BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito – FHC em defesa de Arthur Virgílio Neto


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já avisou que não contem com ele para ajudar a detonar a pretensão do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), de disputar as prévias para se lançar candidato a presidente do Brasil. Mas os caciques tucanos bem que tentaram. FHC foi escalado pelo PSDB para convencer Arthur Virgílio a não concorrer às prévias da sigla.

IGNOROU

FHC ignorou o pedido, por se sentir constrangido. Isso porque Virgílio é aliado de longa data. E até foi líder do governo na Câmara durante o mandato de FHC. E, na época, ocupou ainda o cargo de Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República.

RIO MADEIRA, ZONA DE CONFLITOS

A atividade garimpeira no no rio Madeira continua sendo, há décadas, uma área de conflitos onde todos perdem, principalmente o meio ambiente, decido ao impacto ambiental. Dessa vez o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) deu entrada com um pedido de liminar para suspender as licenças ambientais concedidas pelo governo estadual a garimpeiros que exploram ouro no Rio Madeira no sul do Amazonas. O pedido do MPF-AM foi protocolado, silenciosamente, na manhã de  na manhã de domingo (17).

BARRAR AS LICENÇAS

O objetivo do MPF–AM é barrar a decisão do governador Amazonino Mendes (PDT) que concedeu as licenças durante eventos em Humaitá e Manicoré.

BARRIL DE PÓLVORA

Amazonino Mendes concedeu as licenças 46 dias após garimpeiros revoltados com as constantes fiscalizações, incendiaram os veículos e as sedes de órgãos ambientais como o Ibama e o ICMbio no município de Humaitá.

SUJISMUNDO

Rua 24 de Maio, esquina com a avenida Getúlio Vargas , Centro de Manaus,  09h20. Um homem caminha com uma sacola de plástica na mão, onde carrega copos descartáveis usados, embalagens de quentinhas, garrafas Pet vazias e outros tipo de lixo. Olha para um lado, olha para o outro e, achando que ninguém está observando,  arranca a grade do bueiro e atira a sacola dentro.

DE QUEM É A CULPA?

Na próxima chuvarada, a área onde se encontra a lanchonete onde ele trabalha, vai alagar. E ele, claro, vai reclamar da prefeitura.

INVESTIGAÇÃO JÁ

O deputado Belarmino Lins (PROS) apoia a abertura de investigação por parte do Ministério Público Federal (MPF) contra quatro empresas prestadoras de serviço de transporte escolar no interior do Amazonas.

RASGUE O CONTRATO

Lins  anunciou a apresentação, nesta terça-feira (19), de requerimento ao plenário da Assembleia Legislativa propondo ao governador Amazonino Mendes a rescisão dos atuais contratos e o restabelecimento dos convênios diretos entre o Estado e os municípios.

DE VOLTA À POBREZA

Após uma década em queda, a pobreza voltou a crescer no Brasil devido à grave recessão entre 2014 e 2016. Na última sexta, o IBGE revelou que 52,2 milhões de pessoas viviam abaixo da linha da pobreza em 2016, o equivalente a 25,4% da população.

EXTREMA POBREZA

Na pobreza extrema, estão 13,35 milhões de brasileiros (6,5% da população). Desse total, 5,4 milhões se enquadram no critério do Banco Mundial para extrema pobreza. Vivem com menos de US$ 1,90 por dia ou R$ 133,72 por mês.

 

 

EM ALTA 

A generosidade do ator George Clooney, que  deu de presente aos 14 amigos mais próximos US$ 1 milhão, quase R$ 3,5 milhões. Esses amigos o ajudaram quando se mudou para Los Angeles para tentar a carreira de ator. “Eu vim para L.A., dormi no sofá de vocês. Tenho tanta sorte na minha vida de ter todos vocês e não poderia estar onde estou hoje sem todos vocês”, disse, ao entregar a maleta com o dinheiro.

EM BAIXA

A triste estatística do futebol brasileiro, apontado que nove torcedores morreram dentro ou fora dos estádios em 2017.  Segundo o professor, sociólogo e autor do livro “ A violência no futebol: novas pesquisas, novas ideias e novas propostas”, a quantidade de mortes nos estádios diminuiu de 2012 para 2017, mas a crueldade aumentou.

 

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.