BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Guerra para defender a Zona Franca dos bombardeios de Bolsonaro 'Putin'



A guerra pela defesa  da Zona Franca promete ser covarde e desigual, como toda guerra de genocidas poderosos contra nações pequenas e pobres.

Mas o Amazonas vai dar uma de Ucrânia e resistir aos bombardeios de Bolsonaro “Putin”. Nesta sexta-feira o govenador Wilson Lima confirmou que protocolou a Ação Direta de Inconstitucionalidade no STF para garantir a competitividade  modelo. E adivinhem quem foi o  sorteado para relator da nossa ADI? Ele mesmo, André Mendonça, o pastor da Igreja Presbiteriana Esperança de Brasília e ministro “terrivelmente evangélico” de Bolsonaro, ops!, do STF.

Enquanto isso,  o presidente nacional da OAB, o amazonense Beto Simonetti, avisou que está entrando na guerra para tentar salvar a ZFM e evitar a debandada de empresas de Manaus. Ele solicitou à Comissão de Estudos Constitucionais da entidade um estudo sobre qual é o melhor instrumento jurídico para contestar o decreto de Bolsonaro que desonera o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) e enfraquece a competitividade da Zona Franca de Manaus (ZFM), que já anda mal das pernas.

Salvem os empregos

Simonetti defende, junto a interlocutores, que é preciso preservar o emprego na região, do contrário a crise econômica tenderá a se agravar.

— Além disso, a medida ofende a Constituição, que prevê o estabelecimento da Zona Franca –, adverte o presidente da Ordem.

Debandada

No entretanto, se isso não acontecer o mais depressa possível, vai ocorrer uma verdadeira debandada de empresas instaladas em Manaus.

Trocando em miúdos, se a insegurança jurídica causada pelo famigerado decreto do governo federal o impacto em detores  do Polo Industrial de Manaus será inevitável.

Sindplast alerta

Empresas do setor termoplástico se preparam para fechar as portas anda nesse semestre ou até o final do ano.

Ao menos é que avisa o  presidente do Sindicato  dos Trabalhadores  nas Industrias de Material Plástico do Amazonas (Sindplast),  Francisco brito.

A beira de um ataque de nervos

A explicação para a ofensiva de Bolsonaro contras as instituições ( leia-se STF) é simples: bateu o desespero!

A conclusão é do vice-presidente da Câmara dos Deputados,  o amazonense Marcelo Ramos (PSD).

Perda de tempo

Ramos escreveu em suas redes sociais que, quem perde nessa história toda é o cidadão que busca comida, emprego, que não consegue comprar o gás, nem pagar a conta de energia.

— É ele, o cidadão, este que assiste incrédulo o Presidente esquecendo essas urgências e gastando as suas energias com a prisão de um deputado.

Cancele a viagem

O dólar encerrou esta sexta-feira (22) em alta de 4,07%, cotado a R$ 4,80.

A moeda norte-americana registrou a maior alta percentual desde 16 de março de 2020, começo da pandemia de Covid-19. Na semana, a moeda subiu 2,34% e, em 2022, registra desvalorização de 13,76%.

Mr. Encrenca

É claro que a reação do externo está de olho na cena política doméstica de novos atritos entre o presidente Jair Bolsonaro e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Arthur dá a largada

Careiro da Várzea: Artur começa a campanha ao Senado no interior

Pré-candidato ao Senado Federal , Arthur Virgílio intensifica  a campanha no interior do Amazonas. Depois de rodar o Brasil pelas prévias do PSDB, o ex-prefeito de Manaus deu início nesta sexta-feira (22.4) a uma imersão pelo interior do Amazonas.

E a primeira parada foi na comunidade do Careiro da Várzea (a 20 quilômetros de distância de Manaus).

Enchente preocupa

O tucano revelou que o convite partiu do vereador Valdemiro Falcão, para ver como está a sede do município.

— É incrível como esse movimento das enchentes está mais complicado e, como sempre alerto, isso tem muito a ver com a questão das mudanças climáticas –, afirmou Virgílio.

Arthur tem entre suas pautas prioritárias de vida pública a defesa do meio ambiente e, principalmente, da Amazônia.

O passado condena

Uma publicação do presidente Jair Bolsonaro (PL) criticando indultos presidenciais voltou a ser compartilhada nas redes sociais nesta 5ª feira (21.abr.2022).

“Se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, disse o chefe do Executivo em novembro de 2018.

Bolsonaro trabalhou no feriado, para dar "graças" a um condenado da Justiça

Graça ou gracinha?

Na quinta-feira (21) , Bolsonaro concedeu uma graça constitucional ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) condenado pelo STF por declarações contra os ministros da Corte. A pena foi de 8 anos e 9 meses de prisão, em regime inicial fechado.

Aí mente

“Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro. Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, escreveu Bolsonaro poucos dias depois de ter sido eleito presidente da República.

Garimpo legal

O ex-ministro Aldo Rebelo, que serviu aos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, tocou num ponto polêmico, ao defender a regulamentação da mineração em terras indígenas.

— A autorização para mineração em terra indígena está na Constituição desde 1988. Não faz sentido renunciar a esta riqueza ——, diz Aldo.

Ouro é do índios

Aldo alerta  que  em várias áreas demarcadas, índios garimpeiros estão em conflito com outros garimpeiros que não são indígenas.

— Esta riqueza deve privilegiar as populações indígenas –, afirma.

Aldo também denuncia que contrabandistas internacionais financiam o garimpo ilegal no Brasil.

ÚLTIMA HORA

PESQUISA IPESPE –  Lula lidera corrida presidencial com 45% das intenções de voto

Nova rodada de pesquisas

Pesquisa Ipespe contratada pela XP Investimentos e divulgada na sexta-feira (22) aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente da corrida presidencial com 45% das intenções de voto na pesquisa estimulada – quando é apresentada a lista de nomes dos pré-candidatos.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição, aparece em segundo lugar, com 31%. Os dois oscilaram positivamente dentro da margem de erro de 3,2 pontos percentuais desde a última sondagem do instituto. No início do mês, Lula tinha 44% e Bolsonaro estava com 30%. Os demais candidatos considerados pela pesquisa seguem longe do petista e do atual chefe do Executivo.

Não é possível cravar que Lula venceria o pleito no primeiro turno. O petista tem 45% dos votos, contra 46% dos adversários somados. Por conta da margem de erro de 3,2 pontos percentuais, entretanto, a possibilidade existe.

ORGULHO

Cristiano Ronaldo emocionado

De pé, a torcida do Liverpool organizou uma homenagem de arrepiar o para o craque Cristiano Ronaldo, que perdeu um dos filhos gêmeos durante o parto da esposa nesta Páscoa. Com estádio lotado, aos 7 minutos de partida (número da camisa do CR7), a torcida do Liverpool começou a aplaudir o atacante português, que é do Manchester United. Mostrando camisas de Cristiano Ronaldo, aplaudindo e cantando, a torcida dizia que o craque “jamais caminhará sozinho”. E a homenagem foi crescendo, começou a ecoar no estádio e não parava mais. Impossível não se emocionar com um gesto tão grande e empatia.

VERGONHA

Olavo de Carvalho

Chega a ser ridículo, mas o pior é que é verdade. O médico olavista Ítalo Marsili lidera uma campanha de canonização do escritor Olavo de Carvalho pela Igreja Católica. O guru bolsonarista morreu nesta terça-feira (25) por covid-19. Marsili tem um curso online e mais de 1,6 milhão de seguidores no Instagram, em seus stories. A ideia de recolher relatos de conversões inspiradas pelos cursos de Olavo foi muito replicada em grupos bolsonaristas, e ajudou a projetar o nome de Marsili nesse público. Em 2020, ele trabalhou nos bastidores e tentou se cacifar usando as redes sociais para substituir Nelson Teich no Ministério da Saúde.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.