BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Glória Carratte levou esporro até de Tiago Leifert


A bitoca entre os brothers Fiuk, filho de Fábio Júnior e do economista Gil do Vigor incomodou, e muito, a vereadora Glória Carratte. Os dois estavam festejando a volta do Paredão e comemorado a permanência no BBB. Conservadora até a medula, La Carrate acabou deslizando para uma ponta de homofobia ao criticar o beijo dos  artistas, dizendo que isso agride a sociedade.

— Eu não assisto Big Brother, mas ontem, nas redes sociais, aparecem os dois “artista” da Globo, “pelado”- ela não emprega o plural –, dando bitoquinha, se beijando e é uma falta de respeito com a sociedade e com as famílias do nosso Brasil. Gostaria de deixar o meu repúdio e gostaria de contar com a colaboração de vocês –, disse a vereadora.

Fiuk dá o troco

Em resposta,  Fiuk alfinetou d. Glória. Além de compartilhar o vídeo de Carrate, o filho do Fábio um protesto contra a política conservadora da vereadora e contra a homofobia no país.

Leifert

Após a repercussão, o vídeo do repúdio de Carratte foi parar nos stories do apresentador do BBB, que pouco antes da postagem reclamava da cena entre os brothers ter sido censurada pelo Instagram. “Atenção! Imagem exclusiva do algoritmo do Instagram falando”, ironizou Leifert, enquanto exibia a manifestação da vereadora.

Deu na CNN

Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta segunda-feira (26) o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) pela suposta prática dos crimes de dispensa indevida de licitação, fraude à licitação e peculato em meio à pandemia do novo coronavírus.

O vice e mais 17

Além do governador do Amazonas, a PGR também denunciou o vice-governador Carlos Almeida (PTB), o secretário-chefe da Casa Civil, Flávio Antony Filho, o ex-secretário de Saúde Rodrigo Tobias e outras 15 pessoas, entre servidores públicos e empresários.

Confia na justiça

Sobre a denúncia, o  governador Wilson Lima reafirmou a “probidade e legalidade de todos os seus atos à frente do Governo do Amazonas”.

— Mantenho total confiança na Justiça, que haverá de, oportunamente, reconhecer que as acusações são totalmente infundadas.

Governador afirmou que a PGR não tem provas 

À disposição

Lima reiterou o compromisso com a “transparência, probidade e legalidade” de seus atos.

— Sigo à disposição para continuar prestando todas as informações solicitadas pela Justiça –, disse o governador.

Bundalelê clandestino

O Detran-AM jogou no chope de uma festa clandestina no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. Reforçado por policiais da PM, a operação invadiu de surpresa  uma chácara onde a aproximadamente 65 pessoas realizavam o bundalelê.

Insensatez

Quando os agentes do Detran-AM e os policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) chegaram ao local, encontraram cerca de 65 pessoas bebendo, dançando e desrespeitando as medidas de distanciamento e de uso de máscara de proteção. Os organizadores da festa, claro meteram o pé na carreira, mas tem vídeo para pegar os irresponsáveis.

Tá mal explicado

Do senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid:

— Até hoje está muito mal explicado por que o Brasil não comprou 70 milhões de doses da vacina da Pfizer.

Desculpa esfarrapada

Aziz lembrou que o  governo federal recusou, em agosto de 2020, a oferta da Pfizer para compra de um lote de 70 milhões de doses, que seriam entregues em dezembro de 2020.

O argumento do governo foi o de que não concordava com as condições estabelecidas pelo laboratório e que a empresa não se responsabilizava por eventuais efeitos colaterais da vacina.

A fabricante diz que os mesmos termos foram exigidos de outros países que compraram a vacina, como EUA e Reino Unido.

Bate o pé!

A primeira reunião da comissão está marcada para terça-feira (27/04) e, segundo acordo entre os partidos. Omar Aziz será eleito como presidente do colegiado e o senador Renan Calheiros (MDB-AL) será indicado como relator. Isto é, se Omar bater o pé.

Ele odeia jornalistas

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) xingou a repórter baiana Driele Veiga, durante sua passagem pela Bahia, na manhã desta segunda-feira, 26, na inauguração da duplicação de parte da BR-101, no município de Conceição do Jacuípe.

Sua idiota

O ex-capitão se irritou após ser questionado pela jornalista da TV Aratu sobre um registro no qual ele aparece com uma placa “CPF cancelado” ao lado do apresentador Sikêra Jr.

— O senhor foi criticado sobre uma foto postada dizendo 'CPF cancelado' num momento que tantas pessoas morreram. O que senhor tem a dizer sobre isso?", questiona Driele Veiga.

— Você não tem o que perguntar não? Deixa de ser idiota –, rebate Bolsonaro.

Poder embrutece

A jornalista usou as redes sociais para se manifestar. "Uma mulher em pleno exercício da função ser chamada de idiota por um presidente da República, é um fato a se lamentar. Como disse o filósofo Nietzsche “O poder embrutece”.

Bolsa Universidade

O prefeito David Almeida (Avante) lançou nesta segunda-feira, 26, o edital do Programa Bolsa Universidade, que vai ofertar 16 mil bolsas de estudos para a população de baixa renda.

Até 1,5 salário

Com benefícios integrais e parciais, de 50% e 75%, o programa contempla pessoas residentes em Manaus e que possuem renda familiar de até 1,5 salário mínimo. Os cursos de graduação são para ingresso no segundo semestre deste ano.

Prefeito participou do lançamento 

Dando sopa

A Justiça do Trabalho encontrou R$ 3 bilhões parados em contas de empresas e trabalhadores na Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil .

De acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST) , os valores devem ter somados correções monetárias após decisões finais dos Tribunais Regionais do Trabalho (TRT).

De quem é?

Justiça, no entanto, ainda tenta identificar as contas proprietárias dos valores depositados em juízo. Após a identificação dos donos, os valores correspondentes as ações serão depositados.

Dá-lhe, Sassá!

O vereador Sassá da Construção Civil (PT) foi o único que repudiou o título de Cidadão do Amazonas, concedido ao presidente Jair Bolsonaro na última sexta-feira (23/4).

— É inadmissível que uma homenagem como essa seja dada ao presidente, que ataca a Zona Franca de Manaus (ZFM) retirando incentivos, impactando diretamente na economia do estado –, disparou à  queima roupa.

Morte por asfixia

Sassá não ficou por aí.

Lembrou também a crise de oxigênio no início desse ano em Manaus, a primeira capital do país a enfrentar a segunda onda da covid-19, e sofreu com mais de 150 mortes diárias no período de pico.

Atualmente, o país tem mais de 391 mil mortos pela doença, e o Amazonas tem mais de 12 mil óbitos. E a Assembleia homenageia o responsável por esse quadro estarrecedor.

Heróis são eles

O parlamentar irá apresentar uma moção de homenagem aos profissionais de saúde, que estão na linha de frente da pandemia.

— Estes, sim, são os verdadeiros merecedores de homenagem.

ÚLTIMA HORA

Justiça veta Renan Calheiros em relatoria de CPI da Covid

Liminar concedida pela Justiça Federal do Distrito Federal impede que o senador Renan Calheiros (MDB) tome posse como relator da CPI da Covid-19. A ação foi representada pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP), aliada do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Na semana passada, o parlamentar havia advertido sobre publicações de Eduardo Bolsonaro contra sua relatoria nas redes sociais: “O governo devia estar aproveitando esse tempo para se preparar para, na Comissão Parlamentar de Inquérito, demonstrar definitivamente que não errou e que, portanto, não tem responsabilidade”. Para justificar o pedido, Zambelli usou o fato de Calheiros é pai do governador do Alagoas, Renan Filho.

Calheiros já estava praticamente confirmado como relator, já que o integrante do partido com maioria das cadeiras deve ficar com a relatoria e o MDB corresponde à maior em bancada.

ORGULHO

VERGONHA

Acredite: O  litro da gasolina comum em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Acre, chegou a R$ 6,89 após novo reajuste repassado aos consumidores nessa sexta-feira (22). O motorista que foi abastecer ficou surpreso com o aumento. “Daqui uns dias a gente vai ter que andar de jumento, porque de moto ou de carro não dá mais”, disse o servidor público José Cláudio Pereira. De acordo com os revendedores, eles  seguraram dois aumentos que ocorreram nas últimas semanas, mas o terceiro dos últimos dias forçou os donos de postos a repassar o valor do aumento acumulado para os clientes.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.