BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Lula diz que apoia Zona Franca e rebate ameaça de Bolsonaro


Em entrevista  que concedeu à Rádio Tiradentes, do Amazonas, o ex-presidente Lula rebateu a “ameaça velada” do presidente Jair Bolsonaro à Zona Franca de Manaus.

Falando como candidato, o ex-presidente disse que “amanhã” — ou seja, quando ele for eleito em 2022— vai poder dizer aos amazonenses que o polo vai continuar, porque é o “coração do desenvolvimento do Estado”.

— Amanhã vamos poder dizer para o Estado do Amazonas: a Zona Franca de Manaus vai continuar, porque a Zona Franca é o coração do desenvolvimento do Estado do Amazonas. Então não adianta um presidente ficar fazendo ameaça velada ao presidente da CPI, ao governador do Estado –, declarou Lula.

Na semana passada, Bolsonaro se dirigiu aos senadores Omar Aziz e Eduardo Braga, ambos do Amazonas e integrantes da CPI da Pandemia no Senado para fazer uma ameaça velada:

—Imagine Manaus sem a Zona Franca. Hein, senador Aziz? Você que fala tanto na CPI, senador Eduardo Braga. Imagine aí o Estado, ou Manaus, sem a Zona Franca?

Não é para políticos

O ex-presidente disse que Bolsonaro tem que saber que a Zona Franca não foi criada pra contemplar políticos.

— A Zona Franca foi criada pra contemplar o Estado do Amazonas e o povo do Amazonas, que tem o direito de ter acesso a trabalho e à dignidade que todo e qualquer brasileiro tem que ter –, advertiu o petista.

Pau neles!

O deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) é o autor de um projeto para punir corruptos.

Se aprovado, os  agentes públicos que cometerem atos de corrupção e improbidade envolvendo recursos destinados ao enfrentamento de pandemias ou calamidade pública poderão receber penalidades administrativas, como multas com valores inclusive dez vezes maior que a própria infração.

Multa em dobro

Para o parlamentar, o PL visa coibir a prática de enriquecimento ilícito de gestores públicos contra o dinheiro público, se tornando um dispositivo legal de combate à corrupção em todos os Poderes do Estado do Amazonas.

O PL de Barreto o deputado prevê ainda que, em caso de reincidência, o valor da multa será aplicado em dobro.

Ironias e provocações

O presidente Jair Bolsonaro estava nesta quinta-feira (27) à noite em São Gabriel da Cachoeira (AM) e, ao gravar a sua famosa live diária  aproveitou para disparar  mais xingamentos, ironias e provocações a integrantes da CPI da Covid.

Bolsonaro com índios

Bolsonaro sugeriu a Omar Aziz chamar os  índios e levar carapanaúba  a CPI da Covid

Cloroquina amazônica

Ele começou dizendo que indígenas usaram um chá de raízes para evitar mortes provocadas pela Covid.

Como o tratamento não tem comprovação científica, o capitão comparou a iniciativa ao consumo de hidroxicloroquina, usada na região para a malária, o que é previsto na bula do medicamento.

Chá de Caranapaúba

Irônico Bolsonaro sugeriu que a “nossa querida” CPI do Senado “que tem lá como presidente o senador Omar Aziz” que poderia convidar os índios  para ouvi-los.

— Eu sei que você (Aziz) não pode convocar, porque os índios não se enquadram nesta questão de convocação, são protegidos por lei, mas poderia chamar os  índios e levar, quem sabe aí, o chá de carapanaúba, saracura e jambu lá nos balaios".

Não mata!

Possivelmente por receio de ter sua transmissão interrompida pelas redes por divulgar tratamento sem eficácia, Bolsonaro, mais uma vez, não citou o nome do medicamento, referindo-se a ele, por exemplo, como "aquilo que eu mostrei à ema".

—  Não mata, pessoal. Não mata. Assim como esse chá aqui não mata –, afirmou Bolsonaro após indagar militares presentes sobre o consumo da hidroxicloroquina para tratamento de malária.

FHC e Lula é normal

Enquanto todos (inclusive Aécio Neves)  se apressaram em condenar o gesto do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em conversar com o ex-presidente Lula, o ex-senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) considerou perfeitamente normal o “grande reencontro”, de duas lideranças históricas que  já estiveram juntos no passado.

— É um grande reencontro. Ele [FHC] tem que dialogar com todo mundo, com todas as pessoas que queiram dialogar com ele. É um ex-presidente, um sujeito que saiu bem da Presidência da República.

FHC e Lula juntos
FHC e Lula juntos

Por que não Lula?

Para ele, a  conversa com o Lula é natural, pois dialogar sempre foi a marca de FHC.

— Por que não dialogar com Lula? Por que manter distância do Lula, se está todo mundo conversando com ele? É tempestade em copo d’água o que estão fazendo. Não vejo nada demais, não é bicho de sete cabeças conversar com as pessoas.

Adversário não é  inimigo

Virgílio não concorda que o encontro possa ser interpretado como “apoio político” ao petista.

— Todos devem conversar. Temos um país em que adversário é confundido com inimigo toda hora.

Nicolau mira Arthur

O deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) defendeu nesta quinta-feira (27) durante sessão da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a convocação do ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, pela CPI da Covid, no Senado Federal.

“Contratos milionários”

Nicolau, que em determinado momento trabalhou lado a lado da prefeitura Arthur na primeira fase da pandemia do Coronavírus , quer

explicações sobre o que ele chama de  “ações, gastos e contratos milionários”.

Cheirinho de corrupção

A Polícia Federal apontou "fortes indícios" de envolvimento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em um possível esquema de corrupção para exportação ilegal de madeira.

Ao menos é o que aponta o documento em que pediu autorização do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para abrir a Operação Akuanduba.

Michelle Amazonas

A primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima,  e a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro entregaram, nesta sexta-feira (28/05), equipamentos, cestas básicas e uma picape para instituições sociais atendidas pelo Governo do Amazonas e pelo Governo Federal.

Primeiras-damas, Michelle Bolsonaro e Taiana Lima fazem caridade 


Quem recebeu

A instituição escolhida foi a   Congregação das Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações – Instituto Filippo Smaldone, que atende crianças e adolescentes deficientes auditivos, em Manaus.

Agora ele cai

De acordo com a PF, desde 2019, aconteceram operações financeiras consideradas suspeitas no escritório de advocacia do qual Ricardo Salles é sócio.

O escritório movimentou pouco mais de R$ 14 milhões no período de 1º de janeiro de 2012 a 30 de junho de 2020.

O leão informa

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021 encerra nesta segunda-feira (31).

De acordo com a Receita Federal, até às 17h desta sexta-feira (28), 28.250.740 declarações foram recepcionadas em nível nacional, 88,2% do total esperado (32 milhões).

O leão informa 2

O contribuinte que perder o prazo para envio ou não apresentar a declaração do Imposto de Renda 2021 terá que pagar multa.

Os valores são calculados conforme a existência ou não de imposto devido e variam de R$ 165,74 a máxima de 20% do imposto devido.

ÚLTIMA HORA

Música de Anitta é trilha do filme Velozes&Furiosos

A cantora Anitta   fará parte da trilha sonora do filme Velozes & Furiosos 9 com a música inédita, Furiosa. A Billboard divulgou nesta quinta-feira, 27, a trilha completa do filme que será lançado nos Estados Unidos em 25 de junho. A trilha será disponibilizada no próximo dia 17 e tem ainda nomes como Ty Dolla $ign, Myke Towers, Offset e Sean Paul.

Em seu Twitter, no último dia 26, a brasileira postou o título da música com a hashtag F9 e nesta quinta-feira, a conta oficial da saga Velozes e Furiosos divulgou um teaser com imagens e falas das personagens femininas do filme, inclusive com participação da rapper Cardi B, com trecho da música cantada por Anitta.

Depois de participar da trilha sonora de As Panteras em 2017 com a música Pantera, a cantora brasileira marca presença novamente em Hollywood. No Brasil, o filme Velozes & Furiosos 9 tem estreia marcada para o dia 22 de julho

ORGULHO

Nelson Sargento

Esta semana a MPB ficou mais pobre com a partida do sambista Nelson Sargento. A trajetória e o legado de Nelson o colocam no panteão dos grandes compositores do país, transformando-o numa lenda da música brasileira. Três palavras definam Nelson. Samba, Mangueira e Vasco da Gama. Talvez essas três palavras possam definir quem foi Nelson Sargento, um dos maiores expoentes da música brasileira, morto nesta quinta-feira (27), após contrair Covid-19, aos 96 anos. Em 1924, o Clube de Regatas Vasco da Gama foi impedido de participar do campeonato da então AMEA (a elite do futebol carioca à época) por ter 12 jogadores negros no elenco –os motivos oficiais dados à época eram outros. Nelson respondeu à discriminação com samba: “Vasco da Gama baniu o preconceito / em nome do direito / dando razão à razão / Formando atletas de escol / na regata e no futebol / o seu nome está presente”.

VERGONHA

Cheiro de  cassação -  acusada de matar o marido Flordelis jura inocência. O Conselho de Ética da Câmara prevê votar na terça-feira (1º), a partir das 13h, o caso da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) no colegiado. Em última instância, o processo na Câmara pode levar à cassação do mandato da parlamentar. O relator do processo no Conselho de Ética, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), protocolou o parecer ontem. No entanto, o documento está sob sigilo. Flordelis é acusada pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) de ser a mandante do assassinato do marido, Anderson do Carmo. Ele foi morto a tiros na casa da família, em Niterói (RJ), em 16 de junho de 2019. A deputada só não foi presa porque tem imunidade parlamentar. Atualmente, é monitorada por tornozeleira eletrônica.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.