BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Fica a lição – O lamento de Emerson Maia antes de partir


Emerson Maia, o  maior compositor do boi bumba de Parintins – ao lado de Chico da Silva – andava magoado. Nos bastidores, em conversas com amigos, desabafava que o “Garantido não pagava o que lhe devia” e, por isso, deixou o boi que amava para ir cantar no Caprichoso.

— Vai ser uma decisão dura, mas vou fazer isso. Pelo que fiz, por minha história, acho que mereço um pouco mais de respeito –, disse ele certa vez ao editor desta coluna.

Essa forma de tratar seus artistas e aqueles que representam a verdadeira alma do festival folclórico de Parintins, tem que ser repensada. O genial  Chico da Silva – autor de toadas antológicas como “Vermelho”, “Boi do Carmo” e  “Festa da Raça”, só para citar algumas –  reclama disso há anos. E foi  por essas e outras que decidiu  meter sua viola no saco e se afastar do boi, mesmo contra a sua vontade.  Há alguns anos assistimos cenas esquisitas no bumbódromo de Parintins, como aquela em que o compositor Carlinhos Paulain, autor de “Ninguém Gosta Mais desse boi do que Eu”, ser retirado da  Arena da forma mais truculenta.

Talentos como Emerson Maia, Chico da Silva, Paulinho do Sagrado, Paulain e outros deveriam ser tratados pela diretoria de seus bumbás com tapete vermelho (ou azul). No momento em que o grande Emerson deixa um vazio na ilha de Parintins e na cultura Amazônica – em um ano que está acabando da forma mais triste –, está na hora da diretoria do boi repensar tudo isso e tratar seus filhos com mais dignidade, respeitando os que ainda estão vivos e escrevem essa história com emoção, talento e arte.

Quase uma unanimidade

Chico da Silva externou neste sábado, à coluna D&F o sentimento que nutria por Emerson Maia.

— Emerson Maia era um caboclo da melhor qualidade. Foi grande dentre os maiores e melhores autores de toadas, quase uma unanimidade. Uma pessoa amiga e sincera, deixará saudades e será sempre lembrado no mundo dos bumbás.

O mais autêntico

Para Chico, Emerson era o mais autêntico dos autores de toadas e sua norte representa  uma perda lamentável.

— Será lembrado pelas lindas e admiráveis obras que muito contribuíram e continuarão contribuindo para a cultura de Parintins, do Amazonas,  do Brasil e até do mundo.

De poeta pra poeta

Falando em boi, o compositor Paulinho do Sagrado, o compositor fez uma bela homenagem em vídeo ao seu companheiro de boi. Visivelmente emocionado – soluçando em alguns momentos -, Do Sagrada cantou  a música  “Águas de Amor e Canção”, de autoria de Maia.

Foi com essa canção que Emerson ganhou o   festival da Canção de Parintins (Fecap) de 1985.

— Meu querido irmão e poeta Emerson Maia, você vai ficar para sempre em nossos corações – diz Paulinho antes de meter o dedo na viola e soltar a voz.

Hissa está fora

Hissa Abrahão (PDT) tem um velho sonho: ser prefeito de Manaus, cargo que já chegou bem perto quando foi o vice-prefeito de Arthur Virgílio. No entanto, o pré-candidato pode ficar fora da corrida eleitoral por estar na lista de ficha suja, por irregulares apontadas pelo TCE.

Sonho acabou

De acordo com o TCE, o ex-deputado tem duas contas julgadas irregulares, da época em que esteve secretário  da Secretaria Municipal de Habitação e Assuntos Fundiário (2013- 2014). Nesse período, Hissa ainda era vice-prefeito de Manaus.

DiCaprio  contra o fogo

O ator Leonardo DiCaprio, 45 anos, voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro e o desmatamento na Amazônia. Nesta sexta-feira (14), ele compartilhou em seu perfil no Instagram uma publicação do jornal britânico The Guardian sobre o aumento de queimadas no Brasil durante julho e agosto.

“O número de queimadas na Amazônia brasileira em julho aumentou 28% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com dados do Inpe. Os primeiros números de agosto também mostram um aumento, de 7%", informa a reportagem.

Queimando o astro

Em 2019, o presidente acusou, sem provas, o ator e ambientalista americano de financiar Organizações Não-Governamentais (ONGs) e "colaborar com queimadas na Amazônia".

Na época, DiCaprio se declarou à favor dos grupos que se comprometem em proteger o meio ambiente e, reagindo à citação de Bolsonaro, comentou:

— Embora dignas de apoio, nós não financiamos as organizações citadas."

Pode ser pior

The Guardian ressalta que, apesar da pressão internacional, Bolsonaro negou a seriedade dessa situação no passado. Também destaca que a situação pode ser pior que em 2019, devido ao tempo seco.

Por fim, a matéria conclui que o desmatamento não está recebendo a atenção adequada por causa da pandemia de coronavírus, que já matou dezenas de milhares de brasileiros.

Terminal tenebroso

Está próximo do fim um dos logradouros que comprometiam a paisagem urbana de Manaus:  o terminal de integração da Constantino Nery (T1) que, com o tempo, se transformou em lugar poluído, sujo, deteriorado, invadido por vendedores ambulantes e assaltantes.

Começo do fim

A prefeitura  anunciou nesta sexta-feira, 14, primeiro passo para a reconstrução do terminal com a realocação dos permissionários que trabalham no local. A obra integra o pacote de modernização do transporte coletivo da capital, lançado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

Nova estação

O prefeito Arthur Virgílio garantiu que o  terminal de integração 1, na Constantino Nery  – que  tem mais de 30 anos de uso –, será totalmente demolido para dar lugar a uma nova Estação de Transferência, com todo o conforto que os usuários merecem e tornando aquela área ainda mais urbana.

— Manaus mudou, está mais moderna, e não poderia deixar a gestão sem realizar essa obra, assim como tantas outras que estamos executando para promover o equilíbrio do transporte coletivo –, disse Arthur.

De olho nos afortunados

Ao defender seu projeto que institui a taxação de grandes fortunas, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) disse que  “a ideia da taxação de grandes fortunas cresce em todo o mundo. No Brasil não é diferente” –, afirma.

Apoio de ex-ministro

O tucano de Eirunepé garante que conta com o apoio de diversos segmentos da sociedade, como do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco), do ex-ministro da Fazenda, Mailson da Nóbrega, e do presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Júnior.

Manaus no topo

Manaus chegou nesta sexta-feira, 14,  1º lugar na nova avaliação da Open Knowledge Brasil no  Índice de Transparência da Covid-19 (ITC-19).

A capital do Amazonas foi a primeira a atingir a pontuação máxima (100 pontos) da escala, após aprimorar a publicação de informações sobre a capacidade de testagem, além de dados sobre disponibilidade de leitos. O Índice de Transparência da Covid-19 é um indicador composto por três dimensões: conteúdo, granularidade e formato.

Tempo de colheita

O prefeito Arthur Virgílio disse que o resultado é prova do sério trabalho que a prefeitura vem fazendo com as finanças públicas.

— Na primeira avaliação não fomos tão bem, mas prezando pela transparência das nossas ações e em respeito ao cidadão, nos aprimoramos e melhoramos a acessibilidade dos dados referentes aos gastos em ações para enfrentamento à Covid-19 – disse ele.

Dias difíceis

Virgílio não esqueceu que o município teve um papel exemplar durante os momentos mais duros da pandemia na capital.

— Trabalhamos sério na tentativa incansável de salvar o maior número de vidas possível e tenho certeza que demos nosso melhor de todas as formas –, disse o prefeito.

Câmara de volta

A Tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) será reativada nesta segunda-feira (17), mas com ressalvas: Os vereadores terão que usar máscara no momento da fala. A cada pronunciamento, o microfone e toda a área da Tribuna sejam higienizados para evitar qualquer risco de contaminação.

Galerias vazias

A medida é restrita apenas aos parlamentares, que voltarão a fazer uso do local, após cinco meses de inatividade por conta da pandemia do novo coronavírus. A presença de pessoas na CMM está limitada apenas a servidores e terceirizados autorizados.

Deltan no paredão

O Conselho Nacional do Ministério Público julgará três casos envolvendo o procurador Deltan Dallagnol, na  terça-feira, 18.

De acordo com o Antagonista  há pelo menos seis votos pelo afastamento de Deltan da Lava Jato.  Embora o CNMP tenha 14 integrantes, apenas 11 cadeiras estão preenchidas.

Remoção

A Constituição exige maioria absoluta para a remoção de um procurador natural de determinada investigação, ou seja, seriam necessários oito votos.

Casa da mãe Joana

Em uma live quinta-feira, Bolsonaro afirmou que não poderia "investir 100%" no Aliança, legenda que pretende fundar, e cogitou voltar ao PSL, partido com o qual rompeu no final de 2019.

Saco de gato

O ex-capitão já disse que vai  conversar com o pessoal do PSL, apesar de ter saído atirando da legenda.

— Ali tem uns 43, 44 parlamentares que conversam comigo. Tem uns oito ali que não dá para conversar tendo em vista o nível para onde conduziu a política, entrando na questão pessoal. Mas a gente está conversando com o PSL também", disse Bolsonaro.

Não é bem  assim

No entanto, o Presidente nacional do PSL,  Luciano Bivar afirmou que o eventual retorno de Jair Bolsonaro ao partido passaria pela vontade da bancada da legenda no Congresso.

ÚLTIMA HORA

Nas primeiras horas de sábado, 15, o ministro Gilmar Mendes, do STF, decidiu derrubar a prisão de Fabrício Queiroz e Márcia Aguiar. Com isso, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro e a mulher não vão mais voltar à cadeia, como havia determinado sexta-feira o ministro Félix Fischer, do STJ.

É por isso que Queiroz estava tranquilo, contemplando a vida da janela do apartamento. Na decisão, Gilmar Mendes manteve a prisão domiciliar, que havia sido concedida em julho, durante o plantão no recesso do Judiciário, pelo presidente do STJ, João Otávio de Noronha.

ORGULHO

O bom exemplo vem de Brewton, no Alabama, perto da fronteira com a Flórida, nos EUA. Lá, casal Freddie e Lisa Thomas-McMillan criaram o restaurante Drexell & Honeybee’s , onde não há caixa registradora, nem preços. Apenas um espírito de solidariedade pra matar a fome das pessoas, pobres ou ricas. O cliente deixa o que puder em uma cabine privativa, perto da entrada do restaurante, mesmo que seja apenas um punhado de moedas, ou um pequeno bilhete de agradecimento. E o restaurante também oferece hospitalidade. Por pior que seja a situação da pessoa, ela não precisa se preocupar por ter não dinheiro para o almoço.

VERGONHA

Mais um filho do presidente Bolsonaro está enrolado com a justiça. Desta vez, o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro sendo investigado por supostamente empregar funcionários fantasmas no gabinete dele na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, informou o Ministério Público fluminense. O MP encontrou indícios da prática já no primeiro mandato dele na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, a partir de 2001. No relatório, o MPRJ afirma que “há indícios, ao menos em tese, do crime de peculato na contratação de servidores de Carlos Bolsonaro”. A Subprocuradoria-Geral de Justiça aceitou o pedido dos promotores e decidiu abrir um procedimento investigatório criminal.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.