Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito – Candidatura só depois da “quarentena”


Juízes, procuradores e policiais que pretendem virar político vão ter que dar um tempo.

Partidos do Centrão articulam a votação de um pacote de projetos que propõem, dentre outros itens, a quarentena de até seis anos para que eles – juízes, procuradores e policiais –, possam se candidatar nas eleições, além da proposta sobre o fim do foro privilegiado, ampliando para integrantes do Ministério Público e do Judiciário. Dessa forma, o projeto poderá atingir o Aliança pelo Brasil, novo partido de Jair Bolsonaro, já que presidente tem grande afinidade com as Forças Armadas.

Seduzidos pela política  

Se cenário das próximas eleições repetir 2018, a história será diferente.

Se a regra valesse naquela eleição, muitos candidatos seriam prejudicados. Naquele ano, o número de eleitos ligados às forças de segurança e ao Judiciário chegou a 61 deputados e nove senadores.

Largando a toga

A proposta de quarentena partiu de líderes do PP e do Solidariedade, que querem levar a discussão para integrantes do Judiciário, Ministério Público e forças de segurança.

Dá um tempo

Se aprovado, o texto elevará de seis meses para seis anos o prazo de desincompatibilização para aqueles que desejem disputar qualquer cargo nas eleições.

Para ministros

Os demais agentes públicos, como ministros de Estado, governadores, secretários e prefeitos, continuarão com a quarentena de seis meses.

Mirem-se no exemplo

Noruega, Alemanha e Grã-Bretanha declararam nesta quarta-feira que gastarão até US$ 366 milhões (algo em torno de R$ 1,5 bilhão) nos próximos cinco anos para ajudar a Colômbia a reduzir o desmatamento em sua floresta amazônica.

O Brasil de Bolsonaro bem que podia seguir o exemplo, né não?

É muita grana

As três nações apoiaram, desde 2015, os esforços da Colômbia para a preservação de áreas florestais que cobrem quase 60 milhões de hectares.

Até agora, já investiram cerca de US$ 180 milhões (R$ 741 milhões).

Enquanto isso, no Brasil…

A Noruega suspendeu em agosto suas doações apoiando projetos para conter o desmatamento no Brasil depois que o governo brasileiro bloqueou as operações do fundo que recebe a ajuda, disse o ministério norueguês de Clima e Meio Ambiente.

Braga aplaudiu

O líder do MDB, senador Eduardo Braga (AM), classificou a aprovação do “pacote anticrime”, o projeto de lei (PL) 6.341/2019), que modifica a legislação penal e processual penal para torná-la mais rigorosa, como uma “vitória da democracia” em função do processo de aperfeiçoamento pelo qual ele passou desde a sua apresentação ao Congresso.

Obra inacabada

Além do grupo de trabalho, Braga lembrou que o texto recebeu influências de uma proposta anterior, de autoria do ex-ministro da Justiça Alexandre de Moraes.

— Ninguém encaminha uma obra acabada. O Congresso precisa se debruçar sobre os projetos e contribuir.

É o que se espera

Da forma como aprovado pelos deputados, na noite desta quarta-feira, 11, o projeto contém medidas com objetivo de combater o crime organizado, o tráfico de drogas e armas.

Também vai jogar pesado contra  a atuação de milícias privadas, os crimes cometidos com violência ou grave ameaça e os crimes hediondos.

BR 317 afunda

O deputado Adjuto Afonso (PDT) apelou ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para tentar resolver a situação da BR 317, rodovia federal, que liga Rio Branco (AC) ao município de Boca do Acre, na Calha do Purus.

Libera a carne

A estrada está interditada há mais de três dias, do quilometro 60 ao 80.

Isso impossibilita o escoamento da produção. Boca do Acre tem o maior rebanho do Estado do Amazonas e essa carne é toda escoada via essa BR 317.

Presente de Natal

Os vereadores de Manaus aprovaram durante a sessão ordinária desta quarta-feira (11/12), o Projeto de Lei (PL) 400/2019 que fixa o reajuste salarial da data base para os servidores contratados em regime temporário.

Reajuste de 6%

Para os servidores contratados por tempo determinado (temporários) da administração direta e indireta, o reajuste aprovado pelos vereadores, conforme proposto no PL encaminhado pelo Executivo, foi de 6% com base no salário de dezembro de 2019.

Plano de Cargos

A Câmara também aprovou  o PL 411/2019, que cria o Plano de Plano de Cargos, Careira e Remuneração (PCCR), dos servidores públicos estatutários da área não especifica, da administração direta e indireta da Prefeitura de Manaus.

Universidade vai parar

Em  assembleias realizadas em Manaus e nas unidades fora da sede,  professores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) aprovaram o estado de greve a partir do primeiro semestre letivo de 2020.

EM ALTA

A ativista sueca Greta Thumberg entrou, nesta quarta-feira (11), para um grupo muito seleto de pessoas. A adolescente de 16 anos, que se dedica à causa da defesa do meio ambiente, foi escolhida como a personalidade do ano pela revista americana “Time”. A jovem, que começou o ativismo com protestos solitários em frente ao parlamento da Suécia há um ano e meio e, com a ajuda das redes sociais, passou a atrair simpatizantes no mundo inteiro, está mesmo crescendo.

EM BAIXA

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a atacar a ativista ambiental sueca Greta Thunberg durante encontro com jornalistas na tarde desta quarta-feira, 11, em frente ao Palácio da Alvorada. “Uma pirralha de 16 anos fala qualquer besteira lá fora, qualquer besteira, falou para dar porrada no Brasil, e o pessoal dá destaque. Ela, inclusive, disse agora que os índios morreram porque estavam defendendo a Amazônia. Ninguém sabe a causa ainda, estão apurando”, disse.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.