BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Amazonino pode se tornar recordista de tempo no poder: “Só perde pro Fidel”, garante aliado



Fonte ligada ao ex-governador Amazonino Mendes  (Sem partido)) –, que pediu para o blog manter o  sigilo de seu nome –, garante que o ex-governador está tranquilo, em são Paulo, e convicto que não perderá a eleição para governador. Se isso acontecer, Mazoca assumirá pela 5ª vez o governo do Amazonas, batendo todos os recordes de mandatos na política do Amazonas.

— Só perde para Fidel – brincou o político que é amigo do candidato a candidato.

Segundo esta fonte,  o Negão já está beirando os 50% das intenções de votos, embora algumas pesquisas apontem 42%.

— Quem mais se aproxima é o senador Eduardo Braga, mas não consegue ultrapassar os  15,9%  nas pesquisas que pipocam em Manaus.

Amazonino Mendes quer o quinto mandato

“Mineirinho” do Pará

O governador Wilson Lima (PSC) não é mineiro,  mas vem trabalhando em silêncio. Embora algumas pesquisas apontem que o chefe do Executivo está com pouco mais de 12,7 % das intenções de votos, seus assessores garantem que Lima é líder as pesquisas de intenção de voto, ao menos por enquanto.

Derramou R$ 1 bilhão

Bem a propósito, o Governo do Amazonas concluiu mais de 100 obras no interior do estado, entre os anos de 2019 e 2021.

Wilson garante que foram mais de R$ 1 bilhão em investimentos realizados em intervenções que mudaram para melhor a vida de milhares de pessoas de 47 municípios amazonenses.

Sempre foi assim

No País do toma lá, dá vá, isso é um forte atrativo para fazer neguinho mudar o voto. É lamentável, mas é assim que a coisa acontece.

Já disse que não quero

Quanto ao prefeito David Almeida ele garante que está feliz na prefeitura e nem pensa em se aventurar à eleição para governador. Mesmo assim o prefeito pontua nas pesquisas, aparecendo com mais de 14%  das intenções de votos.

Desserviço

O deputado estadual, Delegado Péricles (Psol), está prestando um desserviço sociedade. E  brinca com a vida das pessoas, principalmente das crianças.

Se posiciona contra a obrigatoriedade do passaporte vacinal para as crianças de 5 a 11 anos matriculadas na rede municipal de ensino e com isso encoraja os pais a não vacinar os filhos.

Deputado Péricles brinca com saúde das crianças

Bilu-bilu pra  Bolsonaro

O deputado deve está agindo assim para fazer bilu-bilu para Bolsonaro, seu “herói” favorito.

— Sou contra a apresentação obrigatória do passaporte vacinal por crianças da rede municipal. O responsável pela criança precisa ter seu direito de escolha respeitado –, disse o parlamentar.

Cutuca, Sarafa!

Aliás,  o  deputado Serafim Corrêa – uma vida inteligente no parlamento –, deu uma cutucada no delegado Péricles, a “quem respeito”, ressalta o parlamentar .

Alegando “razões de bom senso”, que são óbvias, Sarafa lembrou que o artigo 14 , parágrafo 1%átagarfo do ECA.

— É obrigatório a vacinação das crianças  no caso recomendado pelas autoridades sanitátrias.

Bolsonaro despejado

O escritor Paulo Coelho anunciou, ironicamente, a "Notícia de Despejo" do "atual inquilino do Planalto", Jair Bolsonaro. De acordo com a ordem de despejo do escritor, o chefe de governo "deve deixar suas dependências até 31 de dezembro de 2022", quando termina seu mandato.

Paulo Coelho também sugere que seja dado tempo para que faxineiras limpem lixo acumulado, farofa no chão, etc.

— E permitindo que o lugar seja exorcizado, defumado, perfumado  –, escreveu o autor de O Alquimista., em seu Twitter.

Pegaram o Moro

Moro cai cada dia mais em contradição

O subprocurador-geral Lucas Furtado pediu ao Tribunal de Contas da União (TCU) que declare a indisponibilidade de bens do ex-ministro da Justiça Sergio Moro como medida cautelar por suposta sonegação de impostos sobre os pagamentos que Moro recebeu da consultoria Alvarez & Marsal.

Algo de podre

Tem algo de podre aí no meio. A Alvarez & Marsal é responsável pela administração judicial de empresas condenadas pela Lava Jato.

Teve deu preço

O ex-ministro da Justiça recebeu R$ 3,5 milhões nos 12 meses de serviço de consultoria prestado ao escritório Alvarez & Marsal. Ele divulgou os valores após ser questionado pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Então, ta!

Moro também recebeu um “bônus de contratação” de US$ 150 mil, dos quais revela ter devolvido R$ 67 mil por ter encerrado o contrato antecipadamente. Informou ainda que pagou todos os impostos referentes à prestação do serviço.

Candidata a nada

Dilma não quer ser candidata

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) negou neste sábado, 5, que vá disputar cargo político nas eleições de outubro. Ela foi às redes sociais rebater rumores sobre sua relação com Luiz Inácio Lula da Silva, que vinha mostrando sinais de desgaste, e sobre sua situação na legenda.

Inabalável

A petista disse não se sentir isolada na sigla e classificou seu convívio com o ex-presidente como "inabalável".

— Não me sinto isolada pelo Partido dos Trabalhadores. Não adianta quererem fazer intriga entre mim e o presidente Lula. Nossa relação de confiança já foi testada inúmeras vezes e é inabalável —, publicou Dilma.

Que golpe que nada!

O advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, afirmou à TV 247 não acreditar em um golpe de Jair Bolsonaro (PL) capaz de interromper a democracia no Brasil.

— O Bolsonaro não tem prestígio nas Forças Armadas para levar a cabo uma aventura como essa –, disse.

Militares estão fora

De acordo com Kakay, Bolsonaro não tem prestígio nenhum na cúpula das Forças Armadas.

— Ele fez movimentos que até corroboram o que eu digo. Ele tentou fazer aquela ‘subleitura’ do artigo [142] da Constituição para dizer que as Forças Armadas seriam os tutores da democracia, como se pudesse ter um golpe constitucional.

Usou até o Gandra

O advogado lembra que o presidente  usou, inclusive,  advogados ilustres, como infelizmente o Ives Gandra.

— Ele tentou passar no Congresso esse fortalecimento da Polícia Militar, tirando-a dos governadores para passar para o controle do governo federal. Também não funcionou”, lembra Kakay.

ÚLTIMA HORA

Senador que o  impeachment do procurador geral da República, Augusto Aras

Aras e Bolsonaro

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai coletar assinaturas para pedir o impeachment do procurador-geral da República, Augusto Aras, em função do procurador questionar as provas apresentadas pela CPI da Covid-19.

No Twitter, o senador, que era o vice-presidente da comissão, afirmou que Aras passou todos os limites e que deveria agir como o chefe do Ministério Público Federal (MPF), e não mais na “função de serviçal de Bolsonaro”.

Nesta semana, a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, negou um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o Senado Federal explique sobre a cadeia de custódia das provas da CPI da Covid.

Estes documentos sugerem o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro (PL), do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, do ex-ministro, Eduardo Pazuello, e do ex-secretário-executivo da Pasta, Élcio Franco.

ORGULHO

Dona Dira Ferreira da Silva, uma senhora de 69 anos,   encontrou o amor da vida dela aos 69 anos, após criar seus quatro filhos sozinha em Itaquaquecetuba (SP). Ela, que nunca teve sorte no amor, agora pode finalmente celebrá-lo ao lado do seu Sebastião Inácio, de 73 anos. A cerimônia no cartório civil aconteceu no último dia 15, e emocionou a todos.

— Eu estou muito feliz com tudo o que está acontecendo na minha vida. Na minha idade, eu sei que é difícil encontrar um casamento, mas eu tive o privilégio de conhecer o Sebastião. Nunca é tarde e eu estou feliz igual adolescente –, disse ao site SóNotíciaBoa.

VERGONHA

A atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao fazer a segurança de Jair Bolsonaro (PL), mais uma vez, foi marcada por intimidação. Agentes rodoviários acabaram com um ato de protesto contra o presidente e mandaram os manifestantes abaixarem as faixas nesta quinta-feira (3) em Porto Velho (RO). Bolsonaro esteve na cidade, entre a parte da manhã e início da tarde, para se encontrar com o presidente do Peru, Pedro Castillo.  Os manifestantes que estavam protestando em um local por onde Bolsonaro passou, no entanto, foram intimidados pelos policiais rodoviários federais. Segundo os agentes, aquela seria uma “área de isolamento” e as pessoas não poderiam protestar ali. Os policiais ainda mandaram os presentes abaixarem as faixas e chegaram a ameaçar de prisão um dos homens que questionou a ordem.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.