BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Amazônia concentra cidades com piores índices de sustentabilidade


A Amazônia só é manchete quando o fato é negativo. Isso dói, mas infelizmente é fato.

De acordo com Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades (IDSC), lançado na semana passada pelo Instituto Cidades Sustentáveis (ICS) para avaliar a atuação dos 5,57 mil municípios brasileiros no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, os estados da Amazônia brasileira, que abrigam boa parte da maior floresta tropical do planeta, concentram também a maioria esmagadora das cidades com pior desempenho sustentável do país.  Dos dez piores municípios desse indicador, oito estão na Amazônia – seis no Pará e dois no Amazonas.

Na outra ponta, São Paulo concentra os dez municípios com melhor desempenho no cumprimento dos ODS no Brasil, com São Caetano do Sul, Jundiaí e Valinhos liderando o ranking. A cidade de SP também lidera a relação das capitais brasileiras mais sustentáveis, de acordo com o IDSC.

Lábrea na cabeça

Lábrea (AM) e Santana do Araguaia (PA) e encabeçam a relação, prejudicadas principalmente pela baixa escolaridade e pela violência contra mulheres acima da média nacional.

Macapá, pior capital

Das capitais brasileiras, a pior novamente se encontra na Amazônia: a pior novamente se encontra na Amazônia: Macapá (AP), que também sofre com a falta de saneamento básico – somente 37% da população tem acesso à água potável.

Uma india na UnB

O município de Santo Antônio do Içá pode se orgulhar de ter sido berço da primeira professora indígena da Universidade de Brasília (UnB).

Trata-se de Altaci Corrêa Rubim, 47 anos, que depois de deixar sua aldeia, foi aprovada no concurso da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

*

Tataiya Kokama - seu nome indígena, fez cursinho em Manaus e, em 2001, foi aprovada para o curso normal superior (hoje pedagogia) da Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

Vencedora : Altaci Kokama: é do Amazonas a primeira professora indíigena da UnB

Doutorado

Em seguida fez duas especializações e encarou o mestrado em antropologia. Terminado o mestrado, Altaci logo passa na seleção para o doutorado na UnB, em 2012.

Na trilha de Bruno e Dom

Uma parceria entre a UEA e a UFAM permitiu que seu trabalho de pesquisa o fosse desenvolvido no Alto Solimões e em uma parte do Alto Rio Negro, na Amazônia brasileira e peruana, próximo ao Vale do Javari.

Lá mesmo onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Philips foram assassinados.

*

— Já vi minha própria vida ameaçada em situações de conflito semelhantes às que levaram às mortes dos dois – conta Altaci.

Vencedora

Altaci é uma sobrevivente.

Primeiro, venceu as estatísticas. Mulher, indígena e nascida no interior do Amazonas, a sua própria existência é uma vitória. Superou o preconceito, a pobreza, a violência e os problemas de saúde.

Arthur ganha uma

O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, atendeu a pedido da defesa do ex-ministro Arthur Virgílio (PSDB-AM) para suspender o processo movido pelo senador Omar Aziz (PSD-AM) contra o tucano.

*

A decisão suspendeu as audiências da ação até o julgamento pela 3ª Turma do TRF-1 do mérito do HC impetrado por Virgílio.

Arthur x Omar

Rede de intrigas

Aziz move uma ação penal contra Arthur Virgílio pela suposta prática dos crimes de calúnia e difamação.

O senador se sentiu ofendido com as críticas feitas por meio das redes sociais.

*

“O que o senador Omar Aziz pretende é, utilizando-se de maneira indevida do Direito Penal, amordaçar o senhor Arthur Virgílio cerceando seu direito constitucional à liberdade de expressão" –,  argumentou a defesa do político tucano, feita pelo  advogado Átila Machado.

Pegou pesado

Virgílio publicou em seus perfis nas redes sociais críticas a Aziz no período em que este ocupava a presidência da CPI da Covid-19.

Ele afirmou que o senador era "grosseirão" e "uma das pessoas mais perversas que já conheci".

Abutres agourentos

Diagnosticado com Covid , o pré-candidato ao Governo do Estado Amazonino Mendes (Cidadania) postou num vídeo onde aparece fazendo a barba e dizendo que está em franca recuperação e logo deve ser “negativado”.

—Estou aqui fazendo a barba com este apatrelho que é muito bom, mas está tudo bem!...

X

O Negão aproveitou para dar uma cutucada nos adversários políticos.

— Está tudo bem e amanhã devo ser negativado, apesar dos abutres agourentos que existem por aí!

Romaria das águas

Depois da festa profana do boi bumbá, Parintins vive a sua festa sacra: os festejos de Nossa Senhora do Carmo, padroeira do município.

Nesta sexta-feira (15), uma gigantesca estrutura artística da santa com quase 20 metros de altura chegou de barco à Parintins, emocionando fiéis e a todos que prestigiaram esse momento.

*

A peregrinação faz parte da programação da festa da padroeira, considerado o maior evento religioso do interior da Amazônia, que se realiza em Parintins entre os dias 6 a 16 de julho.

O autor da obra

O artista Juarez Lima,  que brilha no festival folclórico é o  responsável pela obra.

— O intuito era de fato emocionar e fazer brilhar nos corações uma semente de fé –, afirmou o artista na chegada da procissão fluvial à ilha.

Israel presente

Devoção: Israel Paulain na romaria das águas em homenagem à Nossa senhora do Carmo

Vários artistas participaram do evento, entre eles o cantor Israel Paulain, apresentador oficial do boi Garantido.

— Acompanhar a chegada da Romaria das Águas de Manaus até Parintins, trazendo nossa santa representada em uma obra de arte belíssima e sendo recepcionada por uma multidão que estava aguardando no Porto da cidade foi um momento de muita emoção –, disse Israel.

Orgulho  da raça

O magistrado amazonense Mauro Campbell (caricatura) acaba de completar 14 anos de atuação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Ele é  membro da Corte Especial do tribunal e já exerceu cargos no Conselho da Justiça Federal (CJF) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Orgulho da raça 2

O atual presidente do STJ, ministro Humberto Martins, destacou que o reconhecimento e a confiança em Campbell quando ele foi eleitos para o posto de diretor-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Fora  fraude!

O Serasa está lançando a campanha “Sempre Alerta”, que tem ppor  objetivo de ajudar os brasileiros a se prevenir de fraudes com o uso de dados pessoais.

Os conteúdos gratuitos explicam os golpes financeiros mais frequentes e orientam sobre os cuidados considerados essenciais para o consumidor se proteger contra esse tipo de crime.

Rei perde a paciência

O cantor Roberto Carlos perdeu a linha e toda paciência com um fã, durante um show no Qualistage, no Rio de Janeiro, na quarta-feira, 13, e o mandou calar a boca de cima do palco.

O fã gritava por atenção quando o rei interrompeu sua interpretação da clássica “Como é Grande o Meu Amor Por Você” para mandar ele calar a boca.

RobertoCarlos para de cantar e, irritado, manda um "vala a boca, porra!"

Cala a boca, porra!

Enquanto Roberto Carlos cantava, o rapaz gritava diversas vezes:

— Minha mãe tá aqui, ó! —  Irritado, o cantor aproveitou a pausa na melodia da música, afastou a boca do microfone e falou:

— Cala a boca, porra!

*

O vídeo do momento foi postado por algumas no Twitter e acabou viralizando na noite de quinta-feira, 14.

Infinitamente pior

Em discurso a entidades do comércio, o pré-candidato à Presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta terça-feira, em Brasília, que qualquer presidente que assumir o mandato em 2023 terá um cenário “infinitamente pior” do que o momento em que ele assumiu o poder, em 2003.

*

— Eu tenho consciência de que nós estamos entrando num momento político do Brasil que quem for presidente pegará o Brasil infinitamente pior do que aquele que peguei do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em primeiro de janeiro de 2003. Eu vou repetir: infinitamente pior. Seja do ponto de vista político, econômico, social ou da relação entre poderes.

ÚLTIMA HORA

Polícia do Paraná descarta crime político em assassinato de petista por bolsonarista

Marcelo Arruda: morto por bolsonarista quando festejava aniversário e homenageava Lula

A Polícia Civil do Paraná descartou que o assassinato do militante petista e guarda municipal Marcelo Arruda pelo agente penal federal e apoiador do presidente Jair Bolsonaro Jorge Guaranho tenha sido um crime político ou um delito de ódio, informou a corporação ao anunciar a conclusão do inquérito sobre o caso, nesta sexta-feira. Marcelo foi assassinado a tiros enquanto comemorava seu aniversário, em festa com a temática do PT. E, Guaranho, antes de atirar contra o tesoureiro, gritou: “Aqui é Bolsonaro”.

Mesmo assim, de  acordo com a delegada Camila Cecconello, que comandou a força-tarefa policial responsável pela apuração do crime ocorrido no fim de semana, “não há elementos no inquérito que permitam qualificar o assassinato como crime político”.

*

A delegada se contradiz ao reconhecer que depoimentos colhidos apontam que Guaranho foi ao local para provocar Arruda por causa de sua festa de aniversário de 50 anos, que tinha como temas o PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

— Ele foi lá no intuito de provocar a vítima. Então nesse primeiro momento fica muito claro que houve uma provocação e uma discussão em razão de opiniões políticas. Agora, quando ele retorna para casa e resolve voltar, não há provas nos autos suficientes que ele voltou porque ele queria cometer um crime de ódio contra uma pessoa ou pessoas de outro partido político que não o dele –, afirmou a delegada em entrevista coletiva em Foz do Iguaçu.

ORGULHO

A professora Elinéia Miranda Corsino Farias (foto) , da creche municipal  professora “Maria da Anunciação Noronha Pinto”, localizada  no conjunto Américo Medeiros, bairro Cidade Nova, é finalista do 23º Prêmio Arte na Escola Cidadã (Paec), na modalidade de educação infantil, com o projeto “Detetive sonoro: construindo significações em cenário de creche”, realizado de forma remota em 2021. A servidora da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foi classificada dentre 32 educadoras de todo o Brasil para a fase final. O resultado será realizado de forma on-line pela organização do prêmio, no dia 21/7.

VERGONHA

O descalabro da atual gestão do IBAMA parece não ter limites. Depois de enfraquecer a fiscalização, desmoralizar os servidores e jogar bilhões de reais de multas na lata do lixo, o principal órgão ambiental da União também está fazendo vista grossa com ilegalidades cometidas por apoiadores do presidente da República. No Metrópoles, Guilherme Amado revelou que o empresário Tiago Junqueira, proprietário da Fazenda Chapada Grande, em Regeneração (PI), se livrou de uma multa de mais de R$ 42 milhões. O motivo? O IBAMA deixou que ela prescrevesse, paralisado pela falta de recursos humanos e financeiros e pela b

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.