Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Dito & Feito – “Mãos são pra carregar livros e não armas”

Em visita a  Manaus, ontem, o ex-candidato a presidente da República, Fernando Haddad (PT), engrossou o coro contra o decreto das armas, do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo o petista, todos os estudos apontam que quanto mais armas mais violência. 

“A nossa mensagem sempre foi: mãos têm que carregar livro e carteira de trabalho assinada. Não é para portar arma. A mão do ser humano foi feita para trabalhar e estudar. Esse é o futuro. Esse é o desenvolvimento”, detonou o petista, concluindo que “portar armas vai remeter o país a trezentos anos atrás”.

Lula livre

O ex-ministro veio em Manaus nesta quinta-feira (23) comandando a Caravana Lula Livre, em defesa da liberdade do ex-presidente, preso político desde abril do ano passado.

Cortes na Ufam

Haddad criticou o decisão do governo de cortar verbas da educação, dizendo que isso está ameaçando os institutos federais de ensino. “Tanto a Ufam como o Ifam, no Amazonas, tiveram cortes drásticos no seu custeio que compromete a saúde financeira das instituições.”

Retrocesso

Segundo Haddad, de cara, Ufam e Ifam já estão comprometidos em relação à disposição de vagas, contratação de professores e o plano de expansão que “foi elaborado ainda no governo Lula e que estava a pleno vapor”, lembrou.

Traficante do amor

O cantor Wanderley Andrade invadiu a redação do jornal EM TEMPO, na tarde desta quinta-feira, 23, e fez a festa. Acompanhado em coro pelos jornalistas, e com a “orquestra” emprestada do Google e um celular, o cantor interpretou “Traficante do Amor” .

Tietagem na redação  

O cantor foi  aplaudido, filmado e tietado por repórteres e editores do jornal. “E eu que nem sabia que jornalista gostava de brega!”, comentou, antes de deixar a redação.  

Meu caro amigo

Da prisão, em  Curitiba, o ex-presidente Lula festejou a última conquista de seu amigo pessoal e aliado político, Chico Buarque de Holanda, que ganhou o Prêmio Camões 2019, um dos maiores reconhecimentos da literatura em língua  portuguesa.

Meu caro amigo  2

“Querido Chico, parabéns pelo prêmio Camões. Fiquei feliz pelo prêmio, mas muito mais feliz porque a Globo teve que colocar você no ar em horário nobre, pela primeira vez vi sua cara na Globo. Abraço e beijos na Carol, espero vê-lo em breve.  Lula, 22/05/2019 – sem medo de ser feliz”.

Na ilha do boi

O Governo do Amazonas está investindo cerca de R$ 5 milhões para recuperar as escolas estaduais de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus). Além do Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti) Deputado Gláucio Gonçalves, que está sendo recuperado, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) está revitalizando outras 20 unidades de ensino.

Agora vai!

Falando em Lima, o governador encaminhará o projeto de conclusão da BR-319 (Manaus-Porto Velho) ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Espera-se que o estudo seja incluído no Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia (PRDA).

Ele morde…

O deputado federal Sidney Leite (PSD-AM) disse ser contra as manifestações marcadas para o próximo domingo, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e pediu respeito ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal. “Discordo plenamente quando se busca fazer manifestações e diminuir o papel do Congresso brasileiro, intimidar o Supremo Tribunal Federal. Não é assim que vamos consolidar a democracia no pais. Temos que respeitar as instituições e as diferenças”, disse.

… E assopra

Porém, no mesmo dia da afirmação, Leite votou favorável à permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça, pauta enviada pelo Governo à Câmara por intermédio da Medida Provisória 870. “Acredito na eficiência do Estado e na urgência de se reduzir os custos da máquina pública, de forma a ter mais recursos para áreas vitais, como a saúde, educação, segurança pública, saneamento básico e habitação”, afirmou.

EM ALTA

Depois de quatro anos, o brasileiro Alayê de Brito, de 26 anos, retornou ao Brasil este mês vitorioso, formado pela Spring Hill College, de Mobile, no estado do Alabama, EUA. le se formou graças às bolsas de estudo que conseguiu, às aulas que deu em escolinhas de futebol para crianças e com o dinheiro que os pais conseguiam mandar pra ele.  Ele  que superou o preconceito que sofreu aqui no Brasil – onde foi chamado de “macaco”  – e lá nos EUA, onde a dona do imóvel alugado pediu o apartamento de volta quando descobriu que havia negro morado nele.

EM BAIXA

O plenário do Superior Tribunal Militar (STM) decidiu nesta quinta-feira (23), por 12 votos a 2, soltar nove militares do Exército que estavam presos preventivamente por terem disparado tiros contra o carro em que estava o músico Evaldo Rosa dos Santos, em Guadalupe, na zona oeste do Rio de Janeiro. O veículo foi atingido por mais de 80 tiros e Evaldo, 51 anos, morreu na hora. Também baleado, o catador Luciano Macedo, que passava pelo local, morreu dias depois.

Um comentário

Deixe uma resposta