BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito: “Eu atiro para matar, mas ninguém me leva preso!”


O transtorno demonstrado por Jair Bolsonaro (PL) diante da possibilidade de ser preso se perder as eleições de outubro já extrapolou os bastidores do governo e assustou apoiadores em uma reação considerada desesperada pelo presidente em conversa no último fim de semana.

Segundo informações de Guilherme Amado, no site Metrópoles, ao ser indagado por um apoiador sobre qual seria sua reação caso a polícia batesse à porta com mandado de prisão, Bolsonaro teria se descontrolado e respondeu de maneira agitada.

— Eu atiro para matar, mas ninguém me leva preso. Prefiro morrer! -, respondeu o ex-capitão.

A dois meses das eleições presidenciais com as pesquisas de intenção de votos, que mostram vitória de Lula (PT), inalteradas, Bolsonaro desenvolveu uma nova obsessão: o medo de ser preso.

Lula foi “ingênuo”

Interlocutores políticos dizem que o presidente está "transtornado" com a possibilidade e tem repetido que caso isso ocorra não será "ingênuo" como Lula, preso injustamente por 580 dias, e Michel Temer (MDB), que foi levado à cadeia por duas vezes, mas solto dias depois.

Nervosismo

Segundo a Folha de S. Paulo, o presidente tem demonstrado nervosismo e repetido frases semelhantes à que disse em um discurso no dia 7 de setembro do ano passado, em um ato na avenida Paulista: ‘Nunca serei preso’”.

Algoz da ZFM

O governo editou neste sábado (30) um decreto que determina a redução de 35% do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre produtos que não são fabricados na Zona Franca de Manaus.

Mesmo assim ainda tem político do Amazonas defendendo o presidente Jair Bolsonaro.

Nome aos bois

Para dar nome aos bois , aqueles que dispostos a morrer abraçado com Jair Bolsonaro são os deputados  federais Capitão Alberto Neto (PL-AM), Delegado Pablo (UB-AM)  e os eternos candidatos Coronel Menezes e Chico Preto.

Amor ao “mito”

Na Assembleia Legislativa quase por unanimidade nossos parlamentares dedicam “amor incondicional” ao “mito”.

E, se bobear,  darão outro título ao ex-capitão. Que sabe de “Defensor Eterno da ZFM”.

Morde e assopra

Em fevereiro, o governo havia cortado o IPI em 25%, e ampliou o corte para 35% em abril.

O ministro do STF, Alexandre de Moraes suspendeu a ampliação para bens que são produzidos na Zona Franca, atendendo a pedido do partido Solidariedade, que alegou que a redução afrontaria a proteção constitucional da região.

Síndrome de Estocolmo

Quer dizer, quanto mais Bolsonaro ferra o Amazonas, mais nossos políticos o amam.

Deve ser  tal da “síndrome de Estocolmo”,  um fenômeno psicológico em que vítimas desenvolvem um relacionamento de lealdade e solidariedade com seu agressor.

Babita na conta

Já estão depositados nas contas do governo do estado mais R$ 97,6 milhões referentes aos precatórios do antigo Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério).

A informação foi divulgada pelo  deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) divulgou na noite desta segunda-feira (1º).

Vai ser pago de imediato?

Esses valores referem-se a diferenças pagas a menor pelo governo federal nos anos 1990.

A expectativa é que ainda nesta semana seja enviada uma Mensagem Governamental para regulamentação do benefício aos professores que têm direito.

—  Vai ser pago agora de imediato? Não. O governo do estado deverá encaminhar ainda esta semana uma mensagem de um projeto de lei para regulamentar o assunto. Espero que ainda esta semana chegue –, disse.

Venda de terras

Os parlamentares pediram ao Ministério Público Federal que investigue se o Grupo Masaveu usou a empresa brasileira Agrocortex para comprar a fazenda Novo Macapá, nos municípios de Pauini, Boca do Acre e Manoel Urbano, entre o Amazonas e o Acre.

Boca no trombone

Aqueles que colocaram a boca do trombone são os  deputados Capitão Alberto Neto, do PL; Valtenir Pereira, do MDB; Vander Loubert, do PT; e o senador Plínio Valério, do PSDB.

Abocanhando a Amazônia

A suspeita é que o grupo espanhol seja dono de 100% das ações da Novo Macapá, um extenso trecho da Floresta Amazônica, rico em madeira de lei, especialmente mogno.

Pela lei, empresa estrangeira pode controlar, no máximo, 49% de uma propriedade rural.

Marina recusou

Marina Silva segue candidata a deputada federal e terá o apoio do PT e de Haddad

A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede) descartou a possibilidade de ser vice na chapa do ex-prefeito Fernando Haddad, candidato do PT ao governo de São Paulo.

Marina alegou que sua causa é a defesa da Amazônia e, por isso, precisa ser eleita deputada federal para atuar na Câmara.

PT apoia

Haddad revelou que Marina declinou do convite na segunda-feira, quando o ex-prefeito a visitou em sua casa, em São Paulo.

— Ela (Marina) me agradeceu muito a sondagem, mas falou 'pela Amazônia, acho que o meu lugar é Brasília'. Disse com todas as letras que o lugar dela é Brasília. E nós vamos lutar pela sua eleição como deputada federal – disse Haddad

ÚLTIMA HORA

Militares vão inspecionar urnas após pedido do Ministério da Defesa

O  Tribunal Superior Eleitoral (TSE) agendou para esta quarta-feira o acesso de técnicos das Forças Armadas aos códigos-fontes das urnas eletrônicas. Os militares, segundo apurou O GLOBO, poderão fazer a inspeção entre 10h e 18h. A autorização da Corte Eleitoral foi dada após o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, encaminhar na segunda-feira um novo ofício classificado como "urgentíssimo" pedindo acesso os códigos-fontes . De acordo com o TSE, o acesso aos códigos-fonte do sistema de votação foi aberto em outubro de 2021, um ano antes da realização do pleito.

O prazo para que as entidades fiscalizadoras inscrevessem os técnicos para analisar os códigos-fonte está aberto desde o dia 4 de outubro de 2021. Desde que as inscrições foram abertas, sete entidades, entre partidos políticos e o Legislativo, já se inscreveram para analisar o material.

ORGULHO

O ídolo Leonel Messi, de 35 anos, quebrou protocolos da equipe de segurança para realizar o sonho de um menino, um fã mirim, que queria tirar uma selfie com o jogador do PSG. O garotinho estava desesperado para conseguir a foto com o craque e conseguiu. Quando Messi estava deixando o campo depois de conquistar seu segundo título no time parisiense – na visita do PSG a Tel Aviv para disputar a Supercopa da França – o garotinho entrou no campo e chegou pertinho do jogador. Os seguranças afastaram a criança, mas Messi viu e mostrou simplicidade. Ele tranquilizou a equipe e se aproximou do garoto para tirar a foto.

VERGONHA

Sérgio Azevedo Oliveira, empresário bolsonarista, cuspiu no rosto da professora que gritou 'Fora Bolsonaro"

O empresário bolsonarista Sergio Azevedo de Oliveira bateu e cuspiu no rosto da professora Ana Cláudia Ponciano após ela ter gritado “fora Bolsonaro” durante uma manifestação a favor do presidente no último domingo (31/7) em Teresópolis, cidade da região serrana do Rio de Janeiro. Ana Cláudia disse que estava com seus filhos na praça central de Teresópolis quando foi agredida. O empresário ouviu os gritos de “Fora Bolsonaro” da professora, saiu de seu veículo, que acompanhava a manifestação a favor do presidente, e bateu e cuspiu em seu rosto. Questionado sobre agressão, o covarde negou, e apenas disse que “não sabe de nada”.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.