveitando a onda, o Governo do Amazonas iniciou, nesta terça-feira (25/08), campanha publicitária sobre o programa.

Nós atrás das grandes

A campanha mostra a história da comerciante Eliete Ferreira da Silva que, após ser vítima de constantes assaltos, precisou cercar o estabelecimento com grades, na tentativa de se proteger de novos episódios.

Zonas de assaltos

O governador Wilson Lima garante que o “Rocam Motos” é um batalhão preparado, que vai atuar naqueles locais de difícil acesso, sobretudo nas áreas de movimento comercial.

— De motocicleta é possível entrar nas vielas, se locomover com velocidade no trânsito caótico, ter maior mobilidade e dar a resposta que o cidadão tanto precisa –, disse Wilson.

Governado lançou a campanha para divulgar o programa 'Rocam Motos'

O Fundeb é nosso!

O deputado Sinésio Campos (PT) comemorou o novo o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, aprovado por unanimidade nesta terça-feira (25), no Senado,  por 79 senadores em dois turnos de votação.

Agora é permanente

Isso  torna o Fundeb permanente, aumenta seu alcance e amplia em 13 pontos percentuais os recursos destinados ao setor pela União. O texto será promulgado pelo Congresso Nacional nesta quarta-feira (26), às 11h, e se tornará a Emenda 108 da Constituição.

De onde vem a babita

Os repasses da União não entram no teto de gastos (Emenda Constitucional 95, de 2016). Cerca de 90% dos recursos do Fundeb vêm de impostos coletados nos âmbitos estadual e municipal, e os outros 10% vêm do governo federal.

Não é peso pra ninguém

Em 2019, o Fundeb distribuiu R$ 156,3 bilhões para a rede pública. Atualmente, garante dois terços dos recursos que os municípios investem em educação.

— A educação não é despesa para a União, estados e municípios. Mas sim investimento de garantia de uma educação com qualidade e desenvolvimento para o País –, disse o petista Sinésio.

Deputado parabenizou o Congresso pela aprovação do Fundeb

Não posso tirar de pobres...

Ao discursar em Ipatinga (MG), nesta quarta-feira (26/08), o presidente Jair Bolsonaro fez críticas explícitas à equipe econômica, comandada pelo ministro Paulo Guedes, e disse que a proposta apresentada para o programa de transferência de renda que o governo pretende lançar no lugar do Bolsa Família ainda não será enviada ao Congresso.

... para dar a paupérrimos!

— Ontem discutimos a proposta, a possível proposta do Renda Brasil. Eu ontem falei ‘está suspenso’. Vamos voltar a conversar. A proposta como a equipe econômica apareceu para mim não será enviada ao Parlamento. Não posso tirar de pobres para dar a paupérrimos. Não podemos fazer isso aí –, disse o presidente.

Tem assistência?

O consumidor tem o direito de ser informado sobre a inexistência de assistência técnica especializada no Amazonas no ato da contratação ou compra de um produto. O projeto, de autoria do deputado Saulo Vianna (PTB), foi aprovado nesta quarta-feira, 26, pela Assembleia Legislativa.

Fim do transtorno

Saulo disse que, por diversas vezes, o consumidor amazonense já foi surpreendido com a informação de que não existe assistência no local em que o produto foi adquirido.

— E isso acaba  causando inúmeras dificuldades e transtornos após a compra – justificou.

Correios militarizado

O governo de Jair Bolsonaro nomeou ao menos 14 militares que estão na reserva para cargos de alto escalão dentro da estrutura da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Parte dessas nomeações  foi pra o Postalis (fundo de pensão dos funcionários) e a outra para a Postal Saúde (plano de saúde próprio).

General é o Nº 1

A lista inclui oficiais do Exército, da Marinha e da Aeronáutica: além do general Floriano Peixoto, ex-ministro da Secretaria-Geral e hoje “01” dos Correios.

Os presidentes do Postalis e da Postal Saúde também vieram das Forças Armadas. Já os conselhos da ECT, do Postalis e da Postal Saúde têm coronéis, brigadeiros e capitães de mar e guerra entre seus titulares.

Não tem conversa

A militarização restringiu o espaço para diálogo entre a cúpula e os trabalhadores, reclamam os sindicatos e associações. Um exemplo da falta de diálogo entre os militares e os servidores públicos foi dado por Maria Inês Capelli, presidente da Associação dos Profissionais dos Correios (ADCAP).

Segundo ela, o novo perfil de gestão levou a prática militar de “não falar com subalternos”   — Todos os pedidos de audiência com o general Floriano por parte das entidades representativas foram negados até hoje – disse Campelli.

Viagem de barco

O Porto de Manaus vai vender de passagens de barco via cartão de crédito, com parcelamento em até 12 vezes. Até então, as passagens só eram vendidas na opção à vista no dinheiro.

Compra online

Por enquanto, as compras de passagens podem ser efetuadas na agência do Porto de Manaus (Roadway), Centro da cidade. Mas o próximo passo da empresa é ampliar os postos de vendas em vários ponto de Manaus e nas cidades polos.

—  Nossa intenção é informatizar os serviços e que o consumidor possa comprar online no futuro. Por enquanto, estamos oferecendo a opção para quem sai de Manaus –, disse o diretor administrativo do Porto de Manaus, Nonato Lopes.

ÚLTIMA HORA

Bomba: Ministro Salles vazou informações sigilosas e Defesa obstruiu operação contra garimpos ilegais. A operação do Grupo Especializado de Fiscalização (GEF), a tropa de elite do Ibama, contra garimpo ilegal foi alvo, no início de agosto, de vazamento e também contou com a obstrução do Ministério da Defesa. A primeira ação do grupo realizada em 2020 – de um total de oito planejadas para o ano – ocorreu em Jacareacanga, uma vila de garimpeiros e indígenas no sudoeste do Pará considerada “área vermelha” de exploração ilegal de ouro.

A operação na terra indígena (TI) Munduruku foi prejudicada por um vazamento de informações, que exigiu redirecionamento da ação de fiscalização. A suspeita é de que o vazamento pode ter partido do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que não tem a mesma cultura de sigilo do Ibama e que pode ter disponibilizado informações privilegiadas a garimpeiros da região. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, segue a mesma linha de Jair Bolsonaro na defesa da exploração mineral em terras indígenas.

ORGULHO

Uma empresa criou um laptop ecológico feito de madeira, carregado à energia solar – que dura até quinze anos – e vai doar para que alunos carentes possam estudar. A Wawa Laptop abriu uma campanha para construir 1.200 notebooks ecológicos e democratizar o acesso à tecnologia, principalmente nesta época de pandemia e ensino à distância. “Há mais de 2 milhões de crianças peruanas sem acesso a um computador”, diz Ricardo Rodríguez, diretor da empresa, que fica no Peru. O primeiro projeto tecnológico que desenvolveram com laptops ecológicos foi em benefício das crianças de Iñapari, na fronteira entre o Brasil e o Peru.

VERGONHA

A ministra Damares Alves e seu grupo ideológico e sua turma no Ministério da Mulher da Família e dos Direitos Humanos escolheram novo alvo para atacar: o plantio da cannabis para a produção do canabidiol medicinal.  Ao lado de deputados ligados a bancadas evangélica e católica, além da presença do deputado Osmar Terra (MDB-RS) – principal opositor na Câmara a essa ideia – a ministra afirmou saber o que “está por Não é o uso medicinal”.

— Não é uso medicinal coisa nenhuma. Temos que cuidar das nossas crianças sem liberar a plantação no Brasil. Quero o melhor, mas que não seja a plantação em massa. Sei exatamente o que está por trás – disse a ministra que já viu Jesus subindo na goiabeira.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.