Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Dito & Feito – De asa dura está mais difícil

Sair de Manaus para o interior do estado de avião não é uma tarefa fácil e agora ficará ainda mais difícil.Na última quarta-feira (21), a empresa aérea MAP foi vendida para a Passaredo Linhas Aéreas, que tem sede em Ribeirão Preto (SP). Com a venda da companhia, o setor aeroviário local está apreensivo com o risco da diminuição dos voos e demissões na capital e interior.

100% do controle

A Passaredo Linhas Aéreas anunciou a aquisição de 100% do controle societário da empresa MAP Linhas Aéreas Ltda.  

28 destinos

Com 28 destinos no Brasil, a nova empresa formada pela união das duas companhias aéreas prevê chegar a 37 localidades no país. 

Manaus

Segundo comunicado, o objetivo da Passaredo é manter todas as operações atuais da MAP, assim como todos os postos de trabalho nas bases operacionais e na sede da empresa, em Manaus.

Turbulência

A preocupação com a venda da MAP foi repercutida pelo deputado Fausto Júnior (PV), na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).Ele lembrou que a MAP é a única a empresa de aviação com linhas para o interior do Amazonas.

 Fogo cerrado 

 O assunto mais comentado no Twitter nas últimas horas é a Amazônia. A região que concentra a maior floresta tropical do mundo está passando por uma crise decorrente das diversas queimadas que estão destruindo a mata.A hashtag #PrayforAmazonas ocupa o primeiro lugar nos trending topics mundiais.

O povo quer saber

”Seria comum a intensificação das queimadas nesta época do ano? A resposta é não. De janeiro a agosto, as queimadas na Amazônia brasileira dobraram em relação ao mesmo período do ano passado.

53 mil focos

Em 2019, mais de 53 mil focos foram registrados no Norte do País e em parte do Maranhão. Em 2018, esse número foi de 26,5 mil.Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Plínio responde a Maia

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) criticou, em plenário, declaração do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, veiculada na imprensa local do Amazonas. Maia, afirmou o senador, disse que é preciso que se substitua a Zona Franca de Manaus por um novo modelo de desenvolvimento econômico.

 Então me diga

“Eu perguntei e pergunto ao deputado Rodrigo Maia: se ele me mostrar um modelo que seja econômico e ambiental, um modelo que dê mais de 100 mil empregos diretos…”

“Um modelo que preserve a floresta, como a Zona Franca preserva, um modelo que dê US$98 milhões por ano, é só ele me dizer qual é esse modelo que nós do Amazonas vamos, na hora, substituir o da Zona Franca de Manaus”, disse.

Republicanos

O Partido Republicano do Brasil (PRB) entrou para o time das siglas que trocaram de nome. Desde a semana passada, a agremiação partidária se chama Republicanos.No Amazonas, o Republicanos tem dois deputados federais, um deputado estadual e um vereador na cidade de Manaus.

Sopa de letrinhas

Entre os partidos que mudaram de nome neste ano estão o PR, que voltou a ser Partido Liberal (PL), o PPS que adotou o nome de Cidadania e o PP que virou Progressistas.No ano passado, o PTN já tinha virado Podemos e o PT do B trocou para Avante.

Ouvidorias nas escolas

A Prefeitura de Manaus e o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) assinaram um de termo de parceria para a implantação de um projeto-piloto de ouvidoria nas escolas ainda em 2019.No total, o projeto será realizado em 14 unidades de ensino de todas as zonas de Manaus.

Manaus mais limpa

A operação “Manaus Mais Limpa”, da Prefeitura de Manaus, já retirou, nos primeiros sete meses deste ano, um total de 4.452 placas publicitários instalados em locais inadequados e não regulamentados, proibidos por lei.

Promoção e bala

A deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) aplaudiu a  as promoções 1.000 policiais militares e a entrega de armamentos para a PM, Polícia Civil e Secretaria de Administração Penitenciária.

“O Governo assegurou também que o pagamento da última parcela do reajuste pendente dos militares será feito ainda este mês”, festejou a vice-presidente da Aleam.

EM ALTA

Como forma de lembrar a importância da preservação ambiental e conservação da Floresta Amazônica, o Mineirão iluminou, nesta quinta-feira, sua fachada com a cor verde, símbolo das matas na bandeira brasileira. Por ter uma política de sustentabilidade forte, o Mineirão recebeu um selo internacional no padrão mais elevado por seu projeto sustentável e responsabilidade ambiental. 

EM BAIXA

O brasileiro que costuma viajar de avião sofreu com algumas complicações no primeiro semestre de 2019. O principal ponto das preocupações foi a grande quantidade de voos atrasados. O número de passageiros afetados saltou de 500 mil para um milhão apenas nos primeiros seis meses do ano. As causas para um voo atrasado são diversas: más condições meteorológicas, manutenções não programadas, conexões para outros voos e sumiço de passageiro.

Deixe uma resposta