BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - INSÔNIA — Inflação tira o sono de Bolsonaro



Não é só o ex-presidente Lula que tira o sono de Jair Bolsonaro. A economia é considerada o principal problema do país entre os eleitores brasileiros. 70% dos eleitores avaliam como negativa a ação do governo Jair Bolsonaro (PL) contra a inflação.

É o que aponta a edição de dezembro da pesquisa Genial-Quaest, divulgada nesta quarta-feira (08/12). Para os entrevistados a situação piorou, de acordo com dados. Não é para menos, a inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), alcançou a marca de 10,74% no acumulado de 12 meses até novembro, de acordo  com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE ).

Superou Dilma

Isso significa que o IPCA no governo Jair Bolsonaro (PL) superou a alta de preços registrada durante a gestão Dilma Rousseff (PT). No segundo mandato da petista, a inflação também disparou no Brasil, atingindo 10,71% em 12 meses até janeiro de 2016.

Saudades do Lula

Os 10,74% até novembro de 2021 representam o maior acumulado desde novembro de 2003, ano inicial do primeiro governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

À época, o IPCA chegou a 11,02%.

Queimadas

A geração de empregos, o combate às queimadas na Amazônia e o combate à violência também são ações do atual governo com avaliação negativa para  51%, 51% e 50% dos entrevistados, respectivamente.

Barroso, o salvador

Na passagem de Luís Roberto Barroso, do STF, por Manaus, o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) disse que o ministro foi figura essencial na defesa da Zona Franca de Manaus.

Voto precioso

Serafim argumentou que durante 50 anos se discutiu que se a indústria produzisse um bem intermediário que fosse compor um outro produto final fora da ZFM,  teria ou não  incentivos.

— Essa disputa no STF foi muito acirrada e houve um voto que foi fundamental para desmontar o voto do ilustre ministro Marco Aurélio de Melo. O  voto foi do ministro Luís Roberto Barroso – lembrou Serafim.

Foto: Divulgação Assessoria

Sepultamento do negacionismo

Sarafa também destacou que Barroso foi também o responsável pelo “sepultamento do negacionismo” de que as urnas eletrônicas não são confiáveis. Barroso disse na segunda-feira que os ataques do presidente Jair Bolsonaro contra a urna eletrônica é um tema superado.

Desde o início de seu governo, Jair vinha questionando a credibilidade do equipamento.

— Bolsonaro nunca apresentou provas de qualquer fraude no sistema das urnas eletrônicas –, cutucou o líder do PSB.

Índio lutador

Índio bom de briga: Mateus Kokama estreia no MMA —– The Best Fight Combat

O índío Mateus Kokama vai  irá participar do evento de MMA, Gladiadores – The Best Fight Combat (GTBFC). O combate acontecerá no sábado (18/12), às 18h, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Waldir Garcia, no bairro São Geraldo.

Kokama tem o apoio do Governo do Amazonas, através da Fundação Estadual do Índio (FEI).

Pai e filho

O índio lutador treina desde os 5 anos de idade com seu pai e instrutor, Eliel Kokama, que ensinou as técnicas de luta. Para enfrentar Lucas Galvão, na categoria 61kg, o índio vem treinando de segunda à sexta-feira.

Hackers atacam novamente

Por aqui: O ministro Marcelo Queiroga já anda de saco cheio

Ministério da Saúde sofreu um segundo ataque hacker entre o final de domingo (12/12) e esta segunda-feira (13/12). A nova ofensiva, que tinha sido negada pelo governo ao longo de toda a tarde, foi admitida à noite pelo próprio ministro Marcelo Queiroga, em Brasília.

Pega na mentira

Horas antes, ao omitir o novo ataque, o ministério divulgou nota afirmando que o DataSUS realizava "manutenção preventiva na rede interna".

Agora, mesmo dizendo que a segunda ação teve um impacto menor, Queiroga admitiu que, na verdade, o ministério atuava para "recuperar" sistemas internos.

Bom velhinho

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anuncia, nesta quarta-feira (15/12), o pagamento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) aos profissionais que atuam na Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

Abonaço

A notícia deixou os profissionais da Seduc com um sorriso que vai de ponta a ponta das orelhas. Isso porque o abono será o maior da história em valores e, também, em servidores contemplados.

Mulheres dão o troco

A Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados emitiu nota de repúdio contra as declarações desrespeitosas do senador Eduardo Braga (MDB-AM) que, aos gritos e palavrões de cunho machista, agrediu à ministra Flávia Arruda, da Secretaria de Governo.

Violência de gênero

De acordo com a nota, o caso, amplamente divulgado no domingo (12/12), demonstra que, infelizmente, mulheres de todas as classes e condições sociais “estão sujeitas à violência de gênero, seja doméstica, física, psicológica ou política”.

Quebra de decoro...

Na nota, as deputadas manifestam apoio a Flávia Arruda, lamentando a “quebra de decoro” e ‘” palavras inapropriadas” usadas por Eduardo   contra a ministra.

...E palavrões

“A  bancada feminina da Câmara dos Deputados, lamenta a postura do referido parlamentar que em flagrante quebra de decoro, e de forma vil, usou palavras inapropriadas para com uma autoridade do mais alto escalão do Poder Executivo, ao mesmo tempo que manifesta total apoio e solidariedade à Ministra Flávia Arruda, repudiando, assim, as declarações do Senador Eduardo Braga (MDB-AM)”, diz a nota.

O povo quer saber

Por que o senador Plínio Valério não dá nome aos bois, isto é, não revela  os nomes das ONGs que, segundo ele praticam a picaretagem na Amazônia?

Nesta terça-feira (14), o tucano voltou a acusar, durante entrevista ao programa 'Opinião no Ar':

— Que tem ONG boa, sim, mas tem muita ONG ruim. A gente não suporta mais ser manipulado. Precisamos dar um basta nisso –, disse o parlamentar.

Vem aí o 14º salário

A prefeitura de Manaus acatou a pagamento do 14º salário aos profissionais da saúde pública. A proposta é do vereador Diego Afonso (PSL).

Aumento salarial

Também foi aprovado nesta segunda-feira (13/12) na Câmara Municipal o aumento salarial de 10,051% para os profissionais da Semsa.

ÚLTIMA HORA

Ciro chama Moro de covarde e desafia o ex-juiz para um debate

Na conversa, o ex-ministro se apresentou como um pré-candidato com "viés liberal" na economia e disse "ter dúvidas" se Bolsonaro e Lula iriam aceitar participar de debates com ele na campanha presidencial do ano que vem. "Tem que ver se vai ter debate. Eu me disponho a ir, mas tenho dúvidas se o ex e o atual presidente vão se dispor a ir nessa arena", disse. Nas redes sociais, Ciro Gomes respondeu Moro e afirmou “não ter dúvida” que o presidente e o ex-presidente iriam fugir dos debates. “Tenho certeza de que eles não vão aceitar debater com ninguém”, disse. “Nem mesmo com um despreparado, como você. Mas você não gostaria de demonstrar sua ‘coragem’ e ‘preparo’ debatendo, agora, comigo?”, desafio Ciro.

No post, Ciro ainda questiona Moro e fiz que ele vem fugindo do encontro com ele.

— Escolha o dia, a hora, o formato e o temas que quiser. Aceitei de pronto. Eu que sei que você não aceitará porque é covarde, dissimulado e despreparado –, disse.

ORGULHO

Matia Fernanda Cândido estreia no novo filme da franquia Harry Potter

A atriz brasileira Maria Fernanda Cândido está escalada no elenco do novo filme da franquia Harry Potter –‘Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore’. A personagem dela vai se chamar Vicência Santos e será uma bruxa brasileira! O filme estreia nos cinemas dia 14 de abril de 2022.

— Estou muito contente em anunciar que representarei o Brasil em ‘Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore’. No filme, interpreto Vicência Santos. Não vejo a hora de vocês descobrirem mais sobre ela –, contou a atriz.

VERGONHA

Ao lado de Bolsonaro, o coronel Gustavo Suarez é brabo e gosta de bater em jornalista

O  segurança do presidente Jair Bolsonaro que agrediu e ameaçou repórteres da TV Bahia e da TV Aratu neste domingo, em Itamaraju, no sul da Bahia, é o coronel do Exército Gustavo Suarez da Silva. O militar é, desde o ano passado, o diretor do Departamento de Segurança Presidencial, subordinado ao GSI.   Em imagens divulgadas pela TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia, as equipes de reportagem apontam dois microfones na direção de Bolsonaro, que estava na caçamba de uma caminhonete, e acabam esbarrando nas costas de Suarez.

O coronel então se vira bruscamente para os repórteres e segura um braço de um deles, gritando em seguida:

— Se bater de novo, eu vou enfiar a mão na tua cara!

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.