BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - CABEÇA DO CACHORRO – Ex-comandante do CMA agora se volta contra a Amazônia


O general Augusto Heleno, ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência, autorizou o avanço de sete projetos de exploração de ouro numa região praticamente intocada da Amazônia, gesto inédito do Conselho de Defesa Nacional nos últimos dez anos. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Heleno, que despacha no Palácio do Planalto e que se coloca como um dos principais conselheiros de Jair Bolsonaro, é secretário-executivo do Conselho de Defesa, órgão que aconselha o presidente em assuntos de soberania e defesa.

Cabe ao ministro do GSI dar aval ou o não a projetos de mineração na faixa de fronteira, numa largura de 150 km.

Com base em projetos encaminhados pela ANM (Agência Nacional de Mineração), o general autorizou em 2021 sete projetos de pesquisa de ouro na região de São Gabriel da Cachoeira (AM).

Em terras indígenas

O lugar é conhecido como Cabeça do Cachorro e está no extremo noroeste do Amazonas, na fronteira do Brasil com a Colômbia e a Venezuela. Na região estão 23 etnias indígenas. São Gabriel da Cachoeira é a cidade mais indígena do Brasil.

A Cabeça do Cachorro é uma das áreas mais preservadas da Amazônia e uma das últimas fronteiras sem atividades que resultam em desmatamento elevado.

Não vai ficar por isso

Em tempo: Após vir à tona a notícia de que o  general Heleno, deu aval para projetos de garimpo de ouro em áreas intocadas da Amazônia, deputados da oposição começam a se articular contra o militar, um dos principais conselheiros de Jair Bolsonaro.

O PSOL prepara uma representação a ser protocolada junto ao Ministério Público Federal (MPF).

Façam as suas apostas

O deputado Felipe Souza (Patriota) está defendendo a volta da lotérica estadual  para garantir mais investimentos em segurança pública, habitações populares, educação e saúde.

STF legalizou

Para isso, o parlamentar fez um apelo ao governador Wilson Lima, lembrando que o jogo é legal, de acordo com a decisão do Superior Tribunal Federal (STF) na ADI 4986, que definiu que a União não tem a exclusividade para explorar loterias.

Mirem-se no exemplo

Felipe lembra que desde a decisão do STF sobre esse fim, os estados vêm se movimentando para criar suas próprias lotéricas.

O caso mais recente é do Paraná, em que o governo do estado enviou, em outubro deste ano, o projeto de criação ao Poder Legislativo Estadual.

Deputado quer a volta da lotérica estadual 

Olho no mosquito

A  Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) detectou  uma redução no número de bairros considerados de alta vulnerabilidade para Aedes aegypti.

O resultado do 2º Diagnóstico de Infestação do mosquito,  realizado no mês de novembro, aponta que Manaus apresenta um Índice de Infestação Predial de 2,5%.

Isto significa dizer que permanece  em médio risco para as doenças transmitidas pelo mosquito (médio risco compreende valores entre 1,0 e 3,9).

Em comparação com os resultados do 1º Diagnóstico de Infestação de 2021, realizado em junho, Manaus saiu de para 14 bairros no 2º Diagnóstico.

Marina sai da toca

Ex-ministra do Meio Ambiente e uma das principais lideranças políticas da Rede Sustentabilidade, Marina Silva criticou uma declaração de André Mendonça, futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Após ter o nome aprovado no Senado na quarta-feira (1/12), Mendonça disse que a entrada dele na Corte era “um passo para o homem, mas um salto para os evangélicos".

Pau no Mendonça

A ex-candidata a presidente disse que o povo brasileiro espera que os ministros do STF sejam juízes impessoais e imparciais, com o devido saber jurídico para, em conformidade com nossas leis e a nossa Constituição, promoverem a justiça para todos os habitantes do país que ali recorram.

—  Não se espera que ministros do STF sejam a representação de qualquer segmento da sociedade. O espaço da representação política é o parlamento –, escreveu em uma postagem no Instagram.

Sérgio Amaral

O fotógrafo Sérgio Amaral lançou um site de venda de fotografias na última quinta-feira (2/11) . A ação se dá como meio de arrecadação de fundos para custear gastos com problemas de saúde.

O fotógrafo está com câncer de pulmão em fase inicial e sequelas de uma fratura no úmero, além de problemas de postura, adquiridos após dois meses de internação hospitalar.

Amazônia na lente

Ao todo são oito fotografias feitas na Amazônia de 1990 a 1999 e que retratam o cotidiano local.

Com mais de 40 anos dedicados ao fotojornalismo, Sérgio Amaral passou pela redação de diversos jornais.

Prêmio Esso

Princesa Diana, um dos trabalhos de Sérgio Amaral

Iniciou a carreira em 1977 e acumula prêmios como o Esso de Fotografia de 1992. Ganhou também  o grande prêmio do Salão Finep de Fotojornalismo de 1996.

Além da  medalha de excelência gráfica da Society for News Design, na categoria ‘editor de fotografia’ pelo CB e o prêmio ONU Habitat de 2014.

Compre e ajude

Os interessados podem adquirir as fotos encaminhando o pedido ao e-mail amafoto@gmail.com, com o assunto "Encomenda de fotos".

Alô, prefeitura!

Toda cidade que se preza tem uma estátua de um vulto histórico, um fundador, um benemérito  ou figura que tenha sido importante para a sociedade, Geralmente esses monumentos são erguidos em vias principais ou logradouros em destaque no traçado urbano. No entanto, em Manaus, no principal cruzamento da cidade – Avenida Sete de Setembro com a Avenida  Eduardo Ribeiro – o que existe é uma tenda da Polícia Militar – o que não deixa de ter sua importância e utilidade –,mas não seria mais representativo uma estátua do governador Eduardo Ribeiro, por sua importância para Manaus? Co todo respeito ao trabalho da  PM, a  tenda, da forma que está erguida, polui a paisagem urbana do coração de Manaus.

ÚLTIMA HORA

Barroso dá 48 horas para Bolsonaro explicar por que não exige o passaporte da vacina

Bolsonaro terá que se explicar sobre o passaporte da vacina ao ministro Barroso, do STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de 48 horas para o governo federal se manifestar sobre a exigência do “passaporte da vacina” de viajantes que desembarcam no Brasil.

O despacho é desta segunda-feira (6) e vai dar suporte para o ministro julgar a ação do partido Rede Sustentabilidade, que quer que os viajantes apresentem o comprovante de vacinação contra a Covid-19 ou cumpram quarentena ao chegar no país.

O partido afirma que o governo expõe a população ao contágio da nova variante do coronavírus, a ômicron, ao não adotar as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em nota técnica emitida em novembro, a agência sugeriu que as restrições de mobilidade na fronteira sejam revistas frente às novas variantes do coronavírus.

ORGULHO

A modelo Gisele Bündchen resgatou de uma tartaruga marinha que estava presa em uma rede de pesca. O vídeo postado no Instagram dela, comoveu a todos!

A brasileira contou que localizou o animal após o cachorro dela latir em direção a uma pilha de lixo na praia. Depois de conseguir soltar a tartaruga, Gisele ainda a carregou até o mar!

VERGONHA

Juristas do movimento Frente Ampla Democrática pelos Direitos Humanos redigiram uma ação, a ser protocolada na Justiça Federal do Rio de Janeiro, em que afirmam que há inconstitucionalidade na detenção da mulher de 40 anos que supostamente ofendeu o presidente Jair Bolsonaro em Resende (RJ), no último sábado 27. O pedido da ação é para que a Justiça instaure um inquérito policial que apure a prática de abuso de autoridade na detenção da mulher. O caso ocorreu quando Bolsonaro acenava para motoristas na Via Dutra. A mulher teria passado de carro, no banco do carona, e xingado  o presidente com palavrões. Versões que circularam nas redes sociais relatam ainda que ela teria chamado o ex- capitão de FDP. Versões que circularam nas redes sociais relatam ainda que ela teria chamado o ex-capitão de “noivinha do Aristides”.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.