Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Eleição não é cabide de emprego


Muita gente vem dando pitaco sobre quem será o  candidato do prefeito Arthur Virgílio (PSDB) à sucessão na Prefeitura. Alguns dizem que é o ex-governador interino, David Almeida Avante). Outros citam a ex-deputada Conceição Sampaio (PSDB). Outros arriscam o palpite que o prefeito, às vésperas da eleição, “não tem candidato”.  

Mas ontem, durante a  inauguração da praça do Caranguejo, questionado pela imprensa, o prefeito mandou um recado para que os eleitores busquem candidatos “que tenham causas”.

—  Considero que para ser candidato é preciso ter uma causa, isso legitima uma candidatura, e não porque a eleição é uma oportunidade de emprego. No futuro, devemos buscar candidatos que tenham causas,  para que o povo de Manaus saiba escolher seus vereadores, seu prefeito ou prefeita –, aconselhou o tucano.

Minha causa é Manaus

Virgílio disse aos jornalistas que ainda não está pensando nas eleições municipais deste ano.

Sua preocupação no momento é seguir trabalhando diariamente para entregar uma cidade organizada ao próximo gestor ou gestora.

— Meu candidato é fazer Manaus cada vez mais bonita. Por enquanto, minha causa é Manaus.

Reforma vem aí

Mesmo assim, sem ainda ter um nome para apoiar, Arthur vai mexer na máquina administrativa.

O prefeito confirmou que deve realizar uma nova reforma administrativa para considerar transições entre secretários que têm pretensões eleitorais.

Enquadrando Weintraub

O senador Eduardo Braga (PMDB) fez nesta segunda-feira, 27, um apelo em nome de todos os estudantes do país, “e não apenas dos amazonenses”, em sua página no Facebook.

Na verdade,  foi um gancho de esquerda no fígado do ministro da Educação,  Abrahan Weintraub, de quem cobrou  uma solução breve para a questão do exame nacional de Educação (Enem), que “deixou milhões de estudantes brasileiros prejudicados.

Discursos irônicos

De acordo com o senador, “discursos irônicos revanchistas não irão resolver um problema  que bota em risco sonhos que são perseguidos com suor e lágrimas de jovens que vivem um momento decisivo em suas vidas”.

— Vamos em busca de solução, sr. ministro! –, disparou Eduardo.

Dor de irmão

O cantor e compositor João Bosco desembarcou nesta segunda-feira em Manaus, onde faz show logo mais no teatro Manauara.

O artista chegou triste e pediu um tempo à imprensa, se recolhendo no hotel.

Dor de irmão 2

Não é pra menos. Bosco perdeu, no domingo, o irmão Tunai, também grande compositor.

Apesar da dor, decidiu não cancelar o show de Manaus.

Ciro sem a Hilux

A Justiça de São Paulo determinou a penhora de uma pick-up Toyota Hilux do ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT).

O bloqueio é para que o ex-presidenciável pague a indenização ao vereador Fernando Holiday (DEM) por tê-lo chamado de “capitãozinho do mato”.

Danos morais

Em fevereiro de 2019, Ciro foi condenado em primeira instância no processo no qual Holiday, ligado ao MBL (Movimento Brasil Livre), pede R$ 38 mil de indenização por danos morais.

— Imagina, esse Fernando Holiday aqui. O capitãozinho do mato, porque é a pior coisa que tem é um negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que era o capitão do mato do passado –, disse Ciro, que foi candidato à Presidência da República em 2018.

BBB acha normal zoofilia

O bate papo na  piscina do Big Brother Brasil 2020 entre os participantes Mari Gonzalez e Felipe Prior acabou em denúncia no Ministério Público do Rio de Janeiro.

Os dois estão sendo denunciados por fazer apologia à zoofilia.

É normal

Felipe comenta que já ouviu casos de zoofilia onde trabalhava.

— Os peões lá da obra já falaram que no nordeste mandava pau. O meu funcionário ‘comia’ as cabras tudo. A influencer comenta que tem gente “que fica excitado mesmo” em ter relações sexuais com animais.

—  Tem gente que fica excitada mesmo. É anormal para nós, mas é normal para a pessoa e tudo bem também se a pessoa quer comer (no sentido sexual) um animal —, concordou Mari.

Isso é crime

O delegado e deputado estadual Bruno Lima (PSL) ficou indignado e decidiu acionar o Ministério Público do Rio de Janeiro para apurar um suposto caso de apologia à zoofilia no reality show da TV Globo.

— Zoofilia é crime, não é normal. Queria vê-los fazendo resgate de animal estuprado e falarem que é normal –, disse Bruno Lima em sua rede social.

Boa, vereador!

Idosos e pessoas portadoras de deficiência terão isenção do pagamento no estacionamento rotativo Zona Azul.

Ao menos é o que propõe projeto do vereador Ewerton Wanderley (sem partido), que está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Estacionamento gratuito

O benefício da isenção será concedido mediante apresentação do cartão de gratuidade de estacionamento.

E  os beneficiados poderão usufruir desse direito mesmo que seus

veículos estejam estacionados em vagas que nãos sejam prioritárias.

Casamento na aldeia

O amor é lindo. E na floresta, mais ainda.

É nesse clima que duas etnias, 35 comunidades e 806 casais farão um mega casamento coletivo indígena que vai acontecer entre os dias 11 e 14 de fevereiro no município de Benjamin Constant, a 1.118 quilômetros de Manaus, no Amazonas.

Índios na hora do “sim”

Os casais foram divididos para três cerimônias, que vão acontecer ao longo dos quatro dias, nas comunidades Feijoal, Filadélfia e Guanabara 3.

As celebrações vão respeitar as tradições culturais dos índios, que terão o casamento civil gratuito.

Quem banca

As bodas indígenas está sendo organizada pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas em parceria com a Funai, Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do Amazonas, prefeitura de Benjamin Constant e governo do Estado.

Verde oliva

O casamento coletivo também conta com o apoio do Exército, da Marinha, do Batalhão de Polícia Militar de Tabatinga e do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Solimões.

As instituições estão dando suporte logístico e de estrutura para a realização das cerimônias, que vão ocorrer em locais de difícil acesso.

EM ALTA

Mais uma ação de bondade de Bon Jovi: agora ele abriu um restaurante para universitários que não têm dinheiro para pagar pelas refeições. Nesta semana, o astro do rock de 57 anos – junto com sua esposa Dorothea Hurley – abriu o terceiro restaurante Soul Kitchen em Nova Jersey, nos EUA. Bon Jovi disse que pretende “desempenhar um papel no alívio da insegurança alimentar entre estudantes universitários e dar-lhes o apoio necessário para alcançar seus sonhos”.

EM BAIXA

A desavença entre o ator Thammy Miranda e o deputado Carlos Bolsonaro ganhou mais uma capítulo nesta segunda-feira (27). No Instagram, o filho da cantora Gretchen cobrou uma “atitude de homem” do político. “Ele correu. Não me deu uma resposta. Estou esperando uma resposta dele, o posicionamento dele. Mas [posicionamento] de homem e não ficar postando fotinho”, disse Thammy. A crise entre dois começou após Carlos postar uma foto do parto de Bento, filho de Thammy e Andressa Ferreira. Sem entender, o ator questionou o político sobre a publicação, mas Carlos não o respondeu.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.