BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Deputados do Amazonas “descobrem a pólvora”


Os deputados do Amazonas ocuparam a sessão desta quinta-feira,  16, da Assembleia Legislativa para chegar a uma conclusão que os habitantes de Manaus todos já sabem: o grande problema da criminalidade no Amazonas é o narcotráfico.

O deputado Álvaro Campelo (Progressistas) acendeu o estopim ao dizer que houve um aumento de 34% no número de assassinatos na cidade.

— Este ano, somente nos primeiros seis meses, já temos 476 assassinatos. As facções criminosas dominaram algumas localidades no Amazonas –,  afirmou Campelo, reforçando que o apelo para que haja uma ação conjunta das forças de segurança do Estado e da União.

Dermilson Chagas (sem partido) que sempre culpa o governo do estado por tudo – até quando chove muito –, disse que a partir do momento o tráfico de drogas entra no território amazonense é responsabilidade de quem? Do governo do Estado, ora bolas!

A culpa e de quem?

E claro, Chagas baixou o cacete no governador Wilson Lima. Criticou a cúpula da segurança pública do Amazonas e enumerou um  monte de coisas erradas no sistema.

Dermilson para xerife

São ouvir as cutucadas, o  líder do governo na Casa, deputado Felipe Souza (Patriota), saltou nas tamancas. Enumerou dados da segurança pública e disse que concursos estão previstos para aumentar o efetivo das polícias e sapecou:

— Vejam, o governador já tem um forte candidato a secretário de Segurança, que sabe como resolver todos os problemas: Dermilson Chagas. Não podemos desperdiçar tanta competência – alfinetou Souza.

Tráfico virou empresa

Em aparte, o deputado Cabo Maciel (PL) disse que, ao longo dos anos, o sistema de segurança está perdendo força, por vários motivos, entre eles a falta de concurso público para renovar o quadro de policiais.

— Os investimentos foram fracos, o narcotráfico cresce porque tem planejamento e investimento, por isso se alastrou na capital e no interior.  Sem planejamento, estratégia e investimento não vamos avançar no combate ao tráfico de drogas –, concluiu.

Eureka! Taí a solução!

Então, tá. A solução foi levantada pelo Cabo Maciel. É só chamar os narcotraficantes para ministrarem palestra e cursos sobre planejamento e investimento.

Não é justo!

E por falar em governo do Estado, a Mix FM veiculou denúncia grave que deve ser apurada urgentemente por Wilson Lima para dar uma satisfação à sociedade.

De acordo com a matéria, 300 enfermeiros estão há seis meses atuando nas UTIs de tratamento de Covid-19 da rede estadual de saúde sem receber seus salários.

Boca no trombone

A boca no trombone é da presidente do Instituto de Enfermeiros de Terapia Intensiva (IETI), Suzany Teixeira.

Segundo ele, foram pagos os salários dos enfermeiros referentes aos meses de janeiro e fevereiro deste ano. Mas, nos meses de março, abril, maio, junho, julho e agosto ficaram a ver navios.

Manaus suspende vacina

A prefeitura de Manaus seguiu a orientação do Ministério da Saúde e  determinou a suspensão da aplicação de vacinas contra a Covid-19, para o público de 12 a 17 anos, a partir desta sexta-feira, 17/9, na capital.

Justificativa

De acordo com a  Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid), apesar da vacina da Pfizer/BioNTehc estar autorizada pela Anvisa, para uso em adolescentes no Brasil, a recomendação para imunização dessa população foi revista.

A partir de agora, serão vacinados somente os que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade.

Bolsonaro em queda livre

A reprovação ao governo Bolsonaro oscilou 2 pontos percentuais em relação ao levantamento feito em julho: 53% consideram o governo ruim ou péssimo, o pior índice do mandato.

Na última pesquisa, eram 51%.

É o que aponta levantamento do Instituto Datafolha divulgado nesta quinta-feira (16) pelo site do jornal "Folha de S.Paulo" .

PEC Ramos

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos, de autoria do vice-presidente da Câmara, o deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), é considerada no meio político uma alternativa à PEC dos Precatórios do governo federal, e já conta com a simpatia de setores do próprio governo.

Bolsa Família

Pelo texto de Ramos, os precatórios – dívidas com decisão judicial – ficariam fora do Teto de Gastos, o que abriria espaço fiscal para o aumento do Bolsa Família e garantiria, ainda, o pagamento dos precatórios do Funded a que os professores teriam direito em 2022.

Entenda

A emenda de Ramos à Constituição autoriza pagar fora do teto a diferença do valor corrigido dos precatórios em 2016, ano em que foi aprovado a emenda do teto do gasto. Isso daria ao governo um espaço de R$ 20 bilhões no orçamento de 2022.

Segundo os cálculos do vice-presidente da Câmara, são necessários R$ 26 bilhões para viabilizar o novo Bolsa Família com benefício mensal de R$ 300.

Então, tá!

Do vice-presidente, general Hamilton Mourão:

— E que se o ex-presidente Lula (PT) ganhar as eleições de 2022 para a Presidência, assume tranquilamente.

ÚLTIMA HORA

Pra ajudar Bolsonaro, Lira quer resolver até preço da gasolina. Mas nem fala em impeachment

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), cobrou mais esclarecimentos públicos da Petrobras em relação aos preços dos combustíveis e da logística do gás. Segundo ele, a estatal precisa ter uma política de preços clara e pensar no País, sobretudo neste momento de crise energética e de saída da pandemia. Atualmente, a estatal petrolífera aumenta os preços de acordo com a variação cambial do dólar e da cotação internacional do petróleo. É a diabólica política de paridade internacional (PPI) adotada em 2016 a partir do golpe de Michel Temer (MDB), que Bolsonaro insiste em manter. Na prática, os brasileiros recebem seus salários defasados em real enquanto o gás de cozinha e a gasolina são comprados em moeda americana.

De acordo com o IBGE, a gasolina acumula alta de preço de 31,1% entre janeiro e agosto, contra uma inflação geral de 5,7% (IPCA). O diesel e gás de cozinha (GLP) também concentram altas (28% e 23,8%, respectivamente). O valor dos combustíveis impacta a geração das usinas termelétricas movidas a gás natural e óleo diesel.

ORGULHO

Generosidade: Prefeita Auxiliadora, de Barreira (CE) abriu mão do salário

A prefeita Dra. Auxiliadora, do município de Barreira, no Ceará,  abriu mão do próprio salário para pagar um auxílio mensal para famílias de baixa renda. Ela decidiu trocar o salário de R$ 10 mil reais como prefeita para continuar recebendo como professora, já que é concursada e teve que escolher um dos dois salários quando foi eleita. Auxiliadora vai usar o dinheiro do salário de prefeita para bancar um programa de transferência de renda, chamado Barreira Sem Fome, para ajudar a população mais vulnerável da cidade.

VERGONHA

Igor Tino: deputado esqueceu o microfone aberto e xingou o presidente Arthur Lira

O deputado federal Igor Timo (Podemos-MG) xingou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), durante sessão em plenário que votava destaques do novo Código Eleitoral, na madrugada desta quinta-feira (16). O parlamentar não percebeu que o microfone estava aberto.

— Já tá encerrando. Não vai deixar eu falar de novo. Quer ver que filho da p..., – disse o deputado. De imediato, Lira questionou quem havia se manifestado e passou a palavra a Timo. O deputado tentou minimizar a situação elogiando o presidente da Câmara e a deputada federal Margarete Coelho (PP-PI), relatora do novo Código Eleitoral, que estava em votação na sessão.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.