BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito – A Coligação da Morte


O deputado Sabá Reis (PR) tem dito que a coligação “Eu Voto no Amazonas 4” da qual faz parte, é a “Coligação da Morte”.

Lá estão agregados os partidos PR, PP, PPL e Solidariedade, com quatro deputados estaduais que tentam reeleição. O próprio Sabá, Dermilson Chagas (PP), Berlamino Lins (PP) e Cabo Maciel (PR). Além deles, integram o time nomes que devem ter boa votação, como Dr. Mayara (PP), Álvaro Campelo (PP), Eduardo Saraiva (Solidariedade), Prof. Algemiro (PP), Fred Mota (PR) e Joana D’Arc (PR).

A Coligação da Morte 2

Então, está explicado por que “Coligação da Morte”. É  porque alguns desses candidatos devem morrer na praia. É que,  na avaliação dos especialistas, essa coligação deve fazer de três a quatro deputados.

Haddad vem aí

Manaus recebe, no próximo sábado (29), o candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT). Do aeroporto ele segue direto para uma caminhada e um ato político no Centro da cidade.

X

Ele chega às 10h no Aeroporto Internacional de Manaus e segue ao local das manifestações onde permanecerá até às 13h.

Pacto com a ZFM

Haddad vai revelar aos amazonenses seus compromissos com o fortalecimento da Zona Franca de Manaus. Além da retomada dos programas sociais no Estado e pela pavimentação da BR-319.

Ele e Vanessa

Uma das primeiras manifestações políticas de Haddad nessa fase da campanha foi a gravação para o programa eleitoral da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), candidata à reeleição.

Reconhecimento

O candidato do PT  reconheceu que Vanessa tem sua história de vida dedicada à defesa dos trabalhadores, trabalhadoras e das mulheres do Amazonas. “No Governo Lula, sua atuação foi decisiva para a prorrogação da Zona Franca por mais 60 anos”, reconheceu Haddad.

Ataques cibernéticos

O candidato do PSB ao governo do Amazonas, David Almeida, está sendo alvo de ataques de cibernéticos. Números telefônicos com DDD de São Paulo têm espalhado notícias inverídicas contra o candidato no Whatsapp.

Na Justiça

Diante disso, a coligação de David ingressou ontem (26) na justiça com um pedido para que as mensagens sejam excluídas.

X

O juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) Ricardo Augusto de Sales, deferiu a medida cautelar.

Corra ao TRE

Encerra nesta quinta-feira (27), há exatos 10 dias para as eleições, o prazo para solicitar a segunda via do título de eleitor.

X

Para conseguir o documento, o eleitor deve estar quite com a justiça eleitoral, sem multas por não votar ou por ter violado o Código Eleitoral.

Pesquisa fake

O pleito para o governo do Amazonas registrou neste ano o maior número de pedidos de impugnação de pesquisas eleitorais.

X

Em sua maioria, as justificativas apresentadas pelas coligações é que os institutos de pesquisa não cumpriram os pré-requisitos estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Um pé atrás

Essa enxurrada de pedidos para proibir a divulgação de pesquisas deixou o eleitor ainda mais ressabiado.

Enquete

Tanto que o Portal Em Tempo fez uma enquete no Facebook e 95% dos internautas disseram não confiar na veracidade dos números apresentados.

Punição

Essa situação não é exclusiva do Amazonas. Tanto que o senador Raimundo Lira (PSD-PB) deu entrada num projeto de lei que prevê a punição para os responsáveis por pesquisas eleitorais fraudulentas.

Perdas e danos

Se virar Lei, os infratores  passarão a responder na esfera cível por perdas e danos, além de ficar impedidos de fazer novas pesquisas por cinco anos.

X

Atualmente a Lei Eleitoral prevê como punição a detenção de 6 meses a um ano, além de multas.

Postos flutuantes

Em parceria com a Capitania dos Portos e  Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) está realizando esta semana, em Manaus (AM), uma força-tarefa para fiscalizar postos revendedores flutuantes nos rios da região.

Operação nas águas

O objetivo é detectar adulterações e irregularidades nos combustíveis fornecidos a embarcações.

Combustível adulterado

Segundo nota divulgada pela ANP, em um dos postos flutuantes foi constatada gasolina com teor de etanol anidro em desacordo com o percentual autorizado, que é de 27%.

X

O estabelecimento foi autuado e o tanque de armazenamento e o bico fornecedor foram interditados.

EM ALTA

Eyad Abou Harb, 24 anos,  fugiu da Síria em 2011 e abriu um  pequeno restaurante New Shawarma, em São Paulo. Hoje ele fatura R$ 1 milhão por ano. A fórmula para tanto sucesso é garra e atendimento diferenciado, com muita alegria.  O shawarma, lanche típico do Oriente Médio, é o preferido dos brasileiros.

EM BAIXA

Moradores de Maracaibo, na Venezuela, estão fazendo fila para comprar carne estragada depois que nove meses de blecautes provocaram panes em refrigeradores e açougueiros passaram a oferecer o produto em promoções. Algumas pessoas passam mal ao consumir a carne, mas, com a grave crise econômica do país, assumem o risco porque este é o único jeito através do qual conseguem comprar algum tipo de proteína.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.