Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Dito & Feio – A quem interessa festejar derramamento de sangue?

Seguindo o estilo macabro  do governador do Rio, Wilson Witzel, o deputado do Amazonas, federal Capitão Alberto Neto (Republicanos), também comemorou o derramamento de em Manaus,. Sobre o confronto ontem entre facções do crime e a Polícia, no bairro da Bentânia, Zona Sul de Manaus,  o parlamentar escreveu em suas redes sociais:

— É bom iniciar o dia parabenizando a ação da  PM. Todo bandido sabe que eles tem (sic) 2 finais: ficar preso ou morrer–, escreveu Alberto.

Copiando Witzel

Em 20 de agosto, Witzel dançou, ao sair de um helicóptero, festejando a execução de um sequestrador que fazia refém em um ônibus. Após a dancinha , pela  morte do sequestrador, o governador  destacou que vai promover os atiradores que participaram da ação.

Olho por olho

Está na cara que, para políticos com Capitão Alberto e Witsel, a lei que vale é do “olho por olho” –  ou “bandido bom é bandido morto”. No entanto, matar duas dúzias de banidos não resolve o problema da violência. O buraco é bem mais embaixo.

Dois pontos

Não comemorar mortes e derramamento de sangue não é a mesma coisa que defender bandido. Quem entra nessa vida, sabe o final que pode ter. Mas, como seres humanos, vibrar com mortes é algo que fere completamente o sentido de humanidade, principalmente pelos que se dizem cristãos.

País dos sonhos

E o ideal seria os políticos criassem leis que, de fato, onde o Estado investisse mais na educação, na saúde e na segurança pública. Tratando o problema na raiz, evitaríamos o derramamento de sangue de policiais, pessoas inocentes e até de criminosos. E por que não?

Paz social

Numa sociedade mais justa economicamente e equilibrada socialmente, até criminosos teriam direito a um julgamento justo, pagar por seus crimes e, quem sabe, ter uma chance de se reintegrar à sociedade. Afinal, a pena de morte ainda não vale no Brasil. Ao menos por enquanto.

Motivo pra dancinha

Se um dia conseguirmos construir um admirável mundo novo, aí sim, teríamos motivos para festejar e até fazer dancinha em público, pois viveríamos em uma sociedade mergulhada na paz social.

Recordista do cotão

O senador Eduardo Braga, líder do MDB, é o recordista em gastos da cota parlamentar com despesas de “serviços de apoio ao parlamentar”.

É o que diz publicação do blog O Antagonista.

Estourou

Somente nesta legislatura, iniciada em fevereiro, Braga já “torrou” com essa rubrica 306,7 mil reais.

Dinheiro este que, segundo o blog, o senador usa para, entre outras tantas coisas, “pagar o gerenciamento da participação dele em redes sociais”.

Intervenção já!

Presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Cabo Maciel (PL) fez um apelo da tribuna.

Pediu a intervenção urgente do município de Tabatinga.

 O motivo, de acordo com o parlamentar, e o aumento da violência envolvendo facções rivais, colocando em risco a vida dos habitantes , entre eles, homens, mulheres e crianças.

Guerra do tráfico

De acordo com Cabo Maciel, as facções estão jogando pesado dentro do Município.

— Se matam na disputa por território para o comando do tráfico.

Pistolagem

Disse Maciel que as  mortes estão acontecendo em plena luz do dia nas ruas de Tabatinga, na sua maioria são de pistolagem, ligadas ao tráfico de entorpecentes.

Olho vivo…

Em vigência a partir de 1º de novembro, a redução média de 5,96% na tarifa de energia elétrica do Amazonas, anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), será fiscalizada pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (CDC/Aleam).

… na conta de luz!

Quem garante o olho vivo na conta de luz é o deputado estadual João Luiz (Republicanos), presidente da Comissão de defesa do Consumidor.

— A ideia é garantir que essa diminuição chegue ao consumidor final 0, observa João.

Regime das Startups

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (Cdeics), da Câmara Federal, aprovou nesta quarta-feira, 30, uma nova legislação para simplificar o regime tributário das startups.

Inovação

O projeto de lei para regulamentar as startups (empresas com pouco tempo de criação e que trazem inovação) no Brasil foi enviado à Câmara dos Deputados pelo governo federal.

Bosco aplaude

De acordo com o deputado do Amazonas (SSD) , Bosco Saraiva, a  ideia é ampliar os benefícios a todas as micro e pequenas empresas que trabalhem com inovação. 

— A  medida visa ampliar garantias aos microempresários brasileiros —, disse o parlamentar.

Bombou

O banco Santander (SANB3) divulgou resultados do terceiro trimestre que superaram as estimativas dos analistas, impulsionados principalmente pelo segmento de varejo.

O lucro líquido recorrente, que exclui itens pontuais, alcançou 3,705 bilhões de reais, um aumento de 19,2% em relação ao ano anterior e superando os 3,48 bilhões de reais que os analistas esperavam.

Curumim no trânsito

O gibi “Trânsito Consciente na Manaus do Presente”, que tem como protagonista a Turma do Curumim, será distribuído em toda a rede municipal de ensino.

A meta é atingir toda as modalidades de ensino. Desde a educação infantil até a  Educação de Jovens e Adultos (EJA).

40 mil exemplares

De acordo com a Semed, serão distribuídos 40 mil gibis até o final do ano letivo, atendendo a aproximadamente 30 escolas municipais de todas as zonas de Manaus.

Gibi pedagógico

Com conteúdo exclusivamente regional, o gibi está integrado ao material pedagógico utilizado nas atividades de educação de trânsito coordenadas pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

EM ALTA

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira (30) a redução das taxas de juros cobradas no financiamento da casa própria, mais uma vez acirrando a concorrência dos bancos pelo crédito imobiliário. O banco, que detém cerca de 70% do crédito habitacional do país, reduziu a taxa mínima do juro de 7,5% para 6,75% mais TR (Taxa Referencial, hoje zerada). A máxima recuou de 9,5% para 8,5% mais TR. As novas condições valem para novos contratos a partir da próxima quarta-feira (6).

EM BAIXA

Depois de xingar a TV Globo de fazer “patifaria” e fica “infernizando sua vida”, Jair Bolsonaro ameaçou na renovar a concessão da emissora.  O presidente disse que  “não perseguirá” a emissora, mas apenas renovará a concessão em 2022 se o processo estiver, nas palavras dele, “enxuto”. Na nota, a emissora frisou que “não poderia esperar do presidente outra atitude” e que “há 54 anos, jamais deixou de cumprir suas obrigações”.

Deixe uma resposta