Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Dito & Feito – Lembraram de mim

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, ficou surpreso ao ver seu nome em uma pesquisa da empresa iMarketing para prefeito de Manaus, divulgada nesta terça-feira. Ele aparece com 0,5% das intenções de votos, mesmo nunca tendo dito que é candidato.

“Achei positiva a lembrança espontânea, fruto do trabalho e do carinho da Advocacia Amazonense”, resumiu Choy, que já foi advogado de Arthur Neto, Eduardo Braga e Amazonino Mendes.

Prontidão

Recuperado de nova cirurgia na boca, o deputado Delegado Péricles já está na batalha. O parlamentar e ex-delegado foi a São Paulo conhecer o Centro de Operações da Polícia Militar. Péricles quer inteirar-se das tecnologias e do formato de gestão adotados no monitoramento das ocorrências no Estado.

Combate ao crime

O parlamentar acredita que é possível ter uma gestão de segurança pública de qualidade por meio da implantação de tecnologia. “Nossas polícias precisam de ferramentas de gestão eficazes para o combate ao crime organizado”, disse Péricles, que surfa bem no tema.

Eu renuncio

O vereador Coronel Gilvandro Mota (PTC) afirmou ontem (2) que renuncia seu mandato caso a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos combustíveis, instalada na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), tenha alguma ação efetiva na diminuição do preço da gasolina nos postos de Manaus.

‘Politicalha’

Mota foi além e disse que quem é favorável à instalação de CPI faz politicalha e pirotecnia.“As Comissões Parlamentares de Inquérito são loucura, não tem eficácia.”

Loucura, loucura!

Autor da CPI dos combustíveis na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Chico Preto (PMN) retrucou Gilvandro e lembrou o colega que a comissão é um instrumento respaldado do Regimento Interno da Casa Legislativa.“Se é loucura, o Regimento Interno é louco”, disse.

Quem é canalha?

Chateado com a postura de Gilvandro, o vereador Cláudio Proença (PR), que assinou o requerimento de instalação da CPI, cobrou respeito.“Politicalha é uma política com canalhice. Aqui não tem isso. Exijo respeito”, vociferou.

Vereador fashion

No meio da discussão, o vereador Ceará do Santa Etelvina (DEM) entrou no plenário de óculos escuro e não passou despercebido pelos colegas, fazendo o clima fica menos pesado.

Ceará Wonder

Hiram Nicolau (PSD) que presidia a sessão não perdeu a oportunidade e rasgou o elogio: “Vereador Ceará, vossa excelência está numa elegância invejável. Tá parecido com o Stevie Wonder!”

Amazônia em Israel

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes, expôs, em evento realizado com empresários em Jerusalém (Israel), a biodiversidade amazônica como potencial para acordos e parcerias.

Potencial da floresta

O coronel disse que é preciso buscar alternativas além do Polo Industrial de Manaus. “E com certeza a nossa floresta é a resposta para essa missão”, disse Menezes no evento.

Reforço presidencial

O evento foi realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) em um hotel em Jerusalém, e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, que também fez coro ao discurso de Menezes.

Amazônia é nossa

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) denunciou nesta terça-feira (2) que a Amazônia sofre com a ameaça de apropriação indevida do nome da região para atividades comerciais na internet. O amazonense informou que a companhia Amazon, multinacional de comércio eletrônico dos Estados Unidos, iniciou em 2012 o processo para ter o direito exclusivo de explorar, na rede mundial de computadores, o domínio “amazon”.

Aí vai ser deles

O senador afirmou que o processo de registro está em andamento e, caso a empresa norte-americana logre sucesso, qualquer pessoa que viva ou empresa que funcione na região só poderá usar o domínio caso esteja dentro do domínio da empresa Amazon.

Constrangedor

Segundo Plínio, o mais constrangedor de tudo está vindo por aí:A multimilionária Amazon ofereceu a cada país envolvido durante o processo US$ 5 milhões, em troca de aceitarem o registro de domínio. “Coisa típica de quem pensa que tudo no mundo e até mesmo a dignidade nacional ou respeito ao próprio nome tem algum preço”, disse.

Cadê os empregos? 

A taxa de desemprego no Brasil está na marca dos 12,4%. São cerca de 13 milhões de pessoas desempregadas, quase um milhão nos últimos três meses. “Queria saber onde está o resultado da aprovação da Reforma Trabalhista e da Terceirização Total. Porque prometeram gerar mais de seis milhões de empregos”, cutucou o deputado federal José Riardo (PT-AM).

Se   m ministério vai agravar

Zé 13 lembrou que, ao contrário disso, geraram quase um milhão de desempregados nos primeiros três meses de 2019. “Com a extinção do Ministério do Trabalho (MP 270), com certeza irá agravar mais ainda o mercado de trabalho, pela falta de fiscalização em relação à desobediência da legislação trabalhista”, declarou José Ricardo.

EM ALTA 

Já estão em Moçambique bombeiros de Minas Gerais que atuaram nos trabalhos de busca da tragédia de Brumadinho. O efetivo de 20 homens embarcou na última sexta-feira do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Eles estão participando das operações por 15 dias. A cidade é a segunda maior do país e foi 90% destruída pela passagem do ciclone Idaí, no último dia 14.

EM BAIXA

O Procon Manaus autuou na sexta-feira (29) todas as distribuidoras de combustível da cidade pela prática de preço abusivo. No total, foram seis distribuidoras no Amazonas que recebem a gasolina de refinarias ou de centros de distribuição e entregam aos postos onde serão comercializados ao consumidor final. Elas são acusadas de praticar preço abusivo no repasse aos postos. Cada centavo que as distribuidoras aumentam no valor da revenda, quem paga é o cidadão.

Deixe uma resposta