Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Dito & Feito – Assina a CPI, se for macho!

A deputada Joana Darc (PR) mandou um recado para o vereador, Coronel Gilvandro Mota (PTC) que, levantando suspeita sobre a lisura da  CPI dos Combustíveis, disse que iria investigar o trabalho da comissão.

Foi o suficiente para La Darc saltar nas tamancas e desfechar um gancho de esquerda no fígado do vereador: “Ah é, então por que o vereador não assine a CPI na Câmara, hein?”

Me segura que eu vou lá!

Darc ainda disse que se a Câmara Municipal de Manaus (CMM) não tem coragem para fazer a CPI. E a Assembleia Legislativa tem. “Se a Câmara não tem coragem pra fazer, a Assembleia tem. Vou lá na Câmara exigir que eles também façam uma CPI.”

Vaidade de general

O deputado federal Marcelo ramos (PR-AM) disse que programa Amazônia Conectada está parado por vaidade de dois generais da Defesa. O Programa foi criado em 2015 para levar internet a regiões remotas do país, consideradas economicamente inviáveis.

Debaixo d´água

A iniciativa, coordenada pelo Ministério da Defesa, previa a instalação de 7,8 mil km de cabos no fundo de rios amazônicos.

A rede ligaria a capital, Manaus, a outros 52 municípios, beneficiando cerca de 4 milhões de pessoas.

Pequenês

“No entanto, por uma disputa pequena entre dois generais do Ministério da Defesa, o Amazônia Conectada está paralisado”, alertou.

No entanto, o deputado não citou nomes. No popular, “não deu nome aos bois”.

 Fiel defensor

O deputado Dr. Gomes (PSDB) não gostou nadica de nada de ouvir falarem mal de seu ex-colega de parlamento, hoje secretário de Saúde, Luiz Castro. Castro foi acusado de ignorar o aumento de 15% à categoria dos professores.

“Ninguém tem o direito de acusar Luiz Castro de desonesto. Não são todos que aceitam esse desafio”, disparou.

Meto a mão no fogo!

Gomes lembrou que não é fácil assumir uma pasta delicada, como a da Educação, que tem um dos maiores orçamentos do Estado.

“É uma missão difícil pra qualquer um. Luiz Castro é um homem íntegro, honrado e não nenhum ato que comprometa a sua conduta.”

Pagou tá livre

A partir de agora, os motoristas flagrados com licenciamento atrasado em blitz do Detran terão a chance de quitar a dívida na hora e não terem o carro levado ao parqueamento.

Débito ou crédito?

Ontem, o órgão lançou o Programa “Pagamento Itinerante”. O motorista poderá quitar sua dívida com o Estado no cartão, na modalidade débito ou crédito parcelado em até 12 vezes.

Credenciadas

As empresas Nyata Serviços Financeiros LTDA e AM Card Administradora de Cartões S/S LTDA foram credenciados pelo governo e irão trabalhar por meio de escala durante as blitz realizadas.

Comodidade

O diretor do Detran, Rodrigo de Sá, disse que essa era uma solicitação antiga dos usuários. “É uma comodidade essencial. Muitas vezes o condutor paga parte do licenciamento, que é o IPVA, a parcela substancial desse débito, e esquece de pagar as taxas do Detran, seguro DPVAT e algumas multas, permitindo a remoção desse veículo.”

Segundo ele, agora a população terá a oportunidade de quitar o seu débito naquele momento e não ter o veículo removido.

Enchendo o cofre

A ação, sem dúvidas, visa aumentar a arrecadação do Estado que, como se sabe, passa por dificuldades financeiras, tendo, inclusive, ultrapassado em março o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Arranca rabo

Em meio à discussão acalorada que encerrou a sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) sobre a reforma da Previdência, uma frase contra o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi o estopim para encerrar a sessão.

Tigrão e tchutchuca

Seu autor foi o deputado Zeca Dirceu (PT-PR). “Tô vendo, ministro, que o senhor é tigrão com aposentados e trabalhadores, mas é tchutchuca com quem tem privilégios”, disse Zeca Dirceu.

Tchutchuca é a mãe!

Imediatamente, o ministro reagiu e prosseguiu com o bate-boca que encerrou a sessão: “Tchucuca é a mãe. É a vó! O senhor me respeite!”, gritou Paulo Guedes.

EM ALTA 

O ministro da EducaçãoRicardo Vélez Rodríguez, foi questionado sobre as recentes polêmicas no MEC durante reunião na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Mas foi a participação da deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP),  eleita aos 24 anos, que repercutiu nas redes sociais e se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter. Em um vídeo publicado pela própria deputada no Twitter, ela pergunta, insistentemente, “cadê os projetos e metas para a educação no Brasil. Mas não obteve resposta.

EM BAIXA

Os pacientes renais da Venezuela enfrentam uma situação crítica devido à impossibilidade de realizar diálises por falta de luz. Muitos deles estão  morrendo após a paralisação de serviços de diálise durante o apagão. Os mortos já somas  15 – Nove aconteceram em Zulia; duas, em Trujillo; e quatro no hospital Pérez Carreño, em Caracas. 95% das unidades de diálise, que hoje chegariam a 100%, estão paralisadas devido ao corte de luz”, alertou Valencia.

Deixe uma resposta