BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Afastado do governador, Carlos Alberto se desfilia do PTB e volta a caminhar sozinho


Por essa quase ninguém esperava. O vice-governador do Amazonas, defensor Carlos Almeida, está disposto a dar um tempo na política. Numa decisão que surpreendeu muita gente, Almeida se desfiliou do PTB no Estado e, a partir de agora,  passa a se dedicar ao estudo de temas estruturais para o futuro do Amazonas, como a defesa do modelo Zona Franca na reforma tributária, em tramitação no Congresso Nacional.

— Mas entenda bem, ele não abandonou a política. Por uma questão de coerência, o vice-governador não podia seguir no partido que decidiu apoiar o Governo, de onde ele está afastado do comando, embora continue no cargo de vice-governador. –, esclareceu sua assessoria de imprensa.

Carlos Alberto já minha meio que decepcionado com a política partidária, desde quando decidiu se afastar (não dizer rachar)  do governador Wilson Lima. Esse sentimento cresceu ainda mais quando deixou a Casa Civil. Aliás,  isso foi dito em sua  carta de exoneração da Casa Civil.

De volta ao começo

Quem ganha com isso são  comunidades rurais, que sempre estiveram presente na carreira do defensor público durante mais de uma década. A partir de agora o tema que um dia levou Carlos à Política volta a ocupar maior espaço em sua agenda.

O defensor voltou

Carlos Almeida retoma o trabalho que vinha realizando antes da pandemia, de identificar os problemas enfrentados por essas populações e demandar o devido atendimento, que deve ser feito pelas secretarias do Governo.

Estilo Jefferson

No PTB-AM, a presidência deverá ser assumida pelo secretário de Estado de Cidades e Territórios, ex-Secretaria de Política Fundiária (SPF), Ricardo Francisco. Ele é irmão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.

Charge Carlos Almeida

Carol joga a toalha

A ex-secretária de Justiça, Caroline Braz (PSC), jogou a toalha e retirou sua pré-candidatura à prefeita de Manaus.

— A decisão foi do partido que não vai mais lançar candidato – disse à D&F por telefone.

No rumo de Nicolau

Carol vinha bem na Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos quando,  em junho, foi convidada pelo governador Wilson Lima para concorrer à prefeitura de Manaus.

Fontes garantem que a mudança dos ventos que embalavam o sonho de Carol se deve ao quase certo apoio do PSC à candidatura de Ricardo Nicolau (PSD) numa costura feita pelo senador Omar Aziz, do mesmo partido.

Bolsonaro quer Braga

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) deve ser o relator da proposta proposta do governo  de privatização da Eletrobras (ELET5).

O governo do presidente Jair Bolsonaro tem negociado com parlamentares para que os debates comecem pelo Senado, e não pela Câmara, disseram duas fontes com conhecimento do assunto nesta segunda-feira.

Pé de ouvido

Pelas conversas, o senador Eduardo Braga (MDB-AM), que já foi ministro de Minas e Energia, seria o relator da proposta no Senado, o que poderia ser anunciado ainda nesta semana, disseram as fontes, que falaram sob a condição de anonimato porque o tema é visto como sensível.

— Estamos trabalhando nessa direção. Mas devemos bater o martelo até quinta-feira–, disse uma das fontes.

— Pela costura que está se fazendo, o Braga seria o relator –, disse uma segunda fonte.

Chupando o PT

Em quase dois anos de mandato, o ex-capitão Jair Bolsonaro (sem partido) não se cansa de acusar o PT. Toda vez que encontra um problema pela frente, que, como presidente, tem por obrigação  resolver ele diz que “isso é culpa do PT”.

Agora o que ninguém entende é que, se o PT é tão “incompetente” assim”, por que  Bolsonaro continua copiando seus programas de governo? Embora ele mude o nome – como uma espécie de maquiagem –, os programas são os mesmo.

Qualquer semelhança...

Senão vejamos: em agosto de 2019, o presidente e o então ministro da Saúde, Henrique Mandetta, lançaram o programa “Médicos pelo Brasil”, que, não era outro senão o Mais Médicos, criado em 2013, no governo de Dilma Rousseff.

... É mera coincidência

Agora o governo de Jair lança o “Renda Brasil”, que não é outro senão o Bolsa Família, criado em 2003, no início do governo Lula, como medida provisória, e, mais tarde, em 2004, convertido em lei.

Arthur tem pressa

A ordem do prefeito Arthur Virgílio é acelerar a obra de modernização do Terminal de Integração da Constantino Nery (T1), um espectro que envergonhava Manaus.

Na reta final de seu segundo mandato, o  prefeito tem pressa em melhorar a qualidade do sistema de transporte coletivo e a mobilidade urbana da cidade.

Começa a mudança

Nesta segunda-feira, 24/8, com menos de uma semana de trabalho no T1, os serviços de desmontagem da estrutura metálica, demolição das plataformas e da torre Sul chegaram à etapa final.

De domingo a domingo

Os trabalhos acontecem de domingo a domingo e todo o material recolhido na demolição do T1 será reaproveitado pela J. Nasser, empresa vencedora de processo licitatório e responsável pela execução obra. A próxima fase é a construção do alicerce para a nova estrutura do terminal de integração.

Investimento alto

Um volume de investimentos de R$ 4,569 bilhões – o maior registrado em uma única pauta nos últimos quatro anos –, será avaliado pelo Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), em reunião a ser realizada nesta quarta-feira, 26, na Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam).

Transmissão ao vivo

Embora seja híbrida, a reunião do Codam também  acontecerá de forma presencial restrita aos conselheiros e técnicos do Governo, com transmissão ao vivo para todos os interessados por meio do canal de Youtube e pelo Facebook do Governo do Amazonas.

Grisalhos a nova onda

A pandemia e o isolamento social por causa da pandemia de coronavírus tem sido a oportunidade que faltava para muita gente deixar os fios naturais crescerem e assim assumir o tom grisalho dos cabelos.

Impedidos de ir aos salões  por conta do isolamento social, quarentões e cinquentões resolveram parar de pintar o cabelo logo no início da quarentena.

Responde, Jair!

Jair Bolsonaro voltou a atacar com violência um  jornalista de O Globo que apenas tentava cumprir a pauta de deu jornal. Na Catedral de Brasília, o repórter perguntou sobre cheques no valor total de R$ 89 mil que teriam sido depositados entre 2011 e 2016 pelo ex-assessor Fabrício Queiroz e pela esposa dele, Márcia Aguiar, na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

— Minha vontade é encher tua boca na porrada!

“Cara de homossexual”

Esta não é a primeira vez que o presidente derrama seu ódio contra a imprensa. Em 20 de dezembro de 2018, questionado por um repórter do Globo sobre a investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro contra seu filho Flávio e ex-funcionários de seu gabinete, Fabrício Queiroz.

— Você tem uma cara de homossexual terrível. Nem por isso eu te acuso de ser homossexual. Se bem que não é crime ser homossexual –, respondeu o descontrolado presidente.

“Responde porra’’

Mais adiante, o presidente pergunta aos jornalistas:

— O processo é segredo de Justiça ou não é? Respondam, porra!" –, explodiu Jair, batendo o punho na grade do Palácio da Alvorada.

“Pergunta da tua mãe”

O mesmo repórter insiste e pergunta a Bolsonaro sobre um cheque de R$ 24 mil reais pago por Queiroz à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Desde dezembro, Bolsonaro afirma que trata-se de parte da quitação de um empréstimo de R$ 40 mil. O repórter pergunta ao presidente se ele teria um comprovante do tal empréstimo. Jair Bolsonaro, novamente, responde de forma enlouquecida:

— Oh rapaz, pergunta para a tua mãe o comprovante que ela deu para o teu pai, tá certo?

ÚLTIMA HORA

O Ministério Público do Pará (MP-PA) abriu, na quinta-feira 20, uma investigação para apurar o uso de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) no transporte de garimpeiros ilegais. De acordo com o MPF, no início do mês, a FAB enviou aeronaves à cidade de Jacareacanga (PA), para apoiar uma operação de combate a crimes ambientais nas terras indígenas Munduruku e Sai Cinza, sobretudo garimpo ilegal. O envio dos transportes aéreos teriam ocorrido a pedido do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). No entanto, a operação não ocorreu. Segundo o MPF, as aeronaves da FAB serviram para transportar garimpeiros ilegais até Brasília.

De acordo com a legislação brasileira, a atividade do garimpo é ilegal quando exercida em terras indígenas. Se confirmado o transporte de criminosos, o MPF verifica possível cometimento de desvio de finalidade, pois a FAB havia sido enviada ao local para apoiar o combate aos crimes ambientais.

ORGULHO

Um menininho inglês deu uma comovente demonstração de solidarfiedade ao mundo. Reilly Stancombe é um garoto de nove anos de Essex, Reino Unido, que deixou seu cabelo crescer a vida inteira e acabou cortando as lindas madeixas esta semana, por um propósito nobre. No começo, ele queria se parecer com seu ídolo, no futebol, Gareth Bale, mas quando viu que crianças com câncer perdiam cabelos na quimioterapia, ficou sensibilizado. “Eu queria doar para pessoas que têm câncer e vi muitas crianças lutando contra essa doença que não tinham cabelo”, disse o menino em entrevista. Reilly doou cabelo dele para a organização Little Princess Trust, que é responsável por transformá-lo em perucas, que são doadas a pequenos guerreiros que lutam contra o câncer. Além disso, o menino arrecadou 100 libras, cerca de 800 reais, para a caridade.

VERGONHA

As operações de fiscalização de trânsito e da Lei Seca realizadas, no último fim de semana, pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) bateram recorde histórico de flagrantes de pessoas dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica. Foram 62 testes positivos de bafômetro entre a noite de sexta-feira (21/08) e a noite deste domingo (23/08). “Nunca, na história do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran Amazonas, havíamos pego tantos motoristas dirigindo embriagados. Tirando o período de carnaval, que é uma situação atípica, esse foi o maior número de testes positivos para alcoolemia já registrado num único final de semana”, afirmou Victor Mansur, coordenador-geral do Neot. O recorde anterior era de 55 testes positivos para alcoolemia, registrados no último final de semana do mês de junho.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.