BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - BALA COM BALA – Deputado bolsonarista do Amazonas quer policial armado, mesmo de folga


Levantamento feito pelo Monitor da Violência, em parceria com o  Núcleo de Estudos da Violência da USP, do  Fórum Brasileiro Segurança Pública e do portal G1, atesta que em plena pandemia de coronavírus, ao menos 3.148 cidadãos foram mortos por policiais no primeiro semestre de 2021, em todo o País. O número é 7% mais alto que o registrado no mesmo período de 2019, quando foram contabilizadas 2.934 mortes. Parte desses crimes foram praticados por policiais que estavam de folga.

Enquanto isso,  a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que concede aos policiais penais o direito de portar arma de fogo de propriedade particular ou fornecida pela corporação, mesmo fora de serviço. O projeto é de autoria de autoria do deputado Onyx Lorenzoni (PL-RS), mas o relator foi o deputado Delegado Pablo (União-AM), bolsonarista de carteirinha, logo, defensor das armas.

Medo das urnas

E por  falar em bala, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o armamento da população civil e associou a “medida com a defesa da democracia”.

A afirmação foi feita um dia depois de o presidente voltar a questionar, sem provas, a integridade das eleições.

Insinuando o golpe

image.png


No fundo, Jair estava ameaçando com um possível golpe de estado, que não lhe sai da cabeça.

—Nós defendemos o armamento para o cidadão de bem, porque entendemos que a arma de fogo, além de uma segurança pessoal para as famílias ela também é a segurança para a nossa soberania nacional.

Segundo Jair, a arma é a  garantia de que a nossa democracia será preservada, não interessam os meios que, porventura, um dia tenhamos que usar.

Para bom entendedor, meia palavra basta.

Melar a eleição

A declaração foi feita na inauguração de trechos da BR-101/SE, em Propriá (SE), e no momento em que o presidente, pré-candidato a um novo mandato, é acusado por opositores de preparar seu discurso para tentar "melar" as eleições deste ano em caso de derrota nas urnas.

Inspiração ao fascista

Bolsonaro encerrou seu discurso com o lema "Deus, Pátria, Família e Liberdade".

"Deus, Pátria e Família" era a frase-síntese da Ação Integralista Brasileira, movimento de inspiração fascista fundado no Brasil por Plínio Salgado, em 1932.

Nem vem, que não tem

Bem a propósito, o  presidente do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), Edson Fachin, afirmou, nesta terça-feira (17/5), que o Brasil “não cederá a aventuras autoritárias” e que é dever da sociedade garantir estabilidade, paz e segurança.

A declaração foi dada na abertura do evento Democracia e Eleições na América Latina e os Desafios das Autoridades Eleitorais.

Faz escuro

Quem coloca a b oca no trombone é o próprio Ministério de Minas e Energia.

Segundo suas estimativas,  cerca de 425 mil famílias ainda não têm acesso à energia elétrica. Sem a realização do Censo do IBGE, esse dado pode estar subestimado.

Também, só quem se preocupou com isso foi Lula, com o programa “Luz para Todos”, que teve continuidade no governo Dilma.

Agora é a hora

O ano de 2022 é o ano chave para a pauta da universalização da energia elétrica no Brasil.

É quando vence o prazo de vigência do Luz para Todos, o carro-chefe da política pública desse direito garantido pela Constituição.

Amazonas discriminado

O senador Plínio Valério disse que enviou três requerimentos com pedido de informação aos presidentes do Banco do Brasil,  Caixa Econômica e  BNDES.

Quer saber o motivo da disparidade na distribuição do “bilionário crédito rural” entre os estados.

— O Amazonas figura com baixíssima participação no financiamento da produção rural – cutuca o tucano de Eirunepé.

Ramos no paredão

Aliados do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), estão bombardeando  Marcelo Ramos (PSD-AM).

Eles têm defendido que seja descumprida uma decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no caso envolvendo a tentativa de bolsonaristas de detonar o vice-presidente da Casa.

Pressão do PL

O PL pressionou o presidente da Câmara a retirar o ex-integrante da legenda Marcelo Ramos (AM) da vice-presidência da Casa e tentar emplacar um deputado da sigla no posto.

Retaliação

A ofensiva começou há cerca de um mês, mas foi intensificada após as críticas do amazonense à edição de decretos que reduzem o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e afetam a zona franca de Manaus.

Mete bronca

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) bateu a marca de 30 mil atendimentos realizados em 2022.

O número, que compreende o período de janeiro até o início de maio, representa aumento de 73,2% em relação ao mesmo intervalo de tempo do ano passado.

Luz, água e banco

A maior parte dos atendimentos realizados pelo Procon-AM neste ano foi relacionada à empresa Amazonas Energia.

Em 2022, foram 2.920 registros da concessionária, incluindo denúncias, reclamações e respostas a dúvidas de consumidores.

Outras empresas que estão entre as mais citadas são a concessionária Águas de Manaus (1.073 registros neste ano), a Claro/NET (935), o banco Bradesco (406) e a Vivo (281).

Madeira roubada

image.png


Ibama apreendeu recentemente, por meio da Operação Rotina, uma grande carga de madeira no município de Moju, nordeste do Pará.

A madeira encontrada pelos fiscais está na lista de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção. As árvores já haviam sido processadas e convertidas em 60.000 estacas.

Multa milionária

Os responsáveis pelo crime ambiental ainda não foram identificados e o valor estimado da multa é de 360.000 reais.

A carga ilegal, que estava às margens do rio da região, foi recuperada devido à uma denúncia anônima.

ÚLTIMA HORA

ENTÃO, TÁ! – Ao lado de Collor, “Impeachmado em 1992,  e aliado do Centrão, Bolsonaro diz que a velha política é coisa do passado

Collor e bozo.webp

Bolsonaro e Collor abraçados: esta é a imagem da " nova política". Um ex-presidente que sofreu um impeachment e um aliado do Centrão

Parece até piada, mas o presidente Jair Bolsonaro vem andando "encangado" com o presidente afastado Fernando Collor (PTB-AL)  e ainda tem o desplante de dizer que a “velha política” foi banida em  seu governo.

Collor atuou como cabo eleitoral no evento de BR-101, em Sergipe,  representando o estado de Alagoas, que também será contemplado pelas obras. Ao mencionar os deputados e senadores presentes no palco, Bolsonaro também se referiu a Collor como um "grande aliado no Parlamento brasileiro". O ex-presidente sofreu processo de impeachment em 1992, acusado de corrupção e fraudes.  A aparição de Bolsonaro ao lado do senador veio acompanhada da frase:

— Vejo cada vez mais o interesse de vocês pelo destino da nação e se libertando cada vez mais da velha política brasileira!

Então, tá!

Vale lembrar que o cabo eleitoral alagoano não é só parte da velha política, como também Bolsonaro é aliado do Centrão, desde seus ministros, até o partido ao qual hoje é filiado, o PL. Na cerimônia, a velha política também está presente nas siglas partidárias: MDB, PL, PP e PSD.

ORGULHO

Milton milton.jpg

No ano em que completa 80 anos de idade, Milton Nascimento decidiu brindar os fãs com uma turnê especial. Segundo ele, a última antes da despedida dos palcos. A série de shows passará por cidades brasileiras e de outros países (Itália, Portugal, Inglaterra e Estados Unidos) até o fim de 2022.  No material de divulgação dos shows, o cantor já falou que essa será uma turnê inesquecível. “A gente quer proporcionar uma experiência única e emocionante, do começo ao fim”. O primeiro show da agenda, que prevê 17 apresentações, será na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, no dia 11 de junho, para convidados.

O último espetáculo, encerrando a turnê, acontecerá em 13 de novembro, no Mineirão, em Belo Horizonte.

VERGONHA

image.png

Em viagem a Israel com a ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damares Alves  (foto), Michelle publicou um vídeo em que abraça um totem com uma foto de Bolsonaro. "Olha quem apareceu. My rusband (sic)", escreveu na legenda. A grafia da palavra marido correta em inglês, no entanto, é husband. A mulher do presidente está no país a convite de uma igreja evangélica de Brasília. O vídeo foi compartilhado nos stories do Instagram e já não está mais disponível.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.